Sem lugar para se esconder

Sem lugar para se esconder Glenn Greenwald


Compartilhe


Sem lugar para se esconder


Edward Snowden, a NSA e a Espionagem do Governo Americano




Em meados de 2013, o jornal britânico The Guardian publicou uma série de matérias que desvendavam a vigilância ilimitada praticada pela NSA, a Agência de Segurança Nacional norte-americana. As reportagens, assinadas pelo ex-advogado e jornalista Glenn Greenwald, revelaram ao mundo que a inteligência do país estava espionando em larga escala não só as comunicações domésticas, mas também as de outros países, inclusive os aliados.
As denúncias suscitaram um longo debate global, ainda em curso, sobre o direito à privacidade e o alcance da vigilância governamental. Neste livro, Greenwald conta, desde o início, como foi escolhido por Edward Snowden para ser o receptor dos dados confidenciais que formaram o escopo de seu trabalho jornalístico.
Além de falar sobre o período que passou com Snowden, ex-prestador de serviços da NSA que se tornou um dos delatores mais célebres da história moderna, o autor reflete sobre o papel que a mídia desempenha no jornalismo atual, alinhando-se aos interesses dos governos em detrimento dos cidadãos. Trata também das consequências, para a democracia, de um programa de supervisão ininterrupta e irrestrita de pessoas, empresas e governos.
Greenwald ainda revela novas informações sobre o abuso de poder da NSA e propõe medidas para conter o alcance aparentemente inflexível dos aparatos de vigilância norte-americanos.
Em maio de 2013, Glenn Greenwald partiu para Hong Kong ao encontro de uma fonte anônima que afirmava ter provas espantosas da espionagem generalizada conduzida pelo governo americano e que fazia questão de só se comunicar por meio de pesadas ferramentas de criptografia.
Posteriormente, essa fonte se identificou como Edward Snowden, de 29 anos, funcionário terceirizado da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA). Suas revelações sobre o alcance amplo e sistemático da vigilância da NSA, após serem detalhadas por Greenwald em reportagens para o jornal The Guardian, se tornaram uma das notícias mais explosivas e importantes da história mundial recente, suscitando um violento debate sobre segurança nacional e privacidade de informações.
Enquanto as discussões seguem acaloradas e o governo dos Estados Unidos considera diversas propostas de reforma, está claro que ainda precisamos refletir sobre o verdadeiro impacto das revelações de Snowden.
Neste livro, Greenwald apresenta, pela primeira vez, todas as peças da história. Aqui ele narra sua eletrizante estadia de dez dias em Hong Kong, analisa as implicações mais profundas da implacável vigilância norte-americana e revela, com documentos inéditos que lhe foram confiados pelo próprio Snowden, novas informações sobre o abuso de poder sem precedentes da NSA.
Indo além dos detalhes sobre a agência, o autor também faz uma crítica às empresas de mídia, denunciando sua postura habitual de evitar o jornalismo crítico, optando por não falar sobre a incapacidade do governo em servir aos interesses da população.
Por fim, ele questiona o que significa, tanto para os indivíduos quanto para a saúde política de um país, o fato de um governo bisbilhotar de forma tão invasiva a vida dos próprios cidadãos. Considera, ainda, que proteções e formas de supervisão são necessárias para resguardar a democracia na era digital.
Publicado em um momento marcante da história dos Estados Unidos, Sem lugar para se esconder é uma contribuição destemida, incisiva e essencial à nossa compreensão do estado de vigilância norte-americano.

Informática e Tecnologia / Biografia, Autobiografia, Memórias / Crime / Internet / História

Edições (1)

ver mais
Sem lugar para se esconder

Similares

(12) ver mais
Os Arquivos Snowden
WikiLeaks
O poder dos casais que oram juntos
Cypherpunks

Resenhas para Sem lugar para se esconder (12)

ver mais
Revelador, emocionante e inspirador
on 17/6/14


Incrível! Realmente não sei como descrever esse livro. Não o livro, mas Snowden, um ser inspirador. Abandonar tudo o que tinha de mais precioso, para revelar crimes contra a humanidade cometidos pela maior potência do planeta me fez pensar no que eu estou fazendo para lutar contra inimigos menores, onde a perda será infinitamente menor do que aqueles que Snowden está tendo. ... leia mais

Estatísticas

Desejam135
Trocam3
Avaliações 4.1 / 203
5
ranking 39
39%
4
ranking 35
35%
3
ranking 23
23%
2
ranking 3
3%
1
ranking 0
0%

52%

48%

bellafarias
cadastrou em:
25/04/2014 10:16:51
Ivanílson
editou em:
21/05/2015 17:21:07