Filhos do Éden

Filhos do Éden Eduardo Spohr




Resenhas - Filhos do Éden


10 encontrados | exibindo 1 a 10


Letícia 27/10/2021

Universo expandido é um guia para os Filhos do Éden, explicando todos os acontecimentos, as hierarquias entre os personagens, as magias e poderes de cada casta.
O livro é lindo, possui imagens dos cenários e dos personagens, mas não é necessária a leitura, pois não há nenhuma história extra, somente informações sobre a serie que já haviam sido ditas nos apêndices dos livros.
Possui spoilers sobre os livros, principalmente na parte da cronologia e do resumo dos personagens, tem dados para rpg e inclusive informações para escrever fanfics do universo.
comentários(0)comente



Cobra 16/01/2021

Praticamente uma enciclopédia sobre o universo criado por Eduardo Spohr, com toda explicação sobre locais, criaturas e até sobre a linha do tempo...
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Raphael 06/09/2018

Excelente livro, dá uma visão geral de todo Spohrverso.
comentários(0)comente



Bruce 19/02/2018

Para os fãs deste universo, este livro ajuda a entender melhor cada personagem, criatura e elemento criado pelo autor. Além de trazer curiosidades e imagens belíssimas.
comentários(0)comente



@pelamente.psique 10/12/2017

(Resenha) Livro - Saga Filhos do Éden - Universo Expandido - Eduardo Spohr
Resenha 4 de 4
#Livro04
#FilhosDoEden
Este é o guia ilustrado da Tetralogia de Spohr.
Com uma ilustração e diagramação riquíssimas, breve e didático, Universo Expandido é um guia onde cada personagem, casta e detalhes sobre as obras anteriores são minuciosamente explicados.
Pode-se dizer que é direcionado aos fãs de Spohr, mas principalmente aos fãs de RPG, é um incentivo para entrar de vez no "Spohrverso", criar seu próprio jogo e divertir-se numa grande aventura.
Trata-se de um excepcional trabalho do ilustrador André Ramos que deixa à todos apaixonados pela obra e ainda mais íntimos dos personagens.
Inicia-se pela cronologia onde podemos entender desde as batalhas primevas até a Batalha do Apocalipse. Em seguida nos apresenta os "cenários" das tramas, o Sheol, Asgard, entre outros. Depois somos apresentados às castas, dessa vez com imagens que nos faz perceber a grandiosidade e os detalhes de cada uma. Mais à frente vemos mais histórias dos principais personagens e muito sobre o mundo do RPG.
O capítulo RPG, nos revela todas as regras para que seja usado em campanha é um complemento para aqueles que gostaram dessa fantasia e um colírio para os que são fãs de arte e cultura de uma forma geral.
comentários(0)comente



Taverneiro 11/04/2017

Universo Expandido, Livro Ilustrado, RPG... Obra de Arte!
...
Eduardo Spohr começou sua carreira lançando a Batalha do Apocalipse em 2007, pelo site Jovem Nerd, em 2009 pela Nerdbooks e em 2010 pela editora Verus e, mesmo no seu lançamento direto no site, o livro foi um sucesso de vendas. Logo em 2011 ele lançou o primeiro livro da trilogia Filhos do Éden, que teve seu ultimo livro lançado em 2015.

Se você não conhece o trabalho do Eduardo Spohr e caiu de paraquedas aqui, um pequenino aviso: Eduardo Spohr é um autor nacional de uma tetralogia sobre um universo de fantasia com anjos e demônios, muita ação e aventura, e, se você curte livros de fantasia, eu recomendo dar uma chance para os livros dele. Se você está muito incerto, leia direto A Batalha do Apocalipse, que é uma história de um livro só e apresenta todo o universo dos celestes. Mas se você está convicto de acompanhar a obra dele, comece a leitura pela trilogia Filhos do Éden, que é uma história que se passa antes da batalha do apocalipse, que, embora não tenha nenhuma ligação direta, compartilham vários personagens e acabam se complementando para criação desse mundo.

Eu gosto dos livros dele, e a parte que mais se destaca para mim é o universo que ele criou e apresentou nos seus quatro livros, então eu fiquei bem feliz no momento em que soube da noticia que iria sair um livro do universo expandido, e eis que chegou as minhas mãos esse livro lindo, Filhos do Éden: Universo Expandido. E devo dizer que não decepcionou nem um pouco.

O que esse livro é? Um enciclopedia ilustrada? Um livro de RPG? Um pouco de tudo.

Esse livro, para aqueles que buscam belas imagens visuais, ele atende, a arte é sensacional. Se voce busca um livro de RPG do universo do Eduardo Spohr, ele atende também, criando um jogo super divertido.

Esse livro apresenta todos os detalhes do mundo criado pelo Eduardo Spohr, incluindo a cronologia do universo, detalhes sobre as castas de anjos e as ordens satânicas, descrições dos personagens principais da tetralogia, enfim, têm de tudo, principalmente ilustrações lindíssimas! Por sinal, o ilustrador André Ramos fez um trabalho incrível com a arte desse livro. Os designs dos anjos e dos demônios esta excelente!
...
Esse livro representa um outro passo para qualquer autor de fantasia, com sua obra transformada em algo para se apreciar a parte, até mesmo fora dos seus livros e também transformados em um livro de RPG! Eu não tenho palavras para esse livro, só sentimentos. Não preciso nem dizer que recomendo muito a todos, fãs de Spohr, leitores de fantasia, escritores… todos vão poder apreciar esse livro de maneiras diferentes. ^^

site: https://tavernablog.com/2017/02/05/eduardo_spohr_e_seu_universo_expandido_resenha/
comentários(0)comente



Albert.Lenon 28/02/2017

Livro lindão
O livro é fantástico.. Quem já leu a tetralogia, a leitura de universo expandido é obrigatória.. O livro é um guia e é muito explicativo, eu amei os desenhos, o trabalho do Andrés ficou fantástico.. Eduardo nem se fala, sempre com essa escrita que prende. De um modo geral dei nota 4 por causa das estatísticas de RPG que não me atraem e tomam conta de basicamente 30 por cento do livro. Mas de vez em quando vou pegar ele na estante pra dar um espiada sempre que puder porque é realmente lindo. Por último, mas não menos importante, o MAPA, meu Deus, que mapa lindo, vou emoldurar ele e colocar na parede, sem dúvidas.. quem ainda não leu os livros da série, acredito que se ler esse vai se deparar com singelos spoilers, mas nada que comprometa a história num todo. Parabéns rapazes!!!
comentários(0)comente



Carol Lima 15/02/2017

Desbravando o Spohrverso
O término da leitura de Paraíso Perdido foi agridoce. Ao passo que havia adorado a aventura, me sentia triste por ser a última iteração daqueles personagens com os quais convivi pelos últimos anos. Talvez, pensei, fosse até a última obra pertencente àquele universo. Fechei o livro e imaginei mil coisas que poderiam ter acontecido após seu fim.

Só não esperava por um plot twist, anunciado praticamente na mesma época: a tetralogia angélica receberia um guia ilustrado!

Logo me flagrei da mesmíssima forma a qual me encontrava na época de anúncio de Anjos da Morte, e também, claro, de Paraíso Perdido. Aquela empolgação para com a possibilidade de continuar perscrutando a saga concebida por Eduardo Spohr, de uma forma totalmente diferente. E contando com arte de Andrés Ramos (o “Amigo Imaginário” do Nerdcast), que já havia feito um belíssimo trabalho em Crônicas de Ghanor e na Edição Especial de A Batalha do Apocalipse.

A euforia tomou conta de meu ser quando o livro, intitulado Filhos do Éden: Universo Expandido, entrou em pré-venda e começou a receber sneak peeks de seus realizadores.
Além de seu trabalho de capa sensacional (encadernado em capa dura), seu conteúdo é vasto e um verdadeiro deleite tanto para fãs quanto para novos leitores da saga; seja nos dados apresentados em plenitude, até a arte fenomenal de cenários e castas.

Temos aqui a apresentação das principais obras que influenciaram a saga, variando de filmes à HQs, e logo após somos direcionados à cronologia da série, começando com as Batalhas Primevas até culminar nos eventos d’A Batalha do Apocalipse (a trilogia Filhos do Éden se situa entre estes principais eventos). Entendemos mais à fundo conceitos sobre o Tecido da Realidade, os diferentes planos, mundos e dimensões; um insight pelas castas angélicas e ordens satânicas; os já conhecidos e amados (ou odiados) personagens principais da franquia; desenvolvimento do misticismo inerente, como as magias Atlante, Enoquiana, e até mesmo apresentação de sua linguagem; todos os monstros, entidades e criaturas, seguidos de suas respectivas estatísticas e conceitos; diretrizes para se criar histórias baseadas neste universo, as famosas fanfictions; talvez o capítulo mais chamativo, no qual são apresentadas dicas para se fazer um RPG de Filhos do Éden; e um Making Of do livro (dos meus favoritos).

Por se tratar de um compilado da saga, de certa forma, um spoiler ou outro pode surgir nas descrições dos personagens principais e na cronologia como um todo, por exemplo, mas nada que possa comprometer a leitura de alguém que esteja entrando em contato com a tetralogia agora. E para os fãs, trata-se de um complemento necessário, tendo em vista que muitos conceitos abordados levemente nos livros foram melhor explicitados aqui, como o já mencionado misticismo, que é um dos aspectos mais interessantes a serem estudados, digamos.

Nos capítulos que tratam de castas, ordens, personagens (principalmente os arcanjos) e as mais diversas entidades e criaturas, somos apresentados às estatísticas de RPG de cada um destes, o que nos prepara ao que fala do tópico em si, com muito mais detalhes (mencionando até o sistema que o influenciou) e de uma forma que atrai até mesmo aqueles que nunca jogaram (tendo, inclusive, um modelo de ficha para a jogatina, que pode ser baixado gratuitamente no blog do Eduardo, o Filosofia Nerd). Um dos maiores atrativos do livro, sem dúvidas.

No quesito arte, não há o que reclamar. Do plano etéreo até os monstros mais grotescos, temos reproduções dignas de deixar qualquer fã estupefato. Creio que o único aspecto que causou certo rebuliço foi o design de alguns personagens; em especial, a Feiticeira de En-Dor, Shamira (muitos, inclusive eu, a imaginavam de uma forma específica, que não a mostrada neste livro). Mas de forma alguma o que está presente aqui é a versão definitiva dos personagens; ainda temos a permissão mais do que justa para imaginarmos alguns deles do modo que sempre o fizemos. Mesmo parecendo uma espécie de ressalva, de forma alguma se trata de um aspecto negativo.

Outro capítulo que é um verdadeiro presente para fãs e escritores em ascensão é o que nos apresenta às regras, por assim dizer, para se criar uma história situada no Spohrverso. Bastante completo, com a mesma abordagem agradável de todo o livro, e que certamente irá inspirar os amantes da escrita (talvez algum dia eu faça uma fanfic… Quem sabe?).

Evitei dizer muito, até porque a verdadeira experiência só é proporcionada ao ler a obra, e espero muitíssimo que vocês curtam. E àqueles que já leram, digam o que acharam nos comentários.

Nota: 10

Grupo Editorial Record, já pode aprovar mais ideias de livros do tipo.

site: http://ultimate-carol.tumblr.com/
comentários(0)comente



Iuri 29/12/2016

Necessário!
Uma obra nada menos que necessária a todos os que se apaixonaram pelo Spohrverso.
Não posso deixar de escrever aqui parabéns aos autores pelo esmero no preparo. Está tudo incrível! Chega a dar uma emoção de saber que esse material é nacional... dá esperanças em nossa literatura fantástica. Spohr, nosso Tolkien!
Falando de literatura brasileira, o que dizer do capítulo sobre fanfiction? Ouso eleger como a melhor parte. Tenho certeza que vai ajudar muitos escritores iniciantes. Foi espetacular a preocupação em passar as dicas para construir uma boa história.
Muito obrigado por compartilhar seu universo conosco!

P.S.: ver o cenário da tetralogia adaptado para RPG é pessoalmente um sonho realizado. Hahahaha... me lembro que na última Bienal do RJ, 2015, pedi ao Eduardo uma adaptação para RPG. Um ano depois, me vem esse livro. Valeu, cara! Hahahaha
comentários(0)comente



10 encontrados | exibindo 1 a 10


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR