Vermelho Sangue

Vermelho Sangue Larissa Siriani




Resenhas - Vermelho Sangue


13 encontrados | exibindo 1 a 13


William Souza 13/12/2010

Tudo o que posso dizer é: LEIA, LEIA e LEIA!

Amarga, alcoólatra, repetente e revoltada. Essa é Beni, que aos 19 anos tem que cursar o 3º ano do colegial mais uma vez, sua melhor amiga? A bebida e seu humor? Foi para debaixo da terra junto com seu ex-namorado morto por um vampiro. Em busca de respostas ela se torna uma caçadora e agora quer exterminar todos os vampiros do mundo, mas antes tem que estudar, ir ao trabalho e parar de pensar de mais no seu novo vizinho, quem além de bonito e atraente pode ser mais perigoso do que ela imagina.

Esse livro eu recebi da autora por conta de um Blog Tour que ela está promovendo, fui o primeiro e como eu já estava LOUCO para ler esse livro há um bom tempo, larguei o livro que estava lendo sem nem pensar e partir para ler esse, em uma noite terminei e não consegui parar de pensar nos personagens e na história.

Após ler fiquei muito empolgado, fazia tempo que um livro não me prendia tanto como “Vermelho Sangue”, a Larissa escreve com maestria, e a narrativa dela é tão cativante, e ao longo da narrativa são tantas coisas tipo UAU! Que quando nos damos conta já acabou.

O que mais me impressiona é que a Larissa consegue criar personagens ótimos com tiradas ótimas, e numa realidade totalmente brasileira. Para quem não sabe, o livro se passa no Brasil, para ser mais específico na cidade de São Paulo e no meio dessa mega-cidade, Beni tem que caçar vampiros e ainda ter que estudar e trabalhar!

Apesar da história abordar vampiros, não pense em comparar com outros livros. Não tem aquele hen-hen-hen que a Bella e o Edward fazem em Crepúsculo, como eu já disse o livro se encaixa bem na nossa realidade. Adoro o jeito da Beni de tratar as pessoas, ela é grossa, é sarcástica e eu totalmente me apaixonei por ela.

Esses dias eu estava reparando que tenho lido muitos livros de autores nacionais, e isso me deixa tão contente! É bom sabermos que o Brasil tem muitas pessoas competentes, com talentos brutos só esperando para serem encontrados e lapidados.

A Larissa é um desses talentos escondidos, fiquei muito feliz de verdade ao ler o livro dela, e estou MEGA indicando para quem quiser ler.

Ação, Romance e Aventura na medida certa te espera nesse livro! Ficou curioso é quer saber mais? Então entre no blog da Larissa que lá tem como adquirir os livos, promoções etc.

http://viciodecultura.blogspot.com/2010/10/vermelho-sangue-larissa-siriani.html
De 17/12/2010minha estante
Fiquei curiosa!! Gostei tbm do livro do Eduardo Spohr "Batalha do Apocalipse".


William Souza 19/12/2010minha estante
Esse livro é maravilhoso! E eu também quero ler "A Batalha do Apocalipse".




Amanda 17/12/2010

Vermelho Sangue - Larissa Siriani
Vermelho Sangue é um livro bastante envolvente.
Sim, tu começas a ler e não consegues parar, pois ficamos loucos para saber o que vai acontecer com a Beni e o Jonas.
É uma história de amor bastante inusitada, pois um é tudo o que outro mais odeia (gente não posso falar muito para não cometer Spoiler).
E confesso que me identifiquei com essa parte, pois quantas de nós, nunca gostamos daquele garoto que é exatamente tudo o que odiamos, completamente o contrário de nós?
Com a Beni não é diferente....
Ela fica naquela dúvida cruel entre a razão e o coração.
A história se passa em São Paulo e é bastante ágil, sem ser arrastada ou corrida.
O que eu mais gostei é que é um livro (desse gênero) completamente diferente dos que eu já li.
Adoro livros desse tipo, onde a história se passa no Brasil.
Como viram, não estou dando muitos detalhes, só comprando querida. rsrsrs
Bom, é um livro que recomendo.
Esse é um daqueles livros que devem ser lidos várias e várias vezes.
Valeu cada centavo.
No final ficamos com aquele pensamento: "Ai eu quero um Jonas pra mim". rsrs
Estou ansiosíssima para a sequência que já tem nome: Caçada.
A Larissa parou numa parte que deixa todo mundo louco para saber e continuação e pelo que li da sinopse, creio que valerá muito a pena.

Mais resenhas em: www.mandinhaleticia.blogspot.com
comentários(0)comente



Ka Wozniak 16/02/2011

Antes de ver o vídeo da Resenha quero pedir desculpas pois: 1- o vídeo ficou um pouco escuro; 2- o áudio ficou baixo; 3- eu me empolgo e às vezes falo, falo e acabo enrolando demais (rs). Mas de qualquer maneira quero dizer que a Larissa está de parabéns, Vermelho Sangue é ótimo, estou ansiosa para pode ler os outros (Ardente Perigo vou aguardar, pois tbm participo do Blog tour!!). Uma leitura muito gostosa de ser feita, uma história bem atraente e muito bem escrita!

Veja o Vídeo da Resenha no meu Blog Cinco das Artes!!

Hint Book #13 - Resenha do Livro *Vermelho Sangue*


http://goo.gl/krBwq
comentários(0)comente



Belle 07/01/2012

Imaturo.
Bem, eu preciso dizer que minhas expectativas para com esse livro eram altas... Afinal, uma menina que tem a coragem de enfrentar uma publicação independente precisa, no mínimo, da certeza de uma boa história.

Em Vermelho Sangue, Larissa Siriani nos apresenta Beni, uma adolescente que após encontrar o namorado morto sem uma única gota de sangue no corpo descobre que talvez o mundo não seja tão colorido quanto ela pensava... Há alguns monstros a solta e, agora, a missão dela é caçá-los. O trauma a transforma em uma garota amarga, antissocial, repetente e com sérios problemas relacionados a bebidas alcoolicas - apesar de eu achar que o termo alcóolatra é um tanto exagerado, afinal, ela sobrevive muito bem a um dia de trabalho na patética locadora sem entornar uma garrafa de whiski. Seus pais já desistiram dela, até mesmo Beni desistiu de si mesma!

Mas tudo muda quando Jonas, um cara lindo de olhos azuis e cabelos pretos se muda para a casa ao lado. Beni se sente encantada de uma maneira que a deixa totalmente confusa e irritada consigo mesma. Ela não consegue falar perto dele, não sabe como agir. Droga, ela mal se lembra como respirar... Então, ela decide ignorá-lo, mas, imaginem a surpresa quando ele aparece nos lugares que ela costuma estar, como na video-locadora, ou até mesmo na escola. De repente ter que refazer o terceiro ano pela terceira vez consecutiva não parece mais tão entediante para ela... Desde que Jonas esteja na carteira da frente.

A Beni me conquistou, gosto do estilo "estou-pouco-me-lixando" dela, dos comentários sarcásticos e tal, mas suas habilidades como caçadora são dignas de pena. Eu não sabia se ria da pobre coitada enfrentando vampiros sanguinários com uma faca e os músculos nada tonificados ou se ficava realmente irritada com a Larissa por querer me fazer engolir essa... Além do fato de que, para uma caçadora comprometida com a proteção humana e a aniquilação da escória vampírica, ela estava pouco se importando em caçar - se aconteceu umas duas vezes no decorrer da história foi muito.

O Jonas é um delicinha e a implicância dele com a Beni foi um grande estímulo pra que eu prosseguisse a leitura. Mas, algo que me irritou bastante foi a rapidez com que ele se apaixonou e conforme eu lia me perguntava "Porque? Porque, diabos, ele gosta dela?!" Tudo bem, a garota é legal, engraçada, estranha, mas legal. Entretanto, não há nenhum grande motivo, nenhuma explicação. Ele apenas a ama, assim de cara! E coisas sem explicação tendem a me irritar profundamente...

Mas é bem fácil dizer porque a Beni se apaixona por ele: lindo, fofo, protetor, engraçado, divertido, sarcástico, enfim, tudo de bom! Quando ela finalmente perde a batalha pra si mesma e admite que gosta dele eu fiquei realmente impressionada com a agilidade com que ela excluíu o Lucas (namorado morto) do próprio coração e chega a conclusão de que o único e grande amor dela é o Jonas. Como se o Lucas e todo o sofrimento dela por ele não fossem NADA!

