Profundezas

Profundezas Tricia Rayburn




Resenhas - Profundezas


12 encontrados | exibindo 1 a 12


Ju 30/03/2014

Sereia continua sendo o melhor da trilogia
"Eu não sabia o que o futuro me reservava. Por enquanto, era a faculdade. Simon. Meus amigos e minha família. Uma vida relativamente normal."
Profundezas pág. 335

Depois de um ano dos acontecimentos que mudaram sua vida,Vanessa Sands volta a Winter Harbor para passar o verão. É claro, que depois de ter mandando as serias que planejavam dominar o mundo para outra dimensão, ela cogitou a hipótese de que esse poderia ser um verão, se não normal, pelo menos mais tranquilo. Ela estava longe da realidade. Depois de tudo o que aconteceu em Winter Harbor o turismo, sustento da cidade, está fraco. Os comerciantes local, estão a beira é de perder. Não bastasse isso, corpos de mulheres jovens começam a ser encontrados, cada qual na mesma data dos corpos de homens que foram encontrados no verão passado. Pode ser uma perseguição às sereias ou pode ser algo mais assustador.

Outras coisas também vão abalar as férias de Vanessa e sua família. Ela vai descobrir que pra se manter viva vai precisar de mais do que água salgada. Que ser da linhagem das serias mais poderosas do mundo tem consequências um tanto desagradáveis. E vai ter nas mãos as piores escolhas. O amor de Simon (Tudo-de-Bom), posto à prova. E claro, mais perdas.

Eu me desencantei com o segundo volume da trilogia mas, fiquei muito feliz com o terceiro livro. As lamentações de Vanessa, que nesse volume são até compreensíveis, deram lugar aos mistérios, ao romance. Senti falta de um pouco mais de ação mas, ao explicar mais sobre os poderes de Vanessa, sobre as condições e o que ela precisará fazer se quiser se manter viva, a autora, a autora prendeu nossa atenção e nos deu um bom mistério para tentar resolver.

Um ponto que me incomodou bastante no livro foi a autora ficar relembrando, a todo momento, os acontecimentos passados

Cara Tricia, se estou lendo o terceiro livro, pressupõe-se que tenha lido os outros dois. Não precisas ficar o tempo inteiro me dizendo o que aconteceu no passado, porque eu já sei!

é um tanto quanto redundante isso e desnecessário.

O final é bem emocionante mas, corrido. Vanessa prova a grandeza de seu poder e tem que lidar com outra sereia louca e psicopata que quer dominar o mundo. Entretanto, o fim mesmo deixa uma sensação de vazio, de que as coisas como estão não poderão continuar. A vida não vai poder seguir pra sempre do modo como está e o tempo que Vanessa tem é algo muito incerto.

"Charlotte mantivera tudo simples. Ela jamais quisera se acomodar, se apegar às coisas. Porque era difícil se sentir confortável no presente quando o futuro podia mudar a qualquer momento."
Profundezas pág. 335

Kiss Bye!

site: http://entrereaiseutopias.blogspot.com.br/
Rah 24/07/2014minha estante
Você começa a resenha com spoiler :(




Thais 23/02/2014

Surpreendente
Surpreendente
Não leia se não leu os livros anteriores.

Realmente me surpreendi com esse livro. Depois da volta de Raina e Zara você acha que não tem mais nada para inventar, mas a autora conseguiu isso, e sem fazer ficar de um jeito chato ou massante.

Vanessa esta de volta a Winter Harbo, e tem uma nova ameaça, só que, ao invés de homens sorridentes, são mulheres que são atacadas, e ela começa a receber email's com fotos da futuras vitimas.

Os nados contantes e ficar bebendo agua salgada não esta sendo o suficiente, ela tem que fazer mais do que isso. Mas, esta disposta a não arriscar nada que posso ajuda-la a ficar com Simon novamente.

(isso não foi bem uma resenha... Só queria fazer um "comentario" sobre o livro mesmo : / kkk)
comentários(0)comente



Ana @vicioseliteratura 02/05/2017

Eu li - Profundezas
Vanessa finalmente conseguiu colocar um ponto final nas maldades cometidas pelas sereias Raina e Zara nas proximidades da cidade de Winter Harbor. Mas ainda não conseguiu que Simon a perdoasse pelas suas atitudes. Também pudera, beijar outro cara para evitar que seu namorado não se machuque ao descobrir que ela é uma sereia não parece muito legal.

