A Casa Dourada

A Casa Dourada Salman Rushdie


Compartilhe


A Casa Dourada





O retorno triunfante de Salman Rushdie ao realismo, em um épico moderno sobre amor e terrorismo, perda e reinvenção. No dia da posse de Barack Obama, um bilionário enigmático chega do estrangeiro para se instalar em uma joia arquitetônica que fica na comunidade fechada do Greenwich Village. O bairro é uma bolha dentro da bolha de Manhattan, e a vizinhança logo fica intrigada com o excêntrico recém-chegado e sua família. Com seu nome inusitado, sotaque indecifrável e envolto em uma névoa de perigo, Nero Golden trouxe consigo seus três filhos adultos: Petya, sujeito alcóolatra, recluso e torturado; Apu, o artista extravagante, famoso por sua fome pansexual e espiritual; e D., o caçula de 22 anos, que guarda um segredo explosivo. Não há mãe e não há esposa, até que surge Vasilisa, uma atraente expatriada russa que captura o coração do septuagenário Nero, tornando-se sua rainha. O narrador é René, um cineasta jovem e ambicioso, vizinho de Nero e espécie de guia para seu mundo. Com o propósito de fazer um filme sobre os Golden, ele dá um jeito de cair nas graças da família. Seduzido pela mística deles, acaba inevitavelmente envolvido nas disputas, infidelidades e, por fim, até nos crimes. Enquanto isso, como uma piada de mau gosto, um vilão que parece saído dos quadrinhos entra numa acirrada corrida pela presidência dos Estados Unidos, deixando a cidade em polvorosa. O romance é uma história muito oportuna para o momento de trevas em