No geral, o livro me lembrou muito uma fanfic ou um original daqueles publicados em blogs. É "bruto". Precisa ser trabalhado, lapidado e acho que a Larissa ainda precisa trabalhar bastante essa história no que diz respeito a alguns fios soltos e coisas desnecessárias. Na minha humilde opinião, é uma história muito imatura que não merecia ser publicada, ainda não... Mas me divertiu. =)

comentários(0)comente



Thaís 28/08/2010

Vermelho Sangue
Depois de descobrir que seu namorado foi assassinado por um vampiro, Beni se transforma em uma garota que não se importa com nada, a não ser matar todos os vampiros que encontra. Ela está deprimida e sua vida parece uma droga, até que ela conhece Jonas, seu novo vizinho. Beni se apaixona por ele, mas as coisas voltam a ficar ruins quando descobre que o garoto é um vampiro.

O livro é PERFEITO. Por mais que seja meio deprimida, Beni é uma garota cheia de atitude e muito corajosa. Ela é bem diferente das humanas que aparecem em outros livros sobre vampiros, e isso é ótimo. Me apaixonei pelo Jonas e vibrei muito quando ele e a Beni se beijaram pela primeira vez. O melhor mesmo foi ela ter aceitado ser transformada em vampira. É o tipo de livro que você não consegue largar, e que te deixa muito curiosa. Estou louca para ler a continuação e descobrir como será a vida da Beni depois da transformação. Recomendo para todas as pessoas que assim como eu amam vampiros, e podem ficar tranquilos, não é uma cópia de "Crepúsculo", a história e os personagens são bem diferentes.

Para mais resenhas visitem: http://cloudn.blogspot.com/
comentários(0)comente



Alícia 22/12/2011

17 de Novembro de 2010
Bom, hoje eu estou aqui para falar sobre mais uma obra de arte nacional. Vermelho Sangue é o primeiro livro da paulista de 18 anos, Larissa Siriani, é uma publicação pelo Clube dos Autores, no caso, um livro independente.

Recebi esse livro ao participar do Blog Tour que a própria autora fez, antes de passar por minhas mãos, o livro esteve com o William (Vicio de Cultura) e ele resenhou bem aqui (http://viciodecultura.blogspot.com/2010/10/vermelho-sangue-larissa-siriani.html). Chegou na segunda-feira, 8, e eu devorei ele em cada espacinho de tempo que eu tinha, o que me resultou terminar só quarta-feira – dia que eu faltei aula, rs.

O livro fala sobre, sim, vampiros. Mas, calma, não tem nenhum clichê atual no livro não, ao contrario, acho que se salva dessa onda de vampiros que surgiu depois da modinha. Primeiro porque a nossa protagonista, a amarga e sarcástica Beni, é uma caçadora. Sim, tipo Buffy s2. Depois de seu doce Lucas ter morrido (ops, ele não tinha nenhuma gota de sangue no corpo), Beni dedicou-se a destruir todos os assassinos iguais ao assassino de seu namorado.
Ela é repetente do último ano do ensino médio, alcoólatra, tem uma mãe com esperanças que ela mude, um pai decepcionado, pesadelos terríveis a noite e… um vizinho lindo, misterioso e sedutor. Ou como ela insiste em dizer, idiota.

Falando nesse vizinho, denominado Jonas, bem… eles tem encontros noturnos através das janelas de seus quartos. Beni fica olhando-o com a pouca luz do abajur acessa no quarto dele e o seu quarto totalmente escuro, mas mesmo assim Beni tem a sensação que ele pode lhe ver. São da mesma turma na escola e em uma turma onde todos são nerds, exceto os dois. Então vão se aproximando bastante… até que. OMG! Ele é…
Pra descobrir você vai ter ler, hahaha. Sou mal. Muito.

Sobre a capa. Eu não gostava, falo mesmo. Eu achava estranha, sabe? Olhando a arte aqui na tela do computador, mas quando o livro chegou em minhas mãos.. Nossa, é muito lindo. É uma coisa simples, sim, mas é simplesmente lindo. Afinal, os melhores perfumes estão nos menores frascos, certo? Sem falar que o livro em si é ótimo para ler, eu não sei explicar. Quando você tá com ele aberto, uma folha não fica querendo voltar, sabe?
Haha. Certo, deixe isso para lá ok? Você só vai entender quando tiver o livro em mãos.
Então, se você ainda não leu essa beleza, trate de ler e se maravilhar já.
comentários(0)comente



SerenityHime 03/02/2011

Beni seria uma garota normal de dezesste anos, cursando o terceiro colegial e namorando, não fosse pelo fato de, em uma fatídica noite, encontrar Lucas, seu namorado, morto sem nem uma gota de sangue no corpo.

Não acreditando na suposição dos legistas de que teria sido o ataque de um animal, a jovem resolve pesquisar casos antigos e descobre vários iguaizinhos ao de Lucas. Eventualmente, ela chega a uma conclusão, por mais improvável que fosse: vampiros existem e um deles matara seu namorado.



- leia mais em The Bookaholic Princess: http://www.thebookaholicprincess.com.br/2011/02/vermelho-sangue-por-larissa-siriani.html
comentários(0)comente



Evelee 10/06/2014

Segundo livro da Maratona Literária #EUSOUDOIDEIRA!
"Beni não é normal. Amarga, alcoólatra, repetente, revoltada - e uma caçadora. Claro que nem sempre foi assim."

Beni era uma garota normal até um vampiro matar o seu namorado. Dois anos depois, ela é uma alcoólatra, caçadora e a decepção de seus pais. A única coisa que importa é matar o maior número possível da raça que matou o seu grande amor. Sua vida não tem mais importância, o álcool se transforma numa bengala e seus pais já não sabem mais o que fazer. Mais um ano começa e mais uma vez ela está no terceiro ano do ensino médio. Esse ano vai diferente!

A chegada de um novo vizinho mexe com Beni. Ah, que vizinho! Jonas é um cara engraçado, lindo, simpático, persistente e faz tudo por ela. Só que as feridas do passado impedem que o amor seja retribuído e tudo só piora quando ele revela seu segredo. O pior pesadelo de Beni está pra começar...

O romance dois é construído gradativamente e é o núcleo principal. Beni repeli todos os bons sentimentos e Jonas precisa conquistá-la um pouquinho a cada dia. Não é aquela coisa chata de "nos apaixonamos de primeira e o resto será uma enrolação pra render a história" . Como é uma história de vampiros tem que ter uma boa luta entre eles, mas isso ficou pra segundo plano só no final mesmo. O único ponto ruim foram os erros de revisão, menos que no outro livro, e um erro de diagramação.

Música
A única regra da maratona é escolher uma música após a leitura. Foi quase impossível de escolher, pois não leio com som. Não acho que ficou fiel ao livro, mas me deixem que atualmente tenho 10 anos de novo. A escolhida foi A Tu Lado - RBD

site: http://avidadeumabookaholic.blogspot.com.br/2014/06/eusoudoideira-vermelho-sangue-larissa.html
comentários(0)comente



Bruno Machado 19/05/2012

Muito Bom!
Beni acabou de completar 19 anos, alcoólatra, revoltada, problemática e repetindo pela terceira vez o terceiro colegial, ela tem sido um grande desgosto para seus pais. A dois anos, Beni perdeu seu seu namorado, Lucas, que foi morto por vampiros, a partir daí ela dedicou sua vida a caçar esta terrível raça que havia tirado o que ela mais amava. Anos depois do ocorrido , Beni ainda não consegue parar de pensar em Lucas, não dorme direito, e quando cai no sono passa a maior parte sonhando com o antigo namorado. Se acabando em bebidas alcoólicas para amenizar a dor da perda, Beni vem perdendo cada vez mais a confiança das pessoas ao seu redor.
A casa vizinha a da família de Beni, estava a muito tempo sem um morador, mas, pelo olhar azul penetrante que ela avistava todas as noites pela janela antes de dormir, dava para sentir que agora havia alguém ali, um alguém cheio de segredos e mistérios.
Este "alguém" é Jonas, bonito, carinho, e... perfeito, mas que guarda um grande segredo, que se revelado poderá mudar o vida de todos ao seu redor.


Com enredo fascinante, personagens bem desenvolvidos, e uma boa dose de criatividade, a Larissa me conquistou, tanto que li o livro bem devagar com medo de que terminasse logo, acho que sou a única pessoa na face da Terra que faz isto =O , sem contar que estou ansioso por um segundo volume, que ainda nem sei se terá!

Claro, que como tudo na vida o livro tem seus defeito, como alguns pontos da estória que poderiam ser mais explorado, um exemplo é a aceitação rápida de Beni no fim do livro de algo que ela rejeitou desde o início, mas ainda sim é RECOMENDADÍSSIMO!