Enquanto lida com essa indiferença de Simon, Vanessa e seus pais se mudam durante as férias para uma casa mais próxima do mar, para que ela possa mergulhar e se manter hidratada com mais frequência, tendo em vista sua extrema necessidade de ter contato contínuo com a água salgada.

Sua amiga Paige também procura manter a rotina normal e tenta reerguer o restaurante de sua avó, e às vezes contando com a ajuda de Vanessa para atender os clientes.

Porém, a paz tão sonhada não parece assim tão perto, e novos assassinatos continuam a ocorrer. Dessa vez parecerá um jogo de caça e caçador, pois o suposto assassino vai deixando pistas no decorrer da história, e claro que Vanessa mais uma vez irá tentar desvendar os mistérios que assolam a cidade.

Além disso a água salgada que ela está ingerindo não está sendo o suficiente, pois a espécie de sereia a qual pertence necessita tirar a vida de outros homens para sobreviver.

As angústias de Vanessa vão sendo narradas em primeira pessoa, e cada capítulo termina com um dilema no ar, o que me fez ler o livro bem depressa para saber o que iria acontecer no final. Na verdade os três livros são assim (rsrs), fazem o leitor ficar curioso com o desenrolar da trama.

Em minha opinião “Profundezas” foi o segundo melhor livro da trilogia, pois não deixou pontos soltos como deixou no segundo, que deixou um pouco a desejar por conta do modo como tudo foi resolvido.

Porém, ainda não sei dizer o que achei do final da trilogia, porque de certa forma é um desfecho “aberto”. Mesmo que saibamos o que irá acontecer com Vanessa se ela não fizer o que sua natureza exige, nos faz pensar no que ela faria para atrasar seu destino fatal. Isso me deixou curiosa e com vontade de ler uma possível continuação da história.

Recomendo para quem gosta de leituras que abordam a mitologia de sereias, mistério e romance.

site: http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/2017/05/eu-li-profundezas.html
comentários(0)comente



@injoyce_ 25/06/2018

Profundezas
Um ano se passara depois da morte de sua irmã, Vanessa e sua família está de volta a Winter Rarbor.
Seus pais agora sabem seu segredo. Assim, mudam de casa.
Com seus amigos, Vanessa percebe, que tem novos misterios a desvendar.
Assim, seu verão não ficará tão solitário.

Esperava encontrar a ação dos livos anteriores nesse último volume, porém, foi o mais parado e seu final bem resumido.
Gostaria que o final fosse de outra forma, nao irei mentir. Não o final em si. Mais o final da única luta que teve nesse volume.
Ficou muito a desejar e me decepcionei bastante.
Concluir a série por que realmente os outros livros forem muito legais. E o primeiro foi o melhor na minha opinião.
comentários(0)comente



@injoyce_ 25/06/2018

Profundezas
Um ano se passara depois da morte de sua irmã, Vanessa e sua família está de volta a Winter Rarbor.
Seus pais agora sabem seu segredo. Assim, mudam de casa.
Com seus amigos, Vanessa percebe, que tem novos misterios a desvendar.
Assim, seu verão não ficará tão solitário.

Esperava encontrar a ação dos livos anteriores nesse último volume, porém, foi o mais parado e seu final bem resumido.
Gostaria que o final fosse de outra forma, nao irei mentir. Não o final em si. Mais o final da única luta que teve nesse volume.
Ficou muito a desejar e me decepcionei bastante.
Concluir a série por que realmente os outros livros forem muito legais. E o primeiro foi o melhor na minha opinião.
comentários(0)comente



