O destino de Astarte

O destino de Astarte Barbara Garrett




Resenhas - O destino de Astarte


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Carol - @ressacaliteraria_ 09/04/2020

Resenha
Astarte é uma jovem médica, bem sucedida, noiva de um homem lindo, rico e apaixonado. Não poderia pedir mais nada já que tinha uma vida "perfeita". No entanto, não conhece sua mãe e não tem um bom relacionamento com seu pai.

"Você acaba de demonstrar que não tem maturidade para enfrentar os fatos."

Os dias vão passando normalmente, até que em um plantão médico agitado Astarte, que é a melhor neurocirurgiã do hospital, é encarregada de uma cirurgia de emergência que seria denominada fácil e normal para a mesma, porém, a paciente vem a óbito sem motivo aparente. Desnorteada e arrasada por ter perdido uma vida em suas mãos, começa a ter sonhos estranhos, lapsos de memória e algumas visões. Com isso, decide procurar o novo psicólogo do hospital, Atlas, por quem sente reconhecimento e uma onda de sentimentos logo no primeiro contato.

"O Educandário me ensina a alma, mas meus sonhos me ensinam sobre a vida."

Em paralelo conhecemos a infância de Astarte em outro planeta, onde foi criada como filha por Pysika. Contudo, as alucinações de Astarte que vive na terra são na real lembranças de sua infância, mas sem saber o motivo das mesmas descobre uma ânsia sobre saber mais de suas origens, inclusive sobre sua mãe.

"Os humildes serão exaltados. [...] reconhecer suas falhas e sua pequenez é caminho certo para a evolução."

Esse foi um livro que me tirou totalmente da zona de conforto e em vários momentos me deixou perdida, por ser o segundo livro da série e denominado como um spin-off, foi o primeiro que li por pensar que não faria diferença. Pois bem, fez. Não entendia o que estava acontecendo, não conseguia ligar os pontos e muito menos entender quem era quem.

"Algo em meu íntimo me puxava para fora, para que adquirisse novos conhecimentos, para que conhecesse novos mundos, para que saísse dali. Eu só não sabia como. Na verdade, sentia que era uma pessoa do universo, sem que pertencesse a um lugar em especial. Eu queria saber mais, pesquisar, conhecer sobre a vida, sobre tudo o que me cercava."

Consegui entender um pouco mais após ter lido a resenha de Abdução escrita pela minha parceira e amiga Thaís, lá no Blog Dona Lua. Entretanto, a autora possui uma escrita leve e envolvente que me cativou a continuar a leitura até o fim e ficar ainda mais curiosa com os fatos.


" - Quando me refiro à alma, me refiro a você por inteiro, a quem você é. Não estou me reportando a conceitos religiosos ou espiritualistas, acredito unicamente que seria interessante que você se fizesse as perguntas certas. Aí sim, chegaria à causa e à solução de seu problema."

Um misto de sensações nos atingem, assim como dúvidas se a trama poderia ser real... A diagramação é bem simples e confortável para leitura, com letras grandes e folhas amarelas. A capa foi o ponto alto, ficou lindíssima e condiz muito com a história.

site: http://www.ressacaliteraria.com.br/2018/01/resenha-o-destino-de-astarte-barbara.html
comentários(0)comente



Arca Literária 26/08/2019

resenha disponivel no link a partir do dia 28/09/19 http://www.arcaliteraria.com.br/o-destino-de-astarde-serie-abducao-vol-ii-barbara-garrett/
comentários(0)comente



Bi Faria 04/03/2018

Capa maravilhosa! E eu nunca li nada do tipo, mas foi surpreendente.
Qual o destino de Astarte? Uma médica brilhante, que não se lembra da sua infância, que não conhece a mãe, e que a relação com o pai é estranhíssima.
Ela sempre o questiona sobre suas origens, mas ele nunca está disposto a falar, e ela segue sua vida. Noiva de Procyon, um homem que a ama loucamente, faz tudo que ela quer, eles vão se casar, mas ela sente que falta alguma coisa nesse relação.
Até uns sonhos estranhos começarem a acontecer, e Astarte se ver em outro planeta na adolescência, e querendo também saber suas origens. Ela vai e volta dos sonhos em vários momentos, não sabe se é real ou fantasia.
Um novo psiquiatra chega ao hospital onde ela trabalha, então ela resolve pedir ajuda para ele, conta sobre suas supostas alucinações, e Atlas lhe parece familiar, mas ela não se lembra de onde pode conhecê-lo.
Mas em mais um sonho ela descobre mais coisas desse outro planeta e quando volta algo surreal está acontecendo... E só uma pessoa pode lhe ajudar, seu pai. Qual o destino dela? Passado,presente e futuro se misturam... "É como se eu piscasse os olhos e me transportasse fisicamente para outro mundo, com outras pessoas. Outro planeta, sabe?" @babigarrett13
comentários(0)comente



Priscila Marcia 26/02/2018

Um amor de leitura!
O que dizer de O Destino de Astarte, da escritora Barbara Garrett? É uma leitura encantadora, onde a escritora conta a vida de Astarte, então, afastada de sua mãe. Diverso do primeiro livro, Abdução, está história define a vida de Astarte, agora já uma moça e suas reflexões sobre a vida que leva em um lugar paradisíaco. Ela é cheia de questionamentos e quer descobrir o que aconteceu com ela, como também, o do por que dela ser diferente dos outros habitantes que a cercam. Aos poucos, descobre que existe muito mais do que a sua vida pacata naquele mundo, e que algo ou alguém a quer de qualquer jeito. Adorei a leitura e, ansiosa, espero pela continuação.
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4