Mulheres de Cabul

Mulheres de Cabul Harriet Logan


Compartilhe


Mulheres de Cabul





O livro Mulheres de Cabul , da premiada fotógrafa inglesa Harriet Logan, amplia, de maneira mais realista, o universo afegão e apresenta uma reportagem viva, emocionante, quase inacreditável, que supera qualquer ficção. Harriet visitou o Afeganistão para ouvir e fotografar dezenas de mulheres durante o regime do Taleban e depois dele. Durante o regime do Taleban, de setembro de 1996 a outubro de 2001, as mulheres do Afeganistão foram submetidas a absurdas leis repressoras, como não poder trabalhar fora nem freqüentar escolas. Era proibido rir em público, ouvir música, empinar pipas, e fotografias eram consideradas formas de idolatria. Foi nesse mundo de trevas que Harriet Logan mergulhou em busca de histórias e imagens humanas e dolorosas, a convite da London Sunday Times Magazine, em dezembro de 1997, quinze meses depois que o Taleban havia assumido o controle do Afeganistão. Era uma missão perigosa, mas o risco valeu a pena, como se pode confirmar nas páginas de Mulheres de Cabul .

Edições (1)

ver mais
Mulheres de Cabul

Similares

(5) ver mais
Infiel
A caminho de Cabul e Bagdá
Mulheres que não sabem chorar
Caravanas

Resenhas para Mulheres de Cabul (39)

ver mais
on 19/6/20


Neste livro, somos apresentados a relatos de mulheres sobre duas épocas no Afeganistão: 1997, durante o regime repressor do Taleban, e em 2001, depois da derrota do Taleban. A fotógrafa Harriet Logan reuniu todos os depoimentos dessas mulheres, fazendo um ótimo trabalho, não só nas entrevistas, quanto nas fotos que foram tiradas. Algumas das vezes, ela tinha que tirar as fotos sem olhar para a lente, pois enquanto estava no Afeganistão em 1997, fotografias e retratos eram proibidos. A... leia mais

Estatísticas

Desejam111
Trocam15
Avaliações 3.9 / 732
5
ranking 33
33%
4
ranking 35
35%
3
ranking 27
27%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

10%

90%

Pedro
cadastrou em:
07/01/2009 16:07:43