Verões Felizes

Verões Felizes Zidrou




Resenhas -


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Jean Bernard 09/12/2021

As pequenas belezas da vida
Lindo. Lindo. Lindo.
Uma narrativa simples que toca fundo no coração. Uma família saindo de férias.
Roteiro impecável, desenhos incríveis, história tocante.
comentários(0)comente



Pri Paiva 21/08/2021

Um quadrinho para acalmar o coração
O quadrinho nos passa uma sensação de nostalgia mesmo sem termos vivido a história desses personagens.
De certa forma, durante a leitura a sensação é de revivemos memórias nossas, nos colocando também em suas vidas.

A arte é cheia de cor e vitalidade. Traz paz e calma, mesmo quando trata de assuntos tocantes e reflexivos.

Li esse primeiro volume por indicação do @miojogeek e realmente valeu super à pena.
Já terminei o segundo volume também e em breve deixarei aqui minhas impressões.
comentários(0)comente



Romulo 14/01/2021

Espetáculo
Leve, tranquilo, desenhos excepcionais.. um espetáculo! Excelente para ler nas férias, feriados e finais de semana!
comentários(0)comente



Gabriel 03/09/2020

A beleza da singeleza da vida
Uma frase da hq resume sua vibe: talvez morremos para lembrar que estamos vivos ...
comentários(0)comente



Marieliton M. B. 04/12/2018

A vida, mesmo que simples, pode ser muito divertida
Estamos em 1973, e a família Faldérault está saindo de férias. Pronto. Simples assim. Esse nada mais é do que um quadrinho narrando as aventuras de um casal e seus quatro filhos rumo a mais uma férias de verão. E acredite, nada poderia ser mais incrível.

Desde que foi lançado no Brasil, Verões Felizes figura me lista de melhores quadrinhos de muita gente, e não é à toa isso. De uma simplicidade e e beleza sem igual, ler Verões Felizes dá a mesma satisfação de ouvir alguém contando uma história vivida há algum tempo.

E não vou mentir, me deu uma baita vontade de imitar os Faldérault quando um dia eu tiver a minha própria família. Juntar a trupe e embarcar numa viagem “meio que” sem rumo pra algum lugar paradisíaco.

A arte de Jordi Lafabre é linda! As expressões dos personagens, que cativam só de bater o olho, e os cenários belíssimos deixam a leitura ainda mais agradável.

Verões Felizes é um quadrinho pra ler e reler de tempos em tempos. Pois o sentimento de satisfação e felicidade ao lê-lo é garantido. 8)
comentários(0)comente



Luciana 02/11/2018

Leitura gostosa!
Uma história deliciosa e leve de se ler, em que os desenhos primorosos só destacam ainda mais o livro!!
Vale a leitura!!
comentários(0)comente



@andressamreis 15/08/2018

Simplesmente: leia!
Esta é uma HQ para aquecer e incomodar nossos sentimentos.
Personagens e situações verossímeis, dentro do tema ser e estar em família.
Leitura leve, ilustrada com belos traços, abusando do uso das cores para representar sentimentos e conflitos.
A imagem da capa achei genial, é simples, porém, o uso da luz e sombra me despertou tanta coisa, dá vontade de enquadrar.
Só leia...
comentários(0)comente



Maria Faria 16/06/2017

Verões Felizes
Verões Felizes – Rumo ao Sul é uma história em quadrinhos espetacular com desenho encantador. Impressionante como uma história tão simples pode ser tão tocante. É a HQ que veio para provar que a simplicidade pode ser tão atraente quanto uma história cheia de reviravoltas.
Ela retrata a família Faldérault. Pierre e Madô relembram um período em que tirar férias foi uma tarefa árdua. Relembrando os tempos difíceis pelos quais passaram, a memória do casal retorna às férias de 1973. Pais de Louis, Nicole, Julie e Paulette, tiraram alguns dias para descansar e divertir as crianças, mas as preocupações familiares não deixaram a família desfrutar totalmente de suas sonhadas férias. Os filhos foram retratados com uma fidelidade impecável do que seriam crianças e adolescentes numa família tradicional da década de 1970, a começar pelo gosto literário do filho mais novo.
Pierre é desenhista de quadrinhos e percebia que o sucesso de seus personagens estava longe de alcançar grande público e ser distribuído em todas as regiões. Sua profissão atrasou em três dias a saída para as férias da família e ao longo do caminho Pierre estava sempre atento às bancas para tentar encontrar seus personagens. Além disso, sua mente estava presa à preocupação com sua cunhada que estava face a face com a morte.
Sua esposa Madô estava insatisfeita com o trabalho e com o rumo que tomou seu casamento. Ela vivenciava um momento que muitos casais alcançam, quando começam a se questionar o que planejaram e o que de fato conseguiram alcançar.
O título da HQ deixa claro que este é o primeiro volume, mas a história se completa de forma que o leitor não fique dependente dos próximos volumes. E mesmo com uma história curta e completa, o que Verões Felizes causa é vontade de ler o próximo volume imediatamente.
comentários(0)comente



8 encontrados | exibindo 1 a 8


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR