Mil dias em Veneza

Mil dias em Veneza Marlena de Blasi




Mil dias em Veneza





Este livro pode parecer um conto de fadas, mas é uma história de amor verídica – o amor entre uma mulher e um homem, o amor pela comida e o amor por uma cidade.



Por muito tempo, Marlena de Blasi resistiu a ir a Veneza. Até que, em 1989, seu trabalho como chef e crítica gastronômica tornou impossível continuar adiando a viagem. Assim que pôs os pés na cidade, ela ficou completamente seduzida. Seu encantamento foi tão grande que decidiu voltar todos os anos.



Desde aquela primeira visita, Marlena sempre tinha a sensação de que estava indo a um encontro. Em 1993, o encontro finalmente aconteceu. Ela almoçava com amigos quando um garçom se aproximou e lhe disse que havia uma ligação para ela. Do outro lado da linha estava Fernando, um veneziano que, um ano antes, vira Marlena passeando pela Piazza San Marco e se apaixonara à primeira vista.



Alguns meses depois, Marlena largava toda a sua vida nos Estados Unidos e se mudava para Veneza, para se casar com o “estranho”, como costumava chamar Fernando.



Ele não falava quase nada de inglês. O italiano dela se resumia a algumas palavras relacionadas a comida. Ele abrira mão de seus sonhos e levava uma vida monótona e previsível. Ela era mestre em recomeçar e se reinventar. Ele gostava de tudo muito simples, inclusive as refeições. Ela adorava cozinhar pratos elaborados.



À medida que eles superam essas diferenças e Marlena vai se familiarizando com as peculiaridades da cultura veneziana, os leitores são presenteados com uma descrição deliciosa e às vezes cômica de duas pessoas de meia-idade que, apesar de tudo, conseguem criar uma relação maravilhosa.



Em Mil dias em Veneza, Marlena evoca vividamente as imagens, os sons e os aromas de uma das cidades mais românticas do mundo e divide com os leitores as receitas que estiveram presentes em alguns dos momentos mais importantes de sua vida.

Edições (2)

ver mais
Mil dias em Veneza
Mil dias em Veneza

Similares

(10) ver mais
Um Certo Verão na Sicília
Mil dias na Toscana
Os tambores de São Luis
A Doce Vida Na Úmbria

Resenhas para Mil dias em Veneza (63)

ver mais
Amar, comer, beber e viver
on 18/11/10


Estive em Veneza em 2006 e me senti em casa em meio àquela decadência, umidade e arquitetura. Imaginei que poderia viver ali por um tempo (mas não demasiado). Fui apenas como turista de 3 dias, não conheci a cultura veneziana, apenas aquilo que turistas conhecem. Assim, não julgo-me conhecer Veneza. Confesso que não sou fã das histórias de amor, mas, já na livraria, ao cabo de algumas olhadas no texto, meu interesse foi despertado a tal ponto que comecei a ler este livro logo em segui... leia mais

Vídeos Mil dias em Veneza (2)

ver mais
RESENHA | MIL DIAS EM VENEZA | Ep. #44

RESENHA | MIL DIAS EM VENEZA | Ep. #44

Veneza

Veneza


Estatísticas

Desejam246
Trocam125
Avaliações 3.3 / 1.259
5
ranking 19
19%
4
ranking 25
25%
3
ranking 34
34%
2
ranking 15
15%
1
ranking 7
7%

7%

93%

Camila
cadastrou em:
14/05/2010 15:56:37