Ídolo

Ídolo Katy Evans




Resenhas - Ídolo


17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


spoiler visualizar
comentários(0)comente



dayukie 18/05/2019

"[...]
Durante a história percebemos que apesar de ser um bad boy do tipo que odiamos, mas não resistimos, coração de Mackenna é lindo, ficando assim, impossível não se encantar por ele.
Também é possível entender Pandora e porque ela deixou toda sua insegurança e frustações tomarem conta da personalidade dela, transformando em que ela se tornou hoje em dia.
Desde o primeiro livro, me apaixonei por essa série, gosto demais da escrita da Katy Evans, ela consegue passar toda emoção e sentimentos dos personagens.
Nesse livro não foi diferente, para quem leu os livros anteriores, lembra que Pandora é amiga de Brooke e Melani, sempre vimos ela com seu jeito arredio de ser, mas em ídolo, somos capazes de entender todos os motivos que levaram ela ser como é, inclusive vendo como a mãe dela é fria, distante e inexpressiva, compreende-se de vez todo o mundo de Pandora.
A trama é muito bem escrita, os personagens secundários e principais são bem desenvolvidos, o livro em si é muito envolvente e a leitura fluiu bem.
Sinceramente se deixar eu passo o dia todo tecendo só elogios a esse livro e a série toda, pois sou muito fã.
Não encontrei nenhum erro ortográfico, a diagramação está impecável, a capa além de linda tem tudo a ver com trama!
Recomendo que leia os livros anteriores antes de iniciar a leitura de Ídolo!"

Resenha completa no blog

site: http://bit.ly/Idolo_KatyEvans
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



sarinha 09/10/2017

Foi bom...
Os três primeiros livros são melhores, pois nesse livro "Ídolo" Pandora se faz de vítima o tempo todo e por um momento foi cansativo, confesso.

O modo de escrita é impecável, eu amei.

Pandora com certeza não era feliz, mas por culpa dela mesma que nunca se permitiu ter algo, pelo menos no fim isso muda.
comentários(0)comente



Fernanda.Granzotto 08/10/2017

3.5 estrelas!
comentários(0)comente



Bruna da Rosa 11/08/2017

Bom, mas não se tornou meu preferido.
Sou suspeita para falar de livros da Katy Evans. Adoro a escrita dela e me apaixonei pela série REAL desde o início.

Fazia um tempinho que queria ler este livro. Mas como a fila de leitura só aumenta, fui deixando ele de ladinho, até que surgiu a oportunidade de ler em conjunto com minha amiga Raquel lá do IG @books_and_rachel (aproveitem e conheçam o insta dela, é lindo demais!)

O livro conta a história de Pandora (a amiga gótica de Brooke e Melanie) e Mackenna (atualmente, um astro do rock).

Pandora e Mackenna possuem um passado juntos. Um passado que deixou muitas marcas em ambos. Situação agravada pelo fato de ser a mãe de Pandora a Promotora responsável por colocar o pai de Mackenna atrás das grades e por entender que o filho de um condenado não seria um bom partido para sua filha.

Pandora é uma personagem bem complexa e muito sofrida.
Quando descobre que Mackenna e sua banda irão realizar um show na cidade, ela comparece com o único objetivo de humilhá-lo publicamente.

Ocorre que as coisas escapam do controle e ela acaba participando de uma turnê com o objetivo de gravar um filme com a banda, eis que Pandora é a inspiração para a música de maior sucesso escrita por Mackenna.

Achei a leitura complexa, principalmente em decorrência do drama do casal.
Mas a escrita da autora juntamente com a determinação do mocinho são fantásticas.

A reta final foi cheia de surpresas (boas e algumas nem tanto).

O livro é muito bom, mas sei lá, acho que faltou alguma coisa que não sei bem o que.
E também fiquei me perguntando de teria continuação, pois no final a autora abriu uma ponta que ficou sem resolução.

Não foi meu livro preferido da série, o qual ainda continua sendo Devasso (me julguem!)
Mas mesmo assim vale a pena continuar lendo a série!
Raquel Uliana 12/08/2017minha estante
Gostei também, porém esse final deixou um gostinho de quero mais. Mas meu favorito ainda é o Remy!




