Uma Artista do Homem

Uma Artista do Homem Idalia Morejón Arnaiz


Compartilhe


Uma Artista do Homem





"Uma artista do homem" são dois romances diferentes: um romance familiar e um romance de época. Muitas vezes romance de uma geração, romance-charada, que constrói umas condições particulares de leitura: ao aparecer publicado, interroga ao leitor sobre "quem é quem". Converte o leitor em um voyeur, pois não está lendo uma história mascarada, uma história que se oculta, que se diz e ao mesmo tempo não se diz. Tem um ar de história proibida, o sabor e a precária satisfação da intriga incompleta. O leitor do roman à clef é um cúmplice. Uma artista... é também um romance político, o romance de uma aventura acossada e vigiada... o romance político perfeito, que não subordina os acontecimentos de uma vida aos avatares do acaso histórico.

Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Uma Artista do Homem

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 0 / 0
5
ranking 0
0%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

0%

0%

Mari
cadastrou em:
02/11/2018 11:22:26