Um Conto de Natal

Um Conto de Natal Charles Dickens


Compartilhe


Um Conto de Natal





"Um Conto de Natal" do britânico Charles Dickens (1812-1870) é uma das histórias mais famosas da literatura ocidental. O enredo nos traz a figura de Ebenezer Scrooge, um avarento homem de negócios londrino, rabugento e solitário, que não demonstra um pingo de bons sentimentos e compaixão para com os outros. Scrooge não deixa que ninguém se aproxime e rompa a sua dura carapaça, preocupando-se apenas com os negócios, o dinheiro e os lucros. No anoitecer frio da véspera natalina, ele é visitado pelo fantasma de Jacob Marley (seu antigo sócio comercial, morto há sete anos) que o repreende e anuncia que Scrooge se prepare, pois será visitado por três espectros do seu próprio passado, presente e futuro... A história da redenção do velho Scrooge vêm comovendo adultos e crianças de todas as épocas.

A história foi escrita entre Outubro e Novembro de 1843, para ser publicada em um livro (produzido e editado por Dickens, com ilustrações de John Leech) em Dezembro do mesmo ano; formato que também foi serializado em capítulos de jornal. O enredo é familiar a todos: foi filmado várias vezes e televisionado; adaptado para o teatro e para crianças. Transformado em desenho animado e HQs. A figura e o personagem de Scrooge teve vários descendentes literários, um dos mais célebres é o Tio Patinhas de Walt Disney: "Uncle Scrooge McDuck" em inglês.

Literatura Estrangeira / Contos / Infantojuvenil

Edições (26)

ver mais
Uma canção de Natal
Um conto de natal
Um Conto de Natal
Um Cântico de Natal

Similares

(97) ver mais
O Homem e o Espectro
Cântico de Natal / Os Carrilhões
Três Espíritos do Natal
Esquecer o Natal

Resenhas para Um Conto de Natal (587)

ver mais
Resenha de Um Conto de Natal
on 8/9/20


Apesar de ter como essência o nascimento de Jesus Cristo, o natal, talvez o mais famoso dia comemorativo ao lado do ano novo, surgiu de uma cultura pagã a qual foi absorvida pelo cotidiano romano no século IV (antes, 25 de dezembro era destinado à comemoração do “nascimento do sol invencível”, em homenagem ao deus Mitra, da Pérsia). Por conta disso, nos séculos XV e XVI, tal data passou a ser vista com maus olhos pelos puritanos (religião protestante crescente na Inglaterra àquela époc... leia mais

Estatísticas

Desejam1.014
Trocam47
Avaliações 4.3 / 6.656
5
ranking 49
49%
4
ranking 36
36%
3
ranking 13
13%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

22%

78%

Thiago Dantas
cadastrou em:
08/01/2009 17:29:59
orffeus
editou em:
18/07/2020 23:38:11