O rio de heráclito

O rio de heráclito Sérgio Schaefer

Compartilhe


O rio de heráclito





O filho de um fazendeiro desiste da vida campeira, arrebanha um diploma de filosofia e torna-se professor desse saber que teve seu desenrolar grego a partir dos pré-socráticos. Apenas formado, casa com uma professorinha de matemática de nome Sofia. É então que a vida dos dois começa a balançar ao ritmo da dialética do rio de Heráclito.

Segundo o sábio Heráclito, as mudanças parecem ser o fluir impetuoso, ondulante e interminável de um rio. As águas que correm podem desparadigmatizar qualquer coisa. Inclusive, casamentos.

De fato, Heráclito está bem satisfeito: aquele casamento acaba e o professor de filosofia encaminha sua vida para uma síntese, que tem o nome Filomena, uma colega do departamento de psicologia da universidade.

Nosso mundo sublunar é feito de constantes mudanças. Per omnia saecula saeculorum et sacco saccorum.

Edições (2)

ver mais
O rio de heráclito

Similares


Resenhas para O rio de heráclito (1)

ver mais
on 17/7/11


Não se trata de um livro ruim, mas o que complica a leitura é o excesso de regionalismos e, principalmente, de neologismos. Só para citar alguns: lucilábios, desmomento, raivolético, mentalcerebralino, existenciálico, abstratoso!!! Não há parágrafos sem essas palavras, digamos, diferentes. Narra a história de um professor de filosofia e sua aventuras (ou seriam desventuras?) amorosas. Muitas referências a Heráclito (como não poderia deixar de ser devido ao título), Sartre, Freud e out... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.0 / 2
5
ranking 0
0%
4
ranking 0
0%
3
ranking 100
100%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

75%

25%

M. Scheibler
cadastrou em:
17/07/2011 19:28:57