É um livro com vampiros, mas calma, ele é bem diferente dos outros que encontramos por aí, primeiro porque a estória se passa no Brasil, segundo porque eles não tem a vida perfeita e vivem em um mar de rosas, mas possuem diversos defeitos que aparecem no decorrer do livro.
Mas, enfim se você procura um bom livro para desfrutar do friozinho e das chuvas do outono que já chegou com tudo, recomendo que leia "Vermelho Sangue"

Quer mais resenhas?
Acesse:http://navegandoempaginas.blogspot.com.br/

Abração!
comentários(0)comente



Tathy 24/07/2010

Vermelho Sangue de Larissa Siriani
Para ler a resenha completa (com imagens e links ativos) acesse www.tathy.com.br

Título Original: Vermelho Sangue
Editora: Produção Independente
Número de Páginas: 205
Ano: 2009
Avaliação: 4 estrelas - Muito bom!


Vermelho Sangue é um livro incrível, com uma história deliciosa. Conheça um pouquinho mais antes de saber minha opinião completa:

Beni é uma garota que acaba de completar 19 anos e é uma decepção para seus pais. Há dois anos atrás, Beni perdeu seu namorado, que foi morto por vampiros. Desde então, ela se fechou para tudo e para todos. Após este episódio, ela destinou sua vida a caça dos assassinos de seu amor, e com isso, Beni já repetiu o terceiro ano duas vezes, não para de beber e é vista pelos seus pais como uma rebelde. Beni até hoje, dois anos depois da morte de Lucas, não consegue dormir direito e é perturbada com pesadelos que a faz relembrar do dia em que descobriu que seu mundo era habitado por monstros. Quando novos vizinhos ocupam a casa ao lado da sua, há tanto tempo abandonada, sua vida começa a mudar, pois nela mora Jonas (♥) que é, persistente, divertido, apaixonante (♥♥♥) e perigoso, mas Jonas trás consigo um segredo que pode trazer de volta à vida de Beni, os piores pesadelos.

Enquanto eu lia, eu twitava que estava surpresa com o livro da querida Larissa Siriani (que também é blogueira) e deixem eu me explicar melhor. Há muito tempo acredito no potencial dos escritores brasileiros, mas como Vermelho Sangue tem uma divulgação tão pequenininha (infelizmente) eu me surpreendi positivamente com esse livro.

E sim! É mais um livro de vampiros. Mas em NADA se assemelha as trocentas histórias de vampiros que temos por aí. O livro da Lari é totalmente diferente, talvez a começar pelo fato de não haver donzelas e mocinhas em perigo e nem heróis românticos. Os nossos protagonistas, apesar de suas origens e do que se tornaram, são muito próximos de nós, reais, que sofrem as mesmas dores que sofremos, que se rebelam pelos mesmos motivos que nos rebelamos e ainda assim, se apaixonam como nos apaixonamos. Claro que o livro, por ter tido todo um trabalho independente, possui pequenas falhas e pontos que podiam ser melhor explorados, mas… eu SUPER indico.

Lari foi tão feliz escrevendo Vermelho Sangue que o livro nem precisa de tantos personagens secundários. Nossos protagonistas dão conta (e como!) do recado.

E gente, lá estava eu, com uma baita DPL (Depressão pós livro) e me vem a Lari me dizer que tem mais :D O próximo livro (que até então eu não sabia que existia) já está quase pronto e eu ganhei o dia. Ebaaa! Tô morrendo de saudades do Jonas (suspiros)

Sobre a autora: Larissa Siriani, além de escritora, blogueira e leitora ávida, é estudante de cinema aqui em SP. Nas horas vagas, também é professora de inglês. Além de Vermelho Sangue, ela possui outros dois livros publicados, que tem o nome de “Toda Garota Quer” e “O diário [nada] secreto” eu eu estou louca pra lê-los também!
Onde encontrá-la:

Blog (profissional) | Blog (Cinema) | Twitter | Skoob (usuária) | Skoob (livros)
comentários(0)comente



Thaís 24/04/2011

eni não é como as outras garotas de sua idade, amarga, alcoólatra, revoltada. Mas nem sempre ela foi assim, tudo mudou no dia em que ela encontrou seu namorado Lucas, morto e sem um gota de sangue no corpo.
O crime obviamente nunca foi explicado, mas Beni sabia o que tinha acontecido, mesmo que ninguém jamais fosse acreditar nela, ela não iria descansar até o dia em que vingasse completamente a morte de Lucas.
Sua obsessão por vingança acaba com sua vida, ela não tem mais amigos, repetiu dois anos seguidos no colégio, bebe excessivamente e por vezes se descontrola. Sua vida segue o mesmo ritmo até o dia em que um garoto misterioso se muda para sua vizinhança. A atração é inevitável, mas quem é ele?