Tatieli 09/07/2017

Ídolo
Pandora e kenna, mais livro da katy evans que senti que seria uma linda história, mas que foi muito devagar e muito rápido ao mesmo tempo, sem respostas, era pra ser um dos favoritos..
comentários(0)comente



Carol 02/07/2017

Ótimo!
O livro o Ídolo começa com um pouco de suspense , mas no desenrolar do mesmo se mostra uma história de aceitação de si próprio pelos personagens e busca de segundas chances na vida!
comentários(0)comente



Marcela de Almeida 01/07/2017

Amei
O melhor livro da autora e da serie Real..
comentários(0)comente



Monique 05/04/2017

Me fez Feliz...
Katy Evans sempre me faz feliz. Fato comprovado a cada livro que leio seu. E com Ídolo não foi diferente, eu fiquei realmente feliz de ter lido esse livro, de ter experimentado os sentimentos que essa leitura me trouxe e ter conhecido esses personagens que já tem um lugarzinho no meu coração de tão especiais que foram para mim.

Ídolo foi uma leitura intensa, empolgante, envolvente e maravilhosa. Terminei esse livro com vontade de voltar para a primeira página e reviver de novo a leitura.
Super recomendo.


Quotes:

"Eu amava música. A música salvou minha vida, e agora se tornou minhavida. Mas música alguma soou em tão perfeita sintonia quanto o som da voz dela."

"Há várias formas de as pessoas amarem.
Há todo tipo de amor, eu descobri.
O jeito que você ama seu animal de estimação. Seusamigos. A maneira como seus pais o amam. Seusprimos. E havia essa forma como Mackenna e eu nos
amávamos. Nosso amor era a combinação de uma tempestadefuriosa e um porto; sem regras e impossível de conter, selvagem e infinito, mas estável e seguro?"
comentários(0)comente



mil 01/04/2017

Muito muito bom ,o final e muito emocionante
comentários(0)comente



Ana Paula FZ1 05/02/2017

Ahhhhhhh que lindeza de livro. Como não gostar de Katy e suas historias lindas. Como não suspirar quando seu maior crush literário lindo aparece na história... Não tem como gente !!!!

Nesse quinto volume da Serie Real, conhecemos a historia de Mackenna e Pandora. Kenna é o astro de rock mais badalado da atualidade e vive cercado de fãs e groupies, e foi justamente esse astro que quebrou não, destruiu o coração de Pandora há 6 anos. Ele fez dela a amarga, sombria e as vezes ate chata mulher que ela é hoje. E, quando Pandora descobre que Kenna está na cidade, ela vê a oportunidade perfeita para se vingar do cara que levou tudo dela. O que ela lhe ofereceu de bom grado e o que ele levou embora sem nem perceber.

Ai tudo começa dar errado para Pan. Ou pelo menos ela achava que seu plano funcionaria perfeitamente. Acabar com ele do mesmo jeito que ele acabou com ela. O que ela jamais pode imaginar é que ela não sofreu e sofre sozinha esse tempo todo, Mackenna teve seus motivos para fazer o que fez, mas a imaturidade deles nunca permitiu que nada fosse esclarecido, por isso ele também sofre, e mais ainda quando ele da de cara com Pan. Agora eles não tem pra onde correr. Ou esclarecem tudo ou o que um sente pelo outro será engolido pela mágoa e raiva que os move.

O livro é realmente lindo, apesar de eu ter achado Kenna muito mais real que a Pandora, achei que faltou alguma coisa ( ta não sei dizer o que, mas que faltou, faltou rrss ), gostei mas não adorei e nem achei eles fodásticos como Greyson e Melanie, e nem cai de amores como por Remy e Brooke ( impossível ne ) . É de suspirar ver como eles se entendem, como descobrem que estão sofrendo, o motivo pelo qual eles ficaram afastados, e que eles fizeram que nunca mais poderão voltar atras e nem se redimir do passado, mas o quanto olhar e andar pra frente é necessário.

Bem lindo... bem fofo !!! E no livro fisico ainda tem a playlist, pra ler o ouvir...do jeitinho que eu gosto ❤

site: http://paixaoporleituras.blogspot.com
comentários(0)comente



LT 14/12/2016

Hoje vamos conhecer a estória de Pandora e Kenna, no quinto livro da série Real, da autora Katy Evans.

