Um Passarinho Me Contou: Confissões de Uma Mente Criativa

Um Passarinho Me Contou: Confissões de Uma Mente Criativa Biz Stone




Resenhas - Um Passarinho Me Contou


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Tauana Mariana 30/09/2014

s2
Eta livrinho bom de ler. Leitura gostosa, tranquila e super interessante. Este livro foi uma descoberta em uma livraria do Rio de Janeiro (adoro descobertas em livrarias).

Em suas 254 páginas, Biz Stone, um dos fundadores do Twitter, conta-nos a história por detrás da plataforma, como a ideia surgiu, como foi implementada, e como o Twitter tornou-se o que é hoje.

Além disso, a obra também possui um forte caráter autobiográfico, pois Stone conta como foi sua vida e como ela se conecta com o Twitter. Digamos que a rede social aparece na obra porque faz parte da vida de Stone.

O autor conta-nos sua infância pobre, sua vida adulta endividada e como tudo isso mudou com apenas uma ideia. Fala-nos sobre sonhos, esperança, força de vontade e comprometimento. Stone almejava "vencer na vida", mas mais do que isso, acredita que o ideal é trabalhar com aquilo que se ama. Foi tal motivação que o fez pedir demissão do Google e seguir um projeto novo, já que o trabalho não o emocionava mais (mesmo sendo no Google).

Stone também conta-nos as principais consequências que o Twitter teve na sociedade, mostrando-nos que a sociedade modificou o Twitter assim como o Twitter modificou a sociedade. Isso porque o Twitter não é um triunfo da tecnologia. Ele é um triunfo da humanidade.

Stone (2014, p. 89, grifo do autor) afirma:
"O voo em bando, o aprendizado e o fenômeno chamado emergência, no qual muitos animais parecem virar um superorganismo bem mais inteligente e capaz do que qualquer um de seus indivíduos são comuns na natureza. Este pensamento grupal é encontrado em pássaros, peixes, bactérias e insetos, mas se você já tentou andar numa estação lotada do metrô, viu imagens de Woodstock ou ligou a TV no canal C-SPAN, sabe que seres humanos não voam em bando naturalmente. Agora, pela primeira vez, o Twitter, como uma nova forma de comunicação, permitia que os humanos voassem em bando, fornecendo um modo inteiramente novo de conexão entre integrantes da nossa espécie".



Referência:
STONE, Bis. Um passarinho me contou: confissões de uma mente criativa. Rio de Janeiro: BestSeller, 2014.

site: http://tauanaecoisasafins.blogspot.com.br/2014/09/um-passarinho-me-contou.html
comentários(0)comente



Nicolas 28/02/2017

Sensacional
Achei o livro sensacional e conta em detalhes toda a trajetória do Twitter. Recomendo muito a leitura
comentários(0)comente



kmilabk 18/07/2015

Um Passarinho Me Contou foi um dos livros mais legais que li até o momento no ano de 2015. Ganhei de presente de natal da minha melhor amiga e quando abri olhei a capa e pensei “ué, que livro é esse que eu nunca vi?”, acho que tinham recém lançado. Li o título, não me disse muita coisa, mas em baixo na capa diz “Biz Stone Cofundador do Twitter”, me identifiquei na hora e imaginei que seria uma leitura prazerosa e que eu iria gostar.

Imaginei isso logo de cara olhando para a capa do livro porque o Twitter é uma das redes sociais que eu mais gosto, apesar de ultimamente não utilizar muito, mas já fui bem viciada nele.

No livro o Biz conta sua trajetória de vida, desde quando trabalhava criando capas de livros, quando começou a trabalhar no Google, como era sua rotina dentro da empresa, e vai contando como foi o decorrer da sua vida até que o Twitter foi criado. Eu não conhecia a história da rede social, nunca busquei ir atrás, mesmo gostando de saber como as “coisas” sugiram, então para mim foi muito legal!

A leitura é agradável, leve e pode-se dizer divertida em algumas partes. É interessante descobrir o propósito por trás da plataforma e ver que se utilizado da maneira certa o Twitter é a melhor rede social para ficar por dentro de todos os acontecimentos do mundo, e o melhor de tudo, em tempo real. (Eu particularmente quando quero descobrir sobre alguma coisa que está acontecendo geralmente corro para o Twitter).

Acredito que no Brasil algumas pessoas tenham preconceito em relação a rede social, já ouvi muita gente dizendo que ela é totalmente inútil, e ele mostra que na verdade não. É uma ferramenta muito útil quando utilizada certo. Qualquer rede social vai se tornar inútil se as pessoas que utilizam ela escreverem/postarem/compartilharem apenas coisas irrelevantes. Isso não torna o Twitter uma rede social ruim, o que deixa ele ruim são as pessoas que utilizam.

Enfim, o Biz conta boas histórias tanto da vida dele no Google, no Blogger, no Twitter e um pouco sobre o rumo que a vida dele levou após sair da empresa. Acredito que seja um ótimo livro para quem busca ideias para empreendimentos e coisas relacionadas a área criativa. Ele mostra que não é necessário nascer em berço de ouro para conseguir se dar bem na vida, desde que você esteja disposto a trabalhar sério para alcançar os seus sonhos.

site: https://apenasimagine.wordpress.com/2015/07/18/um-passarinho-me-contou-confissoes-de-uma-mente-criativa/
comentários(0)comente



isagiácomo 09/09/2015

Esse livro é INCRÍVEL e a melhor parte é que eu não esperava nada dele antes de começar a ler, achava que era mais uma biografia de alguém rico te dando umas opiniões bobas, porém fui surpreendida! A história de vida dele é maravilhosa, Biz é uma pessoa divertida, que nunca perde esperança e não tem medo de recomeçar do zero quando algo da errado. Depois de ler este livro vc vai preferir milhões de vezes o twitter do que o facebook!
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4