Tamires 18/12/2015

Trilogia Sereias- Profundezas
Ok não sei o que dizer. Embora muita gente não deve ter gostado dessa trilogia e tal ...Eu amei. Achei que ia ser uma trilogia com histórias bobas,mas não. Com muito mistério e suspense, fui me apegando a história e quando vi, tava lendo até as 2:30 da manhã e eu simplesmente não consegui mais parar de ler até saber como acabava a história. Embora esperava que tivesse um epílogo no final, mas tudo bem. Gostei tanto que acho que até sonhei com o Simon( um dos personagens da história), haha. Até agora estou de ressaca literária!!!!
Maravilhoso, pra quem gosta desse tipo de leitura, eu recomendo!
comentários(0)comente



Cecy 11/01/2018

Ainda não sei o que pensar...
Vanessa Sands está mais confusa que nunca. Desde a morte de sua irmã viu sua vida mudar da noite para o dia, e no momento em que se tornou uma sereia, soube que nunca mais seria a mesma. No primeiro livro, vemos uma Vanessa forte e destemida, tendo que lidar com sua natureza. No segundo, vemos uma Vanessa mimada e revoltada com tudo, a ponto de fazer qualquer coisa para justificar suas atitudes e machucando outros. E no terceiro livro, finalmente, vemos Vanessa tomando as rédeas de sua vida e tentando consertar as burrices que fez. Quem não tá entendendo nada aí, se manifeste! o/o/o/o/
Bom, Vanessa agora é uma sereia formada e tem que lidar com sua natureza má e assassina, mas, ela não se conforma com isso. Então, ela simplesmente, não faz. Paige agora também é uma sereia, e as duas juntas seguem os conselhos de Betty e simultaneamente, se preocupam com o restaurante da família. Paige então contrata uma nova garçonete que ao mesmo tempo que intriga Vanessa, deixa Paige tranquila. É verão novamente, um ano após a morte de Justine, e sua família ainda tentando se adaptar a tudo, resolve se mudar de casa, e enquanto Vanessa fica com a missão de mostrar a casa a possíveis compradores, ela começa a escutar boatos que sereias invadiram as aguas de Winter Harbor. Simon e Caleb estão mais próximos das moças e Vanessa não consegue esconder o amor por seu ex-namorado, que antes da metade do livro, se torna novamente seu namorado, pois, ele também a ama muito.
Esse amor incondicional de Simon pela sereia, me deixa um pouco incomodada, pois, Vanessa é imatura e não sabe lidar direito com as coisas, e acaba expondo Simon a situações bem complicadas. As coisas pioram bastante, quando moças começam a morrer exatamente um ano após cada morte causada pelas sereias naquele local, e o quarteto fantástico – Simon, Caleb, Vanessa e Paige - começa a bancar a equipe da Mistérios S.A. (rs!), e passam a investigar e tentar descobrir o que aconteceu com cada moça e quem está por trás dos assassinatos.
Em meio a tudo isso, Vanessa recebe uma visita inesperada, que com muita sabedoria, consegue colocar um pouco de juízo e coragem na cabeça da menina, porém, essa visita é maculada por uma perda, o que deixa a menina mais forte do que nunca. Profundezas encerra de uma maneira bem sutil a saga de Vanessa Sands, de como ela precisou amadurecer para a vida rápido demais, como isso surtiu efeito positivo ou negativo em sua vida e nas vidas dos que ela amava. Confesso que fiquei apreensiva com esse livro, pois, no livro dois as vilãs já tinham se escafedido, não tinha como elas retornarem, e a autora foi muito feliz em criar um mistério novo com novos vilões, e putz! Confesso que desconfiei da pessoa certa, me convenci de que estava vendo cabelo em ovo, passei a desconfiar da pessoa errada, e quando descobri quem eram os vilões, falei: “E não é que eu tava certa antes?” Hahahahah...
Enfim, Profundezas me deixou saudosa, diferente de Encanto que eu terminei ‘revolts’, esse me deixou feliz com o resultado. Uma garota tentando levar a vida de uma forma normal, apesar de saber que tudo de anormal pode acontecer com ela e sabendo qual é o seu futuro, mas, tentando seguir em frente e viver intensamente o momento. Terminou exatamente como eu imaginava que deveria ter sido, e isso me deixou muito satisfeita.


site: http://mundoliterariodacecy.blogspot.com.br/2018/01/resenha-68-profundezas-tricia-rayburn.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Man 26/07/2019

O livro é bem melhor que os 2 primeiros, temos ação, investigação, tido bem adolescente do jeito que gosto, apesar de ja ter passado por essa fase a décadas, rs...
Gostei da forma como os personagens cresceram, como Vanessa aprendeu a conviver com seu novo eu.
O relacionamento de Simon e Vanessa passaram por dificuldades, mas eles souberam viver.
comentários(0)comente



Natália 01/08/2015

Resenha: "Profundezas"
Quando comecei a ler a trilogia, em 2012, não fazia ideia do rumo que ela tomaria (o que acontece na maioria das vezes). Mas certamente não foi como acabou - e não digo exatamente como um elogio.