Pandora e Mackenna eram um casal de adolescentes. ambos apaixonados, porém ela não demonstrava esse sentimento, até que Kenna saiu da vida dela sem dar nenhuma explicação, com isso, Pandora acabou se fechando e nunca se recuperou da perda dele. Alguns anos depois, Pandora vê uma oportunidade de se vingar do ex, quando descobre que ele fará um show na cidade.

Mas... ela só não contava comum pequeno detalhe, que seu plano falharia, todavia, ela decidiu que participaria do filme que estavam fazendo sobre a banda dele, e descobriu que ainda sentia-se mexida em relação a Kenna.

[Minha Opinião]

Essa estória parece que não foi escrita pela Katy Evans, a construção da personagem, Pandora, no meu ponto de vista, foi falha. Ela é adulta, mas por vezes, o lado infantil domina.

Quem acompanha o trabalho da escritora corre o risco de criar muita expectativa por esse livro e acabar se decepcionando, foi o que aconteceu comigo. Esse livro não me prendeu muito, no início da leitura, até que fluiu bem, entretanto, no meio do livro, até o comecinho do final, foi maçante, foi "mais do mesmo".

No começo, a personagem estava decidida, mas as coisas ficaram muito mornas. O que, mais precisamente, não me conquistou, foi o excesso de indecisão da Pandora, o desejo de vingança que ela não sabia se queria levar a cabo ou não, uma certa falta de personalidade, a autora pecou um pouco na construção da Pandora em Ídolos e isso acabou por me irritar muito durante a leitura. Os demais personagens também ficaram sem profundidade, o que me fez sentir um certo vazio nesse volume, parece que o livro é de outra pessoa, sei que estou me repetindo, mas é que isso meio que me deixou inconformada. Desculpem o termo, mas a personagem fez um "mimimi" excessivo demais. Dividida entre um sentimento de vingança e o desejo de estar com ele, parecia uma crise existencial sem fim,..

Foi apenas no final que o enredo apresentou o real motivo de todos os acontecimentos entre Kenna e Pandora, em minha opinião, a Kate poderia ter trabalhado mais cedo essa apresentação, o que teria dado mais sentido a estória. Todavia, devido ao enredo maçante, eu já tava para desistir da leitura, que em si, flui bem, é bem escrito, nenhum erro [que eu tenha notado], mas a estória foi, como disse anteriormente, muito cansativa. Particularmente, não indicaria a leitura, não fluiu para mim, foi difícil de concluí-la. Mas, você, fã da Katy Evans, leia e tire as suas próprias conclusões, você que não conhece a série, leia desde o primeiro livro, os volumes anteriores são adoráveis. Sua visão sobre essa estória pode ser diferente da minha, o que não me agradou pode lhe conquistar, quem sabe?

Quanto ao desfecho? Se ela vingou-se ou se voltou para ele? Se seguiu outros caminhos, o que de fato aconteceu? Com toda certeza,não vou contar... Ah, para quem gosta de MUITO drama, pode ser que a obra lhe conquiste. Achei o livro razoável.

Sobre a edição, simples mas de acordo com os demais volumes da série, uma capa condizente com o enredo, folhas amareladas que não agridem nossos olhos ao decorrer da leitura, o que é ótimo. O livro conta com uma boa revisão, como disse anteriormente, não notei erros, a Novo Século tem feito um bom trabalho,

Bom, é isso, até mais ver!

Resenhista: Laneeh Martins.

site: http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Notas.Literarias 06/11/2016

Pandora não me conevenceu
Olá pessoal, hoje eu venho falar com vocês de Ídolo. O livro é o quito dentro do universo da série Real (a que tem o Remy, Arrebentador, Tate, dei uma suspirada, porque até hoje ele não foi substituído em meu coração), mas voltando ao livro atual, nesse temos a história de Pandora, amiga de Brooke e de Mackenna Jones, o cara que acabou com as chances dela de ser uma pessoa normal. Bom pelo menos é isso o que ela diz. Ah e um lembrete se você não leu nenhum dos outros livros da série pode ser que contenha algum spoiler, e uma dica, se você não leu nenhum deles, faça isso!

