a vida por um fio

a vida por um fio
3.50385 260



Resenhas - A Vida por um Fio


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Babi 08/07/2015

Resenha do blog "Myself here".
No livro, conhecemos Denis, que infelizmente é usuários de drogas, e deve ser por esse motivo que o mundo e a vida tenha se tornado uma verdadeira brincadeira para ele, onde ele não leva nada a sério.
Na minha opinião, isso só foi piorar com a separação de seus pais, pois teve que sair da sua total zona de conforto, onde era cercado de luxo, piscina, viagens, amigos que infelizmente, na minha opinião não são amigos de verdade. E agora, teve que ir morar com sua mãe, e com sua irmã Gabi em uma das áreas mais carentes, a Cohab (Conjunto Habitacional).
Sua mãe até tentou evitar de tirá-los tão bruscamente assim da vida que levavam, tentou manter o colégio particular que estudavam, tentou manter pelo menos um pouco da moradia em que viviam, mas conforme o tempo, o dinheiro foi acabando e eles tiveram que largar tudo de vez.
Ela começou a dar aulas em escolas publicas, a Gabi estudando muito com a ideia de poder melhorar a vida da sua família, e Denis continuava nem aí para a vida e nem se importava do que estava acontecendo a sua volta, ou até se importava, mas o efeito das drogas o livrava de todos esses pensamentos ruins, e com ela o afetando por dentro, ele poderia viver em um mundo só seu.
A cada dia mais ele se afundava nas drogas, experimentando todos os tipos dessa "praga", por influencia de Natinho e Cabeção, mas na verdade, ninguém é influenciado, faz as coisas porque quer, então ele mesmo acabou estragando a sua própria vida.
Em uma das viagens que ele fez com Natinho e Cabeção para a praia ele conheceu a Nina, e depois disso ele pensou que sua vida iria mudar, já que nunca tinha sentido por nenhuma garota o que ele estava sentindo naquele momento por ela, seu coração batendo mais forte, e na sua mente, todos os pensamentos positivos ao lado dela.

Mas apesar de tudo isso, ele começa a se afundar cada vez mais nas drogas, começando então a roubar sua própria mãe a agredir sua própria irmã. E isso foi o fim da picada na vida dele, e onde tudo começa realmente a acontecer.

Como isso é uma resenha eu não posso dar spoilers, mas eu só digo uma coisa: o livro inteiro é contado pelo Denis através de lembranças que ele tem quando está internado em uma clínica de recuperação...

site: http://myself-here1.blogspot.com.br/2015/04/resenha-vida-por-um-fio-alvaro-cardoso.html
comentários(0)comente



Pathfaen 04/07/2015

É legal...
ainda lembro quando julguei pela capa. ainda lembro quando a professora me obrigou a ler... Não me arrependo da leitura, mas ainda não gosto da professora rsrs
Uma boa leitura.
comentários(0)comente



Dinah 25/05/2015

Perfeição!
Esse livro me tirou do chão e me transportou para uma outra dimensão, foi um marco na minha vida de leitora!
comentários(0)comente



Cathi 10/06/2013

A Vida por um Fio
Como Álvaro Carodoso Gomes foi um dos primeiros autores que me incentivou a ler, quando vi esse livro na estante de um amigo, resolvi ler.
É o tipo do livro que se lê em meia horinha e mesmo assim da para aprender muito com ele, nos mostra a realidade nas drogas, o que perdemos ao nos viciarmos nela, enfim, como a vida vira uma tragédia a partir do momento que a droga passa a fazer rotina na nossa vida.
Eu sei bem como é conviver com alguém que é viciado, e é uma das piores coisas que pode existir, por isso gostei muito do livro.
O autor retrata tudo de forma leve e realista, como em todos seus outros livros que li e ainda pretendo ler se tiver oportunidade.
Recomendo.
comentários(0)comente



taynara 03/06/2013

Demais!
Esse livro, é maravilhoso, conta sobre um home que é viciado em drogas, mas abandona tudo pela ''esposa'', que luta diariamente, contra si próprio e contra as suas vontades, é um livro maravilho, pequeno...mas muito bom!
comentários(0)comente



Guinho 20/03/2012

Perfeito! Livro muito bem feito e bastante emocionante.
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6



logo skoob
"Diferentemente das redes de relacionamento pessoal, o que importa no site não são as fotos dos usuários ou para que time eles torcem, e sim o que merece ou não ser lido."

Estadão