O livro não teve muitas cenas de ação e o mistério não foi muito convincente. Ele foi se desdobrando ao longo das páginas e eu o acompanhei em cada parte, mas ainda estou esperando por sua solução. O suspense sobre a nova onde assassinatos ficou em segundo plano, quando eu acho que merecia mais destaque. Porque ouvir a personagem principal resmungando e choramingo o tempo todo não é NADA legal. Okay que ela estava em uma condição especial e sua transformação estava, bem, mudando (é exatamente isso), mas ela tinha com quem contar e simplesmente deixou tudo para a última hora.

Chamo isso de descuido. Muito descuido.

E, por favor, que final foi aquele? Plausível, mas muito apressado e mal construído. Nas últimas trinta páginas o foco do livro mudou - passando então para o mistério, com uma resolução fraquinha - e o que antes estava sob os holofotes - o romance conturbado de Simon e Vanessa - fugiu para as coxias antes do último ato e voltou só para receber os aplausos (escassos).

E o que mais me deixou sentida foi que vários personagens tão legais foram deixados de lado. E o passado de Charlotte, tão raso? E Betty e Oliver, que só apareceram em raros momentos? E os pais da Vanessa, que pareceram nem ter vida própria, só em função da filha? Natalie, apesar dos pesares, também não ganhou grande destaque durante a trama. Nem mesmo o Simon ganhou o espaço que merecia. Pelo menos Justine foi mencionada algumas vezes - mas nem um décimo do que seria o mais legal.

Uma coisa toda muito confusa, mas devo dizer que autora conseguiu ao máximo dentro da realidade criada por ela: nada de sereias muito mais mágicas, e nada de grandes paradoxos que acabam por eliminar toda e qualquer lógica em sua mitologia. A escrita continua impecável como sempre, e o que devo dizer dessa capa? *o* O trabalho da editora Verus não podia ser melhor! Ainda bem, porque acho que não haveriam grandes pontos positivos neste livro...
comentários(0)comente



AndyinhA 10/08/2014

Trecho de resenha do blog MON PETIT POISON

Eu gostei mais desse livro do que do anterior, mas nada se compara ao primeiro, aos poucos percebi que a ideia brilhante da autora foi se perdendo e acabou transformando uma boa história em algo chato e cansativo, aliás, repetitivo foi a palavra-chave aqui. A autora seguiu a mesma ideia nos três livros, mudaram os personagens, mas a linha de raciocínio era a mesma. E isso nos faz prever o que acontecerá na história e não é bom.

Os personagens Vanessa e Caleb voltaram as boas, eles estavam de muito mimimi no livro anterior, mas até esse ‘voltar as boas’ tem complicações, acho que para pessoas que viram suas vidas mudarem de cabeça para baixo com relação às sereias, imaginei que eles iriam abrir mais o olho sabe? É como cair nos mesmos erros e isso aconteceu aqui, repetições que vi nos livros um e dois.

A história demora para acontecer e nesse meio tempo não tivemos nada de inovador ou sensacional, talvez comente sobre uma família que tenta voltar à vida normal depois de perder um filho e descobrir coisas místicas, aliás, levanto uma observação, pois em poucos livros os adolescentes contam aos pais sobre esse mundo sobrenatural que os cercam e aqui a autora fez isso. Não diria que foi sensacional, mas como quase nunca ninguém faz, vale mencionar.

Para saber mais, acesse:

site: http://www.monpetitpoison.com/2014/08/poison-books-profundezas-tricia-rayburn.html
comentários(0)comente



12 encontrados | exibindo 1 a 12