Quero deixar bem claro aqui que a Pandora nunca foi uma de minhas personagens preferidas, e isso só se consolidou com o livro da história dela. Mas vamos conhecer mais sobre essa história e vocês podem tirar suas próprias conclusões.

Na família de Pandora desde sempre ele aprendeu que o álcool resolve muitas coisas. Sempre ouviu que não deveria ter nascido e depois da morte de seu pai e as circunstâncias que a cercaram as coisas ficaram bem piores. Ela sempre teve esse jeitão EMO que conhecemos nos demais livros da série, só que durante o ensino médio ela foi notada por Mackenna o bad boy mais popular da high school e também o mais lindo. Eles começaram um relacionamento escondido de tudo e de todos e depois que seu pai foi preso por tráfico de drogas ele percebe que suas chances são mínimas.
Há pessoas que causam certo efeito em nossa vida. E há pessoas que se tornam nossa vida. Como ele fez.
Mas vamos lá, ainda jovens eles se apaixonam loucamente, ele tem certeza de que quer viver de música, a música alimenta sua alma machucada e preenche sua vida. Ela ainda não sabe o que quer da vida, mas tem certeza que quer ficar com ele. Eles já têm seus planos traçados e após o julgamento eles irão embora viver suas vidas, mas quis o destino que não fosse assim. Ela acredita ter sido trocada por outra pessoa. Ele acredita ter feito a melhor opção para a menina que ama, e no final acabaram os dois com dor e ressentimento.

site: http://www.notasliterarias.com/2016/10/resenha-idolo-novoseculo.html
comentários(0)comente



Acordei Com Vontade de Ler 31/10/2016

Dos ringues de lutas underground aos palcos lotados de arena. Após acompanharmos o intenso relacionamento de Remy e Brooke, e do casal Melanie e Greyson, agora é a vez da amiga gótica Pandora ter sua história contada.
Pandora é uma mulher com quase 27 anos de idade que usa a aparência gótica como um modo de se esconder do mundo. Isso porque quando era jovem, ela se apaixonou completamente por Mackenna Jones e ele prometeu que os dois ficariam sempre juntos. Mas ele vai embora de forma abrupta, deixando a jovem com uma mãe incapaz de transmitir amor.
A protagonista vai levando sua vida, mas a verdade é que ter todos as suas amigas apaixonadas e sendo correspondidas deixa um gosto amargo na boca. Ela ama Brooke e Melanie, mas a felicidade excessiva que as duas transmitem é um pouco demais, sem contar que Mackenna está em Seattle para um grande show e é a chance de Pandora de vingar-se. Sim, vingar-se. Não bastou ser abandonada, Mackenna compôs uma música falando dela que virou um sucesso e por onde ela andou, essa música a perseguiu.
Como a sinopse explica ela realmente apronta no show, só que os seguranças a detém. Quando Mackenna descobre que é a "sua" Pandora, ele vê uma oportunidade para tirar a garota de vez da cabeça. Mas isso não é fácil para ele também e a atração entre os dois continua forte. Basta saber se Pandora irá confiar novamente em Mackenna e se Mackenna finalmente será sincero e irá contar o motivo de ter ido embora.
A química entre os personagens é inegável. Desde o primeiro momento em que eles se veem, rola uma tensão sexual forte, mas Pandora é vulnerável. Por trás de toda a atitude dela, existe uma jovem que cresceu com o coração partido e que teve que abrir mão de que mais amava. Foi bem difícil ler a parte em que Pandora conta sobre o passado sem se emocionar.
Mackenna por outro lado é aquele cara que cresceu sozinho e tudo o que tem foi conquistado. Porém, a fama concedeu a ele uma arrogância, deixando-o acreditar que ele pode ter quem quiser, na hora que quiser.
Os demais integrantes da banda são engraçados, mas parecem mais adolescentes com seus trotes do que um grupo de homens com quase 30 anos.
A mãe de Pandora é uma personagem difícil de se conectar. Ela é fria, inexpressiva e totalmente unilateral nas decisões.
Os fãs da série podem ficar tranquilos, pois Remy, Brooke e Melanie aparecem no livro em mais de um momento. Podemos conferir de pertinho como andam os relacionamentos dos protagonistas dos livros anteriores e até mesmo ter alguns momentos fofos com eles.

site: http://www.acordeicomvontadedeler.com/
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2