Quando o Amor Acontece

Quando o Amor Acontece Thaís Santos Lurco




Resenhas - Quando o Amor Acontece


16 encontrados | exibindo 16 a 16
1 | 2


Carol Cristina | @blogacdh 15/11/2015

Alexandra Marie Carter, ou simplesmente Alex, tem vários motivos pra odiar a vida que tem. Uma mãe que vive bêbada, um pai ausente, uma irmã com a vida perfeita, o trabalho numa loja falida, a melancolia e solidão que sente nesse deprimente dia em que faz 17 anos... Mas ela não contava que esse dia ainda lhe traria algo bom: Jake.
Alex tem mania de não acreditar em si mesma e nos outros; Jake é um nerd fofo que pacientemente destrói suas defesas e seu lado racional. Ela acaba percebendo que não está tão sozinha e abandonada assim, e também não é a única a ter problemas... Juntamente com os dois personagens, o leitor descobrirá a simplicidade e o poder do amor.
Quando o amor acontece se passa numa cidadezinha dos EUA chamada Chestertown, e ao contrário do que podem pensar, é muito bem ambientada pela autora nacional.

"Tudo o que eu penso é que ele acabou de derrubar a parede invisível que construí em volta do meu coração machucado, sem que eu estivesse pronta. Fecho os olhos e minha mente vaga para um período de tempo onde eu decidi que nunca mais iria me apaixonar."

Aparentemente clichê, aparentemente leve e fofinho, aparentemente previsível. Garanto que só aparentemente.

O livro é simples, então, a resenha será igualmente simples. E com "simples" não quero dizer "sem conteúdo" ou qualquer outra coisa do gênero: quero dizer que os personagens e as mensagens que o livro passa são claras e fáceis de entender, porque o livro aborda medos e dramas que todos já tivemos um dia, e é escrito de uma forma que sorrateiramente vai tocando seu coração.

"Ela também sorri e segura as minhas mãos em sinal de agradecimento. De alguma forma, a dor aproxima as pessoas. Todo mundo já passou por algum momento difícil na vida e precisou de alguém para ajudar a superar."

Apesar disso, ainda acho que "fofo" é a melhor palavra pra descrever o conjunto da obra! É uma história muito especial, que fala do amor de uma forma pura que poucos conseguem fazer hoje em dia; e também fala sobre relações familiares e de amizade, retratando muito bem o universo jovem adulto. Achei que houve um ótimo equilíbrio entre os momentos de romance e os dramáticos.

"Quando o amor acontece" não vai agradar quem valoriza personagens perfeitos, se é que alguém valoriza: com pessoas e dramas reais, dá um show de sensibilidade.
Adorei TODOS os personagens do livro, ponto. Os secundários acabam contribuindo pra que a história não fique só no romance. Uma que eu não mencionei lá em cima e vai encantar quem ler, é a Annabel. Ela trabalha junto com a Alex e é aquele tipo de amiga iluminada, sabem? *-*

Preciso dizer também que sou apaixonada pela escrita dessa menina (diva!) Thaís S. Lurco, gente. O que eu gosto em tudo o que a Thaís escreve é a verdade palpável, singela. E peloamor, esse livro tem os quotes românticos mais lindos dos últimos tempos! Em meio ao romance, ela ainda arrumou um jeito de colocar nas entrelinhas o que acredita também, e admiro essa capacidade nos escritores.

"Tenho quase certeza de que vai me beijar, mas de súbito o movimento para e ele permanece apenas me encarando. - O que foi? - pergunto. Meus lábios estão tremendo e não tenho certeza se ele me ouviu. - Já quis congelar um momento e nunca mais sair dele?"

E sim, fui leitora beta do livro. Sim, acompanho os contos da Thaís desde sempre. Sim, somos amigas. Como a Iza (Brincando de Escritora) disse na resenha dela sobre o livro, quando você já conhece a história e acompanha a pessoa por trás do livro há muito tempo, é ainda mais encantador ler e ver a alma dela ali. E ainda mais, eu diria, fazer uma resenha à altura e sem parecer que estou puxando o saco de alguém (e eu detesto deteeesto puxa-sacos), rs.

"Estar com ele é como andar de montanha-russa: de uma hora para outra estou pulando de cabeça, sentindo aquele frio na barriga de excitação. Mas, quando começo a me acostumar com a sensação, sou despejada num looping de 180º e volto a sentir medo."

A editora Charme definitivamente está de parabéns pela edição do livro. Ele tem um diferencial nas folhas que não dá pra ver pela foto acima, mas elas tem leves "listras" escuras ao fundo, e gostei do detalhe, ficaram parecendo folhas de jornal.

O livro é curto, dá pra ser lido em um dia e vai te deixar com um sorriso bobo no rosto, com toda a certeza!
Muito provavelmente a história será uma trilogia. Esse primeiro livro é bem concluído, não se preocupem: a autora apenas deixou uma abertura para um próximo volume.

E só posso terminar essa resenha deixando um conselho: leiam!

"- Você acredita em Deus? – ele pergunta repentinamente. Penso por um instante. - Sim. Mas não sei se Ele acredita em mim – soo fria, distante. Lembro de uma Alex menina pedindo ao Papai do Céu que trouxesse meu pai de volta. Mas isso nunca aconteceu. - Eu acredito – ele diz com um sorriso triste. – Acho que Ele coloca as pessoas certas na nossa vida. Na hora certa. E também as tira na hora certa, por mais que isso pareça ruim."

site: http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
comentários(0)comente



16 encontrados | exibindo 16 a 16
1 | 2