Pátria Amada

Pátria Amada Robert Harris




Pátria Amada





O livro baseia-se na seguinte premissa: “E se Hitler tivesse ganho a Segunda Guerra Mundial?”. A história leva-nos ao ano de 1964, à véspera do 75º aniversário do Führer Adolf Hitler. O corpo de um homem idoso é encontrado num lago em Berlim e o detective (e personagem principal) Xavier March, que trabalha para a “Kripo” - Kriminalpolizei (Polícia de Investigação de Crimes), está encarregue do caso. Rapidamente descobre que se trata do corpo de Josef Bühler, um Nazi importante no partido, e está à beira de desvendar um escândalo político: Com a ajuda de uma jornalista americana do New York Times, Charlie Maguire, March descobre ao longo da sua investigação que várias pessoas de altos cargos, que estiveram presentes na Conferência de Wannsee em 1942 (entre eles Josef Bühler) foram assassinadas ou morreram em circunstâncias bizarras ao longo dos anos. March e Maguire descobrem também detalhes sobre o holocausto (que com a vitória alemã na Segunda Guerra Mundial, não é divulgado).



Descrição retirada da Wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Fatherland


Edições (1)

ver mais
Pátria Amada

Similares

(19) ver mais
Fatherland
SS-GB
O Sonho de Ferro
O Homem do Castelo Alto

Resenhas para Pátria Amada (3)

ver mais
O que poderia ter sido?
on 9/5/11


O livro é uma obra-prima de imaginação. É quase difícil de acreditar que seja o primeiro romance escrito por Harris, que ao longo dos anos foi se especializando em ficção histórica e tramas políticas. É uma interessante reflexão sobre o que teria acontecido com o mundo caso os alemães tivessem vencido a Segunda Guerra. Que história teria sido escrita por esses outros vencedores, como seria uma Berlim grandiosa em 1964, às vésperas do 75o. aniversário do Führer? Um thriler inteligente e... leia mais

Estatísticas

Desejam23
Trocam1
Avaliações 4.2 / 41
5
ranking 49
49%
4
ranking 32
32%
3
ranking 15
15%
2
ranking 5
5%
1
ranking 0
0%

66%

34%

jota
cadastrou em:
19/01/2009 15:48:07