Seven Days

Seven Days Isabelle Dutra Bissoli




Resenhas - Seven Days


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Clara.Pamponet 15/02/2018

Resenha do livro Seven Days
Eu ouvi falar do livro Seven Days desde do início. Mas pela capa um pouco sombria eu fiquei receosa sobre a leitura do mesmo, até que um dia fui conhecer o site da editora coerência e acabei comprando o livro.... Se eu me arrependi? Nenhum pouco, demorei para começar a ler o mesmo e até o meio do livro estava lendo receosa, mas quando vi já estava na última página!
A escrita da Isabelle é maravilhosa, o livro te deixa aguçada, a única coisa que eu sei é que quero o próximo livro da trilogia!
O livro conta a história de uma jovem que após sofrer um acidente e morrer acaba parando em um local chamado Seven Days onde a Kelsey conhece o Liam, seu mentor, que é misterioso e um pouco sombrio.
Super indico a leitura desse livro!

site: http://hitsdomomento.blogspot.com.br/2018/02/resenha-do-livro-seven-days.html
comentários(0)comente



ClauClau 04/07/2017

Seven Days – Uma Segunda Chance de Morrer - #1 Isabelle Dutra Bissoli
Olá turminha boa de leitura, esse é o 1º livro da trilogia Arrebatadora, “Seven Days – Uma Segunda Chance de Morrer”, da autora Isabelle Bissoli que recebi pela parceria com a Editora Coerência.
Para os amantes de romance fantasia eu os convido para passear no limiar entre a razão e a insanidade, ou pelos caminhos do sonho e da realidade. Esse é o relato de uma jovem garota perdida em sua realidade, ou melhor, desesperada em uma nova condição: a de estar morta!

Kelsey Volid é uma dessas jovens que está sempre arisca a tudo e a todos, insatisfeita com o dia, com o que tem para fazer, com as pessoas, ou melhor, com ele mesma. É como se ela estivesse a procura de algo sem saber ao certo o que era!

Aquele dia seria o mais questionável e também o mais enigmático de toda sua existência.
Poderia ser um dia normal em direção á escola com toda aquela turma chata e fútil reunidos ali, todos, dentro daquele ônibus quente.
Sua vontade era de sumir dali e esquecer-se de todos, com certeza não sentiria falta de ninguém, na verdade, apenas uma pessoa ali sentiria falta, apenas Nicolas. O Nico seu amigo por uma questão de costume, mesmo.
Aquele seria o grande e derradeiro momento, talvez, o inicio do fim, ou um fim que teria um novo começo. Confuso? Talvez!
Foi naquele momento, um solavanco no ônibus escolar que o fim chegou para todos aqueles jovens que tiveram sua vida ceifada ali, um estampido e tudo acabou. Todos mortos. Não existirá futuro para ninguém. Fim...só que não!

Venha conferir na integra

site: https://www.euleiosimedai.com.br/single-post/2017/07/04/Seven-Days%E2%80%93Uma-Segunda-Chance-de-Morrer---1
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2