Planos de fuga

Planos de fuga Tarso de Melo


Compartilhe


Planos de fuga


e outros poemas




O autor começou grampeando domesticamente reuniões de seus poemas, que circulavam entre amigos. Interessado nas músicas da banda The Doors, leu uma biografia do líder Jim Morrisson e daí seguiu para Mallarmé, Rimbaud e outros poetas. Hoje, Tarso de Melo, um dos editores da revista de poesia Cacto, é considerado uma das grandes revelações da poesia brasileira atual. Planos de fuga apresenta um poeta maduro, que já se encontrava, em parte, em seu livro anterior, Carbono. Nos dezesseis fragmentos em prosa que formam essa primeira parte do volume, encontramos a ideia da repetição dos dias, "como os ponteiros voltando rápido ao mesmo ponto". Há, ainda, "Outros poemas", que tratam do cotidiano emparadedo do homem de classe média; uma série de poemas regularmente composto em tercetos; e "7 x 2 (Drummond em retrato)", com poemas em homenagem ao poeta mineiro, feitos em parceria com Eduardo Sterzi.


Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Planos de fuga

Similares

(11) ver mais
Sons: Arranjo: Garganta
a cadela sem Logos
Poesia Total
Caveira 41

Estatísticas

Desejam3
Trocam1
Avaliações 3.8 / 7
5
ranking 14
14%
4
ranking 71
71%
3
ranking 0
0%
2
ranking 14
14%
1
ranking 0
0%

64%

36%

Alysson
cadastrou em:
06/03/2012 23:33:55
Jenifer
editou em:
24/11/2015 14:57:49