A Irmandade das Olívias

A Irmandade das Olívias Ana Carolina Almeida Souza




Resenhas - A Irmandade das Olívias


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Ray 31/12/2013

Resenha - A irmandade das olivias - O diário da sonhadora.
Resenha - A irmandade das olivias - O diário da sonhadora.

12:40 horas de terça-feira (31/12/13)

Acabei ler A irmandade das Olivias - O diário da sonhadora, o livro e simplesmente surpreendente.
O livro assim que começa não da vontade de parar, a escrita e super gostosa e a cada capitulo há uma surpresa. A estória toda é linda, eu simplesmente to sem palavras pra descrever o livro, comecei sem muitas expectativas e simplesmente me surpreendi a cada página. O livro conta sobre a irmandade das Olivia, a cada 50 anos o diário e passado para uma Olivia escolhida para completar as missões e manter o equilíbrio da terra.
O livro tem um enredo muito envolvente e emocionante. Eu recomendo sim, ainda mais pra quem gosta de um romance, apesar da surpresa do final tudo faz sentido e é necessário. Recomendo super, ótimo livro e de uma autora brasileira. Parabéns Ana Carolina Almeida Souza pelo belo livro. Eu preciso do segundo livro pra ontem.

Nota: 10 *---*

Ráyca de Oliveira

site: http://quaseumabiblioteca.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Pedro 26/10/2016

Perfeito
Em "A Irmandade das Olívias", nós passamos a conhecer bem a vida de Olívia Leona Maycidy, uma jovem estudante que ainda mora com os pais e sua irmã, Chloe.

Emma e Andy são as melhores amigas de Olívia. Amigas mesmo. Juntas elas foram para a festa de pré-formatura organizada por Lydia, a menina mais popular do colégio. Sim, uma festa pré-formatura, pois Olívia Leona foi aceita na Universidade de Yale. Finalmente ela vai conseguir realizar o sonho dela.

A felicidade era o sentimento que dominava Olívia. Pra completar, Olívia Leona começa a conhecer melhor Viktor, o menino taxado de 'esquisito' entre os demais alunos do colégio. Por coincidência, ou não, ele também tinha sido aceito em Yale. Nessa festa de pré-formatura eles ficaram e Olívia acaba sabendo que já tinha conhecido o Viktor a alguns anos. O famoso 'namorinho' de criança foi o responsável desse passado do casal.

A relação de Olívia Leona e Viktor fica mais intensa a cada página que a pessoa vai lendo. É bastante envolvente. Quem está lendo fica curioso e até mesmo comovido com tanto amor entre os dois.

Antes de conhecer Viktor, Olívia Leona foi convidada por Caleb, irmão de sua amiga, Emma a ir para a pré-formatura em sua companhia. Pra variar, Olívia estava querendo ir com Viktor, pois os dois já estavam praticamente namorando. Mas com a ajuda de suas amigas, Olívia decidiu ir com Caleb por já ter marcado com ele antes. Mesmo assim, Viktor entendeu muito bem a sua escolha e até apoiou ela a ir com Caleb.

RESENHA COMPLETA + FOTO NO BLOG!

site: www.blogdopedrogabriel.com
comentários(0)comente



Teaandbooks_s2 23/01/2017

Você quer ser uma Olívia?
No primeiro livro da trilogia Irmandade das Olívias, O Diário da Sonhadora, somos apresentados a Olívia Leona Maycidi. A adolescente tem uma vida pacatamente normal: namoro, amigas, dança, família, faculdade e festas.
Em uma dessas festas (a pré-formatura, de Lydia), em que ela vai para comemorar ter sido aceita na Universidade Yale, coisas no mínimo estranhas acontecem com ela. Contudo, é no baile final da escola que sua vida muda completamente. Olívia Leona é convocada por Olívia Lenox a fazer parte da Irmandade das Olívias lhe entregando um diário muito especial. Será que a nossa jovem e mimada Olívia do século XXI irá aceitar?
“MEU DEUS!” foi a minha reação durante toda a leitura do livro. Normalmente, eu não leio as sinopses dos livros, pois gosto de ser surpreendida, e esse foi um dos casos em que super deu certo. Foi uma surpresa atrás da outra!
A obra tem uma escrita super fluida (e um tiquinho de mitologia), tanto que comecei e só consegui desgrudar da tela do computador quando já tinha lido 16 capítulos. Sinto que esse primeiro romance, teve um final necessário (apesar de eu ter ficado: o quê? Mas já acabou?) para se tornar o prenúncio de uma grande e envolvente aventura.
A narrativa de Olívia é emocionante. Ela nos trata como velhos amigos, como se estivesse escrevendo uma carta contando sobre sua vida. Como se estivesse escrevendo para as próximas Olívias... Quem sabe?
Os personagens do livro e suas “classes” foram muito bem trabalhados, e com isso eu pude sentir todas as suas emoções. Viktor e seu amor por Olívia. Andy e suas explosões. Emma e seu jeitinho de apaziguadora. Olívia e a sua vontade de se provar, e mais para o final a sua vontade de fazer o certo, custe o que custar.
Tudo isso contribui para que o livro seja maravilhoso. Outra coisa que também contribui, é a diagramação. Possui capítulos numerados e nomeados estrategicamente. A capa? Ah, a capa, a meu ver, “imita” um surrado diário, como o que a personagem principal recebe. Coisa que eu amei!
Realmente indico muito esse livro, e que venha A Bússola do Destino!
Deixo abaixo, para vocês, a minha seleção de trechos:
“O amor é como uma droga, sabem? Vicia! Na verdade o amor não existe, não esse amor que todo mundo fala, do tipo “incondicionalmente”! Do tipo completamente lunático, sem qualquer fundo de razão ou noção! O problema com o amor, é que sempre que parece que está dando certo, é quando mais está dando errado, e por causa disso, não conseguimos deixar de comer comidas cheias de calorias por cerca de um mês.”
“Foi um daqueles momentos que o silêncio é mais significativo que palavras e que o sorriso que ele me deu fez com que eu ganhasse o dia.”
“[...] eu continuava com a impressão de estar presa, como a sensação que temos em um balanço: a liberdade moderada. Tão perto de voar, no entanto, presa por correntes.”


site: https://www.instagram.com/teaandbooks_s2/ = http://teaandbookss2.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3