Mais em : http://divagandosobrearealidade.blogspot.com/2011/04/book-tour-vermelho-sangue-de-larissa.html
comentários(0)comente



Carol 17/02/2010

Beni é uma garota revoltada e triste que usa a bebida como a saída de seus problemas. Ela descobre que vampiros existem no nosso mundo quando seu namorado, Lucas, é morto por um deles. Beni se propõe, então, a caçar e matar todos os vampiros que encontrar.

Caçadora de vampiros à parte, Beni está cursando o 3º colegial pela terceira vez e, seu novo vizinho alto, pálido, de cabelos negros e olhos azuis está estudando na mesma classe que ela. Para piorar – ou não – o garoto, mesmo com as cortadas de Beni, insisti em se aproximar dela. Ela precisa escolher entre deixar-se envolver por ele ou continuar se escondendo na dor que sente pela morte do namorado.

Gostei bastante do livro, e principalmente me envolvi nas cenas de ação dos últimos capítulos.


Leia a resenha completa e outras em http://openbookpage.blogspot.com
comentários(0)comente



Raffafust 14/03/2015

Conheço a autora há alguns anos, mas surrealmente esse foi o primeiro livro dela que li. Com todos no Kindle foi difícil optar pela leitura de um para o evento - entrevisto a autora nesse domingo - mas lendo as sinopses, pensei : " Vamos para um de vampiro" e a resenha segue abaixo.
A protagonista do livro de Larissa chama-se Beni, tem aquela idade que todas as coisas ocorrem no mundo dos livros ( sim, os 16 para 17 anos!) e tem um namorado, o Lucas. O sinistro ocorre logo no início, sabemos que o dito cujo apareceu mortinho da silva e o mais bizarro não havia uma única gota de sangue no menino. WTF?? Os especialistas vão dar mil e uma opções mas ela curiosa como só não vai crer em nenhuma.
Decide então por conta própria tentar saber a verdade, o livro não diz mas certamente ela é como nós, fã de filmes e livros a lá Entrevista com Vampiro e logo acha que o mais plausível é que essas criaturas existam. Quem nunca?
Ao tentar desvendar o mistério da morte do namorado ela fica sabendo que ele não foi o único a morrer da mesma forma , o que aumenta sua crença de que realmente há algum vampiro solto por aí fazendo um banquete nos corpinhos alheios. A autora nos dá a emoção pedida em livros do gênero quando ela tem o encontro com um deles e por pouco não vira a próxima vítima. Certa após esse momento de que a existência dos vampiros não é somente fruto de uma fértil imaginação , ela então decide ir atrás deles.
Os livros sempre deixam essa parte de " matar um vampiro" como sendo hiper fácil, já que da noite pro dia ela vira uma caçadora desses seres ( se bem que eu de tanto ler livros sobre eles já acho que sou PHD no quesito " como exterminar um vampiro em 10 dias"!) .
Mas o livro vai fazer também com que a personagem se sinta frustrada, com o passar dos anos a protagonista muda seu jeito de ser , até mesmo com seus amigos e parentes e afoga as mágoas na bebida. Tudo isso com saudades de Beni e chateada porque não conseguiu matar o vampirão que levou seu grande amor.
Também vai surgir um segundo gatinho em sua vida, Jonas. O que ele tem de bonito tem de misterioso, ele não aparenta ser o que é e o leitor vai ficar em dúvida se é certo ela se entregar a essa paixão ou deve recuar já que o segredo do cara é bizarrinho?
O que me incomodou lendo o livro foram os erros de revisão, Jesus amado, Larissa merece um revisor melhor, a pessoa dormiu no ponto legal. Se fosse livro físico - li em e-book- ia achar que tinha perdido uma página.
Mas voltando ao vizinho misterioso - sim, ele é vizinho dela - Jonas, o rapaz é tudo de bom mas tem seu digamos assim , defeito . Deixo para vocês descobrirem e também aviso que tem uma vilã , Clara, uma vampira mala que eu estava quase entrando no livro e metendo a estaca.
comentários(0)comente



13 encontrados | exibindo 1 a 13