A boca da noite

A boca da noite Cristino Wapichana




Resenhas - A boca da noite


7 encontrados | exibindo 1 a 7


ALYCIA 06/02/2022

eu não tinha percebido que as páginas iam mudando de cor conforme ia anoitecendo até ler uma sinopse, e sério deixa o livro bem mais interessante do que já é
comentários(0)comente



xayane.silvarebousa 04/02/2022

Historia gostosa
Amei as imagens e como a história flui.
O livro fala da curiosidade de um jovem indigena sobre as suas lendas.
Amei
comentários(0)comente



Poesia na Alma 19/01/2022

Opinião
O que acontece quando o sol se banha no rio? Poesia, magia, ludicidade e um fantástico livro infantil.
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 13/01/2022

O menino Kupai, personagem principal desta história, muito curioso e inventivo, conta aqui um pouco da sua infância, da família, do cotidiano e da criatividade do povo Wapichana.

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!


site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788579331077
comentários(0)comente



Gláucia 06/08/2019

A Boca da Noite - Cristino Wapichana
Escrito por um autor indígena de Roraima, traz a história da Boca da Noite. Que nada mais é que a própria noite... Porém o que esse estranho nome desperta na imaginação de uma criança! Dum (marimbondo) e Kupai (peixe) resolvem descobrir que é esse misterioso ser e esperam anoitecem para irem escondidos de seus pais em sua busca.
O diferencial desse livrinho nem é a história mas sim as ilustrações. Além de lindas as páginas vão mudando de cor de acordo com a hora do dia, como se elas também fossem o próprio pôr ou nascer do sol.
Marta Skoober 06/08/2019minha estante
Deve ser incrível. Vou tentar encontrar nas livrarias daqui.


Gláucia 06/08/2019minha estante
Achei uma obra de arte. História simplizinha mas o visual é incrível.




><'',º> 05/01/2018

Escrito por Cristino Wapichana e ilustrado por Graça Lima, o livro “A boca da noite” tem sido destaque no Brasil e no exterior. Além de vencer nas categorias de Melhor livro para crianças e Melhor ilustração no Prêmio Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil 2017, a obra teve uma de suas ilustrações na capa do catálogo da Feira literária infantil e juvenil de Bolonha, uma das maiores do mundo. Cristino também foi convidado para o Salão do Livro de Gotemburgo, onde “A boca da noite” vai ser lançado em Sueco. O trabalho de Graça Lima também estará representado, já que o stand do Brasil em Gotemburgo será decorado com ilustrações do livro.

Nesta edição, conversamos com autor e ilustradora para desvendar alguns dos mistérios dessa repercussão do livro, que traz uma história fascinante e cheia de surpresas para crianças e jovens. “A boca da noite” conta um pouco da infância, da família, do cotidiano e da criatividade do povo Wapichana.

No livro, os irmãos Dum e Kupai tentam encontrar respostas para perguntas como: o que será que acontece quando o sol mergulha no rio? Será que ele toma banho antes de dormir? E depois disso, será que ele passa a noite dormindo dentro do próprio rio? Mas para chegarem a alguma conclusão, sobem na Laje do Trovão, o lugar mais perigoso da aldeia. O medo aumenta quando o pai utiliza a expressão “boca da noite” e Kupai fica imaginando que se a noite tem boca, deve também ter cabeça e corpo, além de ser enorme.

O escritor Cristino Wapichana, do povo indígena Wapichana, de Roraima, radicado atualmente em São Paulo, ganhou, em 2014, com esse singelo e vigoroso texto, menção honrosa no Concurso FNLIJ/UKA Tamoios de Textos de Escritores Indígenas. Para tornar a história mais encantadora, a ilustradora Graça Lima é a coautora da obra. Ela realça ainda mais a poesia e sensibilidade da narrativa com seus traços e pinturas. Os desenhos remetem à vasta arte dos povos indígenas, como a das cerâmicas, pinturas corporais e grafismos. A paleta alterna entre cores quentes e vibrantes, como o dia na floresta; e tons sombrios, como a noite e os mistérios escondidos. Cristino e Graça transportam o leitor para a realidade dos povos indígenas, com sua beleza, coragem e ensinamentos.

Fonte: neteducacao.com.br

site: http://www.neteducacao.com.br/multimidia/audios/escritor-indigena-ganha-premio-de-melhor-livro-infantil-com-a-boca-da-noite
comentários(0)comente



hanny.saraiva 13/06/2017

Educativo, redondo. O projeto gráfico é espetacular, mas a parte textual poderia ser um pouco mais enxuta, senti falta de mais palavras mágicas ao invés de uma narração tão linear.
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR