Infiltrado na Klan

Infiltrado na Klan Ron Stallworth




Resenhas - Infiltrado na Klan


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Carolina Durães 24/11/2018

Muito bom!
"Infiltrado na Klan" é uma biografia narrada em primeira pessoa. Ron Stallworth, conforme a sinopse explica, foi o primeiro detetive negro da história do Departamento de Polícia de Colorado Springs e entre suas atribuições estava a de procurar nas publicações diárias como os jornais, indícios de atividades criminosas, como prostituição, esquemas envolvendo dinheiro, entre outros. Então, imaginem a surpresa do detetive ao encontrar a seguinte mensagem:

"Ku Klux Klan
Para maiores informações contate:
Caixa Postal 4771
Security, Colorado
80230" (p. 13)

Ron nunca esperou que ao responder a mensagem ele receberia o retorno de Ken O'Dell, o organizador local da KKK e que a partir daí iria se infiltrar em uma das organizações mais assustadoras e radicais existentes.
O livro vai apresentando o desenvolver dessa investigação, mas também traz pedaços da vida pessoal de Ron Stallworth. As dificuldades que ele encontrou no trabalho e até mesmo o preconceito que enfrentou entre seus irmãos azuis.
A obra é avassaladora. Imaginar como Ron se sentiu comunicando-se com pessoas que demonstravam tanto preconceito e ódio e ter que se manter calmo e até mesmo reforçar esse discurso de ódio é inimaginável.
O fato de que Ron subiu rapidamente à hierarquia fez com que fosse necessário que outra pessoa se passasse por ele nos encontros presenciais e vamos observando que a organização foi evoluindo e a liderança mudou drasticamente. A nova cara da KKK é um homem culto, inteligente e com um discurso carismático, o que torna tudo ainda mais assustador.

"Minha investigação era mais importante agora do que nunca, e mal sabia eu que "Ron Stallworth", esperançoso candidato a membro da KKK, avançaria muito mais rápido na Organização do que qualquer pessoa da minha equipe havia planejado". (p 71)

site: http://www.alempaginas.com/
comentários(0)comente



douglaseralldo 26/11/2018

10 CONSIDERAÇÕES SOBRE INFILTRADO NA KLAN, DE RON STALLWORTH OU SOBRE COMO MOSTRAR QUE IDIOTAS SERÃO SEMPRE IDIOTAS
1 - Em tom descontraído, até simples, Infiltrado na Klan são os relatos pessoais e verídicos do policial Ron Stallworth, primeiro negro do Departamento de Polícia de Colorado Springs (o autor frisa bastante esta marca), sobre uma peculiar investigação realizada por ele no calor dos finais dos anos 70, e quando as discussões raciais e dos direitos civis estava bastante quentes na sociedade norte-americana;

2 - A investigação, no caso, foi a infiltração do policial negro em um grupo local da Kux Kux Klan, grupo terrorista de supremacistas brancos cuja atuação tem um histórico de medo e conflitos nos Estados Unidos. A investigação liderada por Stallworth e com outros policiais em campo conseguiu adentrar um grupo local da KKK e ainda acompanhar desdobramentos regionais e aproximação de importantes líderes da KKK. À época a investigação atraiu atenção de diferentes órgãos de inteligência pelo fato de Stallworth, um negro, infiltrar-se na Klan, tendo inclusive sua carteira de membro;

3 - Aliás, a publicação além dos relatos do policial, traz junto imagens que corroboram e documentam os relatos do livro, inclusive a famosa carteirinha. Neste tipo de publicação, estes anexos sempre enriquecem a publicação;
+: http://www.listasliterarias.com/2018/11/10-consideracoes-sobre-infiltrado-na.html

site: http://www.listasliterarias.com/2018/11/10-consideracoes-sobre-infiltrado-na.html
comentários(0)comente



Miry 06/05/2019

Tava impressionante até o último capítulo
Eu tava muito empolgada com esse livro e conforme ia lendo ele correspondia as minhas expectativas. Amei a experiência de saber o plano engenhoso que o policial Ron teve.

Mas o último capítulo foi um balde de água fria que eu não quero aceitar. Mas a experiência foi muito boa.
comentários(0)comente



Guynaciria 13/11/2018

Infiltrado na Klan é o mais novo lançamento da editora @seoman. Esse livro deu origem ao filme dirigido por Spike Lee, de mesmo nome.

Ron Stallworth, autor é também protagonista dessa história, nos narra os seus primeiros anos como policial no Colorado. Esse homem foi um desbravador, uma vez que não existia nenhum outro policial negro na unidade naquele período. Ele também foi nomeado o mais jovem investigador infiltrado de seu departamento. 

Mas além de um livro de conquistas pessoais e porque não dizer política e social, essa obra é também uma prova de que com inteligência e o apoio certo, somos capazes de enfrentar o mal de frente, eliminando os intentos mesquinhos praticados por homens preconceituosos.

Devo confessar que se não tivesse conhecimento que essa é uma obra autobiografia, seria difícil não categoriza-lá com de ficção. 

Imagine pois a seguinte situação: Um jovem homem negro, após ler um anuncio no jornal, decide se filiar a Ku Klux Klan, uma das maiores organizações racistas que já existiram no mundo, responsável por atos inomináveis de perseguição, tortura, aprisionamento ilegal, assassinatos e negação de direitos civis básicos a população negra.

Agora imagine que ele não só conseguiu ser bem sucedido, como também foi responsável por frustrar muito dos planos da KKK nos Estados Unidos. Só por esse motivo já vale a pena realizar essa leitura não é mesmo?

Para quem tem interesse na obra, recomendo que opte pela leitura, pois apesar do filme ser interessante, esse suprimiu muitos detalhes importantes a respeito do ponto de vista do autor, o que acabou por tornar o filme bastante estereotipado, onde todos os negros foram postos no papel de militantes, enquanto os bancos integrantes da Klan foram classificados como homens com pouca inteligência e muitas vezes alcoólatras. 

Recomendo a leitura! 
comentários(0)comente



Cris 30/12/2018

Esperava gostar mais...
“O sucesso em uma investigação policial nem sempre é medido pelo número de prisões efetuadas, ou pela quantidade de contrabando ilegal apreendido. Muitas vezes, o sucesso encontra-se não no que acontece, mas no que você evita que aconteça.”

Esta é uma autobiografia de Ron Stallworth, que foi o primeiro detetive negro da história do Departamento de Polícia de Colorado Springs, nos EUA.

Ele se deparou com um anúncio em um jornal convocando pessoas a se juntarem à uKlux Klan, o famoso grupo terrorista de supremacia branca. Então, decidiu responder ao anúncio, se infiltrando em um grupo local da KKK.

Ron iniciou assim junto com a polícia local uma investigação secreta audaciosa, que frustrou vários planos da KKK no final dos anos 1970. Ron também relata todo o preconceito que sofreu dentro da própria polícia ao se destacar cada vez mais dentro da Instituição.

A narrativa é muito simples, o autor nos conta o que aconteceu nos anos em que fez parte da investigação, mas confesso que não prendeu muito minha atenção.

O livro aborda um tema que eu tenho bastante interesse em saber mais sobre, porém a forma como o livro foi narrada não me envolveu como achei que fosse.

Apesar disso, estou bem curiosa pra assistir o filme e ver como essa história foi adaptada para as telas do cinema..

“Nossa história está sempre em nosso presente.”

site: http://instagram.com/li_numlivro
Natália Tomazeli 31/12/2018minha estante
Nossa, nem sabia que tinha livro! Quero assistir o filme tmb...


Cris 07/01/2019minha estante
Sim, preciso ver se ainda tá no cinema, parece que tinha saído há um tempo.


Natália Tomazeli 08/01/2019minha estante
Verdade!


Cadu.Ribeiro 10/03/2019minha estante
O filme e mais divertido que o livro !


Cris 11/03/2019minha estante
Verdade ! Eu assisti o filme depois de ler e amei!




5 encontrados | exibindo 1 a 5