Roleta russa

Roleta russa Giovana Madalosso


Compartilhe


Roleta russa


(Formas Breves)




“E a sete palmos, o fim, mas também o começo. O apodrecimento, lento, até os vermes comerem toda a carne, deixando só dois pares de próteses – um do peito, outro da bunda – inteirinhos dentro do caixão. Quatro saquinhos de plástico, parcelados em seis vezes sem juros. Restos de um banquete que não engole a mentira. Até o dia em que um coveiro, procurando espaço para outros defuntos, abrir o caixão e olhar para os saquinhos e pensar: que porcaria é essa, sô?. Engraçado como a vida faz questão de humilhar a gente, mesmo depois que a gente já está morto.”

Giovana Madalosso constrói uma narrativa onde a diversão e a crueldade dançam tango. Um conto profundo sobre como a vida é um passo para a morte. Madalosso é contista e roteirista. Vive em São Paulo.

Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.

Contos / Literatura Brasileira

Edições (1)

ver mais
Roleta russa

Similares

(2) ver mais
A teta racional
Tudo pode ser roubado

Estatísticas

Desejam9
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.0 / 2
5
ranking 50
50%
4
ranking 0
0%
3
ranking 50
50%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

25%

75%

Leninha
cadastrou em:
26/02/2015 17:51:12