Peregrinos

Peregrinos Elizabeth Gilbert


Compartilhe


Peregrinos





A antologia de contos de Elizabeth Gilbert, Peregrinos, chama a atenção pela riqueza de lugares e dos tipos humanos descritos. Todos, em comum, se encontram em situações de transitoriedade em meio à busca acirrada por suas descobertas individuais. Em seu debut literário de 1997, a autora do best-seller Comer, rezar, amar (Objetiva) apresenta uma narrativa direta, que introduz o leitor de imediato no cerne das tramas e deixa em aberto os desfechos.

As doze breves histórias que compõem o livro são marcadas por diálogos curtos e os personagens se apresentam em recortes instantâneos. As narrativas ambientam-se nos mais diferentes cenários dos Estados Unidos e mesclam situações que vão do corriqueiro ao bizarro, pautadas por uma pitada de humor e redenção.

Na história que dá título ao livro, uma garota durona da costa leste desafia um caubói do oeste a fugir com ela. Em O famoso truque do cigarro aceso e cortado que reaparece inteiro, uma família de imigrantes húngaros luta por redenção em Pittsburgh. Já em No mercado central de hortaliças do Bronx, um trabalhador ingênuo dedica-se a uma questão de honra trágica e impossível: acredita que pode concorrer à presidência de um sindicato controlado por uma quadrilha de criminosos.

O livro foi escolhido pelo New York Times como um dos títulos notáveis de 1997 e finalista do prêmio PEN/Hemingway. O conto Peregrinos chegou inclusive a ser publicado na prestigiada revista literária Esquire, em 1993, sendo Gilbert apresentada na ocasião com o subtítulo: A estreia de uma escritora norte-americana.

Contos / Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Peregrinos

Similares

(2) ver mais
Comprometida
Sobre homens e lagostas

Resenhas para Peregrinos (6)

ver mais
on 25/6/11


Como o próprio título dá a entender, o livro apresenta contos com personagens que estão “só de passagem”. Cada história se apresenta como se fosse um recorte, um “curta-metragem” da vida de alguém ou de um pequeno grupo de pessoas. Sem se valer de muitas descrições, a autora conseguiu me transportar para cada conversa, como se eu estivesse “espiando” tudo, torcendo pra alguém ou alguma coisa, mas tivesse que ir embora sabendo que a vida daquelas pessoas ainda ia continuar e eu não sabe... leia mais

Estatísticas

Desejam32
Trocam12
Avaliações 2.9 / 85
5
ranking 11
11%
4
ranking 21
21%
3
ranking 32
32%
2
ranking 26
26%
1
ranking 11
11%

16%

84%

Camila
cadastrou em:
24/05/2011 13:30:30
Jenifer
editou em:
02/09/2019 22:56:04