O pato, a morte e a tulipa

O pato, a morte e a tulipa Wolf Erlbruch


Compartilhe


O pato, a morte e a tulipa





Prêmio Hans Christian Andersen pelo conjunto da obra, o alemão Wolf Erlbruch dá sequência, neste lançamento, às suas inquietações sobre o nosso lugar no mundo. Se em A grande questão procurava respostas para "por que viemos ao mundo?", em O pato a morte e a tulipa questiona "para onde vamos" por meio de uma amizade incomum. Se dizem que a morte nunca atrasa, o autor nos mostra que, ao conhecer e se encantar com um pato, ela perde a noção do tempo e até desfruta um pouquinho da vida. O pato a ensina a mergulhar no lago, subir em árvores e tirar uma soneca. E onde a tulipa entra nesta história? A resposta cabe ao leitor.

Edições (1)

ver mais
O pato, a morte e a tulipa

Similares

(7) ver mais
Vozes no Parque
Uniforme
Acordais
Chapeuzinho Vermelho

Resenhas para O pato, a morte e a tulipa (7)

ver mais
Doce e suave, a morte faz parte da vida.
on 17/10/20


Nessa história a morte tão temida por nós, a maior ruptura que pode haver em nossas vidas é amiga, algo que se pode abraçar quando estiver com frio nos últimos momentos da vida, uma parte e sequencia da nossa trajetória. Para pensar: antes de ler a história para os meus alunos de 5 anos moradores do extremo sul da periferia de São Paulo perguntei se eles sabiam oque era a morte, um aluno respondeu: '' A morte é quando a polícia leva''.... leia mais

Estatísticas

Desejam59
Trocam1
Avaliações 4.6 / 206
5
ranking 73
73%
4
ranking 19
19%
3
ranking 6
6%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

22%

78%

guimacoli
cadastrou em:
21/09/2009 10:05:47