O olho da rua

O olho da rua Eliane Brum


Compartilhe


O olho da rua


Uma repórter em busca da literatura da vida real




Se fosse apenas uma coletânea de reportagens, O olho da rua – uma repórter em busca da literatura da vida real seria uma viagem vertiginosa por um Brasil desconhecido mesmo quando está logo ali, virando a esquina. Com 20 anos de jornalismo, a gaúcha Eliane Brum tornou-se conhecida por um olhar original sobre a realidade, que carrega o leitor para as camadas ocultas pela banalidade cotidiana. As dez reportagens escolhidas – cinco delas urbanas, quatro na Amazônia e uma sobre a geografia íntima da autora – revelam as qualidades que deram à jornalista quase 40 prêmios de reportagem no Brasil e no exterior: um ângulo sempre surpreendente, a apuração rigorosa e uma narrativa tão rica em detalhes que o leitor a lê com o prazer de uma ficção.







O percurso começa por um nascimento nos confins da Amazônia, pelas mãos de parteiras da floresta, e se encerra com uma morte em São Paulo, quando Eliane testemunha os últimos 115 dias de vida de uma merendeira de escola. Pelo caminho, o leitor descobre o Povo do Meio, um punhado de brasileiros desconhecidos do próprio Brasil. Enreda-se nos romances arrojados dos vira-latas da Brasilândia. É apresentado às putas que gozam do garimpo do Zé Capeta. E embarca numa espantosa viagem pelo interior do corpo da jornalista, entre outras histórias extraordinárias.







A narrativa da vida real de Eliane Brum, marcada pela delicadeza mesmo nos temas mais duros, captura a atenção do leitor na primeira frase e o leva até o ponto final. Mas, em seu terceiro livro, Eliane vai ainda mais além. Ela faz também uma reflexão sobre o ofício de repórter. E o faz com a sinceridade (e um certo despudor) que caracteriza sua prosa. Para cada reportagem, a jornalista escreveu um texto inédito sobre os dilemas que enfrentou, as escolhas que fez e os erros que cometeu. O resultado é uma análise profunda do exercício do jornalismo, feita por uma repórter conhecida pela ousadia de seus temas.







O olho da rua revela-se uma leitura deliciosa para todos aqueles que gostam de boas histórias e não temem o absurdo da realidade. E uma aula de jornalismo para quem quer se tornar repórter – ou mesmo para quem já é, mas acredita que a prática da profissão exige reflexão constante.

Edições (2)

ver mais
O Olho da Rua
O olho da rua

Similares

(2) ver mais
A vida que ninguém vê
Corações de Asfalto

Resenhas para O olho da rua (17)

ver mais
Uma aula sobre o jornalismo e sobre a vida
on 12/3/10


Poucas vezes vi uma narrativa como a da Eliane Brum. Genial é pouco para descrevê-la. Sua narrativa é leve, fácil, rápida de ser lida. Tem um ritmo tão bom que às vezes é preciso voltar para absorver a profundidade e a beleza da frase. E como esse livro tem frases assim! Seus personagens são tão caricatos que não parecem reais. Eliane Brum sabe retratar as pessoas de um modo único, que faz delas personagens que seriam inverossímeis em um romance, como ela mesma salienta. É fantást... leia mais

Vídeos O olho da rua (1)

ver mais
O olho da rua - Eliane Brum: COMENTÁRIO

O olho da rua - Eliane Brum: COMENTÁRIO


Estatísticas

Desejam206
Trocam1
Avaliações 4.7 / 334
5
ranking 75
75%
4
ranking 19
19%
3
ranking 6
6%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

23%

77%

Renê
cadastrou em:
16/01/2009 12:01:54