O Diário Bipolar

O Diário Bipolar Manoela Serra




Resenhas -


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Isabela | @readingwithbells 03/03/2018

Leitura obrigatória!
"O Diário Bipolar" é a trajetória de vida e a descoberta da bipolaridade na vida de Manoela Serra, a autora do livro.
Por meio de capítulos que lembram um diário, ela nos conta de sua infância, adolescencia e vida adulta.
Essa é a primeira vez que vou escrever isso: é difícil fazer essa resenha. Cada página é essencial para a descoberta da síndrome de Manoela. Não posso e não consigo resenhar a vida de uma mulher guerreira como ela. Vou deixar algumas frases que ela escreveu e espero que te instigue a ler o livro. -
"Conversar, também é muito importante, só que estudar o comportamento dela (criança) é o essencial."
"Eu aprendi que tudo na vida vem por um motivo, tudo. Até o sofrimento. Absolutamente, tudo é um aprendizado, uma forma de adquirir conhecimento sobre alguma coisa, ou alguém."
"Virei um diagnóstico e não uma pessoa. Virei uma doença mental e não um ser humano com sentimentos. Virei um problema e não uma mulher com planos e desejos."
"Aprendi o quê com a Bipolaridade até agora? Que sou forte pra caramba! Poucos me derrubam, poucas coisas me derrubam, sou quase invencível."
-
Esse livro é importante, pois as pessoas deveriam parar de romantizar a depressão e os outros transtornos metais, como o toc, a ansiedade, entre outros. Todos as síndromes são sérias e merecem sua devida atenção com respeito.
A jornada de Manoela não foi fácil, e como ela mesma diz "a jornada continua."
Se você está lidando com alguma dessas psicopatologias, vá atrás e busque ajuda. É difícil. Pode parecer o fim do mundo. Mas procure se ajudar. Pois você NÃO está sozinho (a). A felicidade vale a pena, eu prometo.
comentários(0)comente



Suka - Pensamentos & Opiniões 01/05/2018

Com uma escrita leve, fluída e emocionante, a autora nos conta como é a vida de uma pessoa que tem bipolaridade, mostrando os altos e baixos dessa doença.
A bipolaridade ainda é algo muito recente em estudos e poucos são aqueles que conseguem identificar.
A autora vai contar sobre sua vida da adolescência a fase adulta, o que ela perdeu e os aprendizados que ela com ganhou com essa doença.
Lendo os textos dela me vi muitas vezes em seu lugar e sei o quanto é difícil uma hora você está bem e logo depois tudo mudar.
E o pior é sentir/ser um problema para família, que as vezes não está do seu lado quando você precisa.
É um livro que vale a pena as pessoas lerem, sejam bipolar ou não, o livro vai ajudar algumas pessoas a entender melhor quem tem essa doença e pararem de achar que pe frescura.
E mostrar ao bipolar que não é necessário desistir da vida e que deve nunca perder as esperanças.
Recomendo a todos essa leitura.

site: http://www.suka-p.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Maníaca Literária 27/06/2018

O Diário bipolar é a biografia de Manoela Serra, que conta o início de tudo dês dos seus 7 anos até ter a certeza dos sintomas do Transtorno Bipolar do Humor.
Por ser uma biografia confesso que fiquei um pouco pensativa mas o livro me deixo surpresa, adorei conhecer a Manoela tão a fundo num assunto tão difícil.
Super recomendo, até acho que deveria ser uma leitura obrigatória.
Você pode entender a si mesmo (esse foi meu caso) e até pessoas ao seu redor que tenham esse transtorno bipolar do humor.
É uma leitura rica, muito fluida e intensa onde a Manoela trás pontos fortes ligados a família , convivência e tabus .
Você fica preso a história, quando reparei já estava na última página de tão presa que fiquei.
Manoela é uma guerreira pois suportar tudo de novo, pessoas julgando sem entender o porquê dela agir daquele jeito, e ter demorado tanto para descobrir o motivo de tudo.
O ponto que chegou e as coisas que ela fez que a marcam até hoje profundamente quando se lembra da convivência com sua irmã, na escola e em casa até um dia que um anjo surgiu e foi obtido o diagnóstico do transtorno.
Em algumas partes fiquei bem triste, achei uma leitura intensa devido o que a Manoela passo dês de pequena.
Muita luta, remédios ,consultas ,fato de ser uma mulher ( a Manoela explica no livro), terapia, questionamentos, viver ou morrer, crises e muito mais .
comentários(0)comente



Yasmim Braga 09/07/2018

necessário para entender a doença
DIÁRIO BIPOLAR | @vlogmanoelaserra | Nota: 5🌟
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
▪️ Neste livro vamos conhecer a trajetória de vida da autora, Manoela Serra, e sua experiência com a bipolaridade.
Tudo é narrado como se estivéssemos lendo o diário pessoal dela, o que acabou fluindo de forma rápida. Vamos conhecer vários aspectos da bipolaridade, desde quando ela era mais novinha até a fase adulta e é triste conhecer tudo mais profundamente. ▪️ É uma leitura necessária para todos, até porque, poucos sabem realmente o que é a bipolaridade. Muita gente brinca dizendo 'fulano é bipolar' por conta de mudanças leves de humor, mas não sabem o quanto sofrem as pessoas que realmente tem essa doença. Pra falar a verdade, os transtornos psicológicos são romantizados hoje em dia, a depressão, o TOC, a ansiedade, etc. Temos que tomar cuidado ao falar sobre esses assuntos e procurar prestar atenção nas pessoas ao nosso redor, talvez um amigo está passando por isso e nem percebemos. Informação hoje é tudo, então procurem se informar. Quem está passando por isso precisa de ajuda, de apoio, de carinho, de tudo, menos de alguém lhe criticando. Se você percebe que não está bem, procure ajuda! É difícil sim, mas a felicidade e a paz valem a pena, eu prometo!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
.
➖ALGUNS DOS SINTOMAS -BIPOLARIDADE: agitação, agressão, irritabilidade, depressão, ansiedade, apatia,mudanças de humor, perda de interesse, falta de concentração, pensamentos indesejado, entre vários outros. Recomendo procurar ajuda médica, só assim ele poderá te diagnosticar da maneira correta.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
.⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⚠️ ATENÇÃO: Caso você precise conversar, eu estou aqui, só me chamar no direct. Tem também o CVV – Centro de Valorização da Vida - que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat durante 24 horas todos os dias, só discar o nº 188.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
💬 E aí, o que acharam? Leriam? O que pensam do assunto?

site: instagram.com/blogliterarte
comentários(0)comente



Emily.fonseca 20/07/2018

O Diário Bipolar vai contar a história de Manoela, vai abordar seu comportamento desde a infância até como funciona as suas ciclagens. Nada de termos técnicos, o leitor verá como realmente é ser bipolar, como funciona e principalmente como a pessoa se sente.

Desde criança ela teve indícios de transtorno bipolar, porém naquela época (não tão longe assim) não era comum se ouvir falar de alguém que sofresse com isso, na verdade "bipolar" era mais usado como insulto principalmente para mulheres do que doença, por conta disso seus pais não perceberam os indícios, deste modo a autora sofreu muito com depressão, crises de ansiedade e pânico, ela ficava apavorada simplesmente por ouvir uma palavra..

“"Em seguida, a palavra "diabo" virou um tormento na minha vida, que mal havia começado. Eu tinha somente sete anos. E isso me perturbava seriamente."

Por conta de suas ciclagens muitas vezes ela entrava em constantes brigas com sua irmã gêmea, na maioria dos casos sem motivo, sendo que sua irmã cuidava dela como se fosse a caçula da família, pois as mudanças de humor também afetam os familiares e as pessoas que estão na volta de quem tem o transtorno.
As comparações com sua gêmea eram inevitáveis, já que ela costumava se sentir inferior a ela, sua irmã se sair melhor em tudo, tinha mais amigos ou um sorriso mais lindo que o dela, conclusão como duas pessoas aparentemente iguais poderiam ser tão diferentes? Uma perfeita e a outra tão "esquisita" e temperamental..

“"Corri para a minha mãe, e minha irmã estava a seu lado, e gritei mais do que alegre, cheguei em segundo, mãe! Cheguei em segundo!, com lágrimas nos olhos. Minha mãe, que olhava o placar somente, agarrou o braço da minha irmã e falou: espera que sua irmã chegou em primeiro, e me deixaram para trás."

Sua adolescência não foi diferente, pelo contrário, as coisas pioraram, em seus surtos ela só não apenas gritava e sim partia para a agressão física, entretanto os lapsos de memória se fizeram constantes nesta época, fazendo com que Manoela não se recorde das coisas terríveis que fez..

“"Você não vai querer isso, você Bipolar. Mas você família. A pessoa com Transtorno vai precisar de apoio. Sim! Vão ter dias difíceis, sim!"

A solidão bateu na porta, Manoela já não queria mais sair, comer, tomar banho... Preferia ficar encolhida na sua cama. Foi neste momento que ela foi diagnóstica com depressão profunda, fazendo com que os coquetéis de remédios fossem constantes, juntamente com os mais diversos tipos de efeitos colaterais. .

“Mas a Disney fica longe daqui. E de mim? Mais longe ainda. Minha história não começa com "era uma vez", porque se começasse , não teria sido tão decepcionante."

Depois de algum tempo uma amiga da família recomendou que os pais da autora a levassem em uma psiquiatra conhecida, e foi ai que eles ouviram "transtorno bipolar", após três semanas do diagnóstico correto a garota pode começar o tratamento com vários reguladores de humor que fazem ela ter uma vida que o padrão da sociedade chama de "normal".
Manoela escreve para o leitor, uma leitura bem informal de como realmente ela se sentia, de como eram as mudanças de suas ciclagens, de depressiva para eufórica, as épocas da mania que ela queria fazer tudo ao mesmo tempo e não terminava nada. O livro é realmente esclarecedor e tocante..

“Sofri, sim, mas tudo que passei foi um aprendizado, não consigo nem colocar corretamente em palavras. "

Em certo ponto eu tive orgulho da autora, pois acredito que não seja fácil contar coisas de sua vida para milhares de pessoas, mas ela com toda a força conseguiu passar seus sentimentos para o papel e provavelmente vai ajudar várias pessoas.
Recomendo esta leitura para TODOS, sem exceção alguma, todos devem ler este livro e passar adiante todo o conhecimento, dores e alegrias que constam nessas páginas.

site: https://livrosrabiscando.blogspot.com.br
comentários(0)comente



5 encontrados | exibindo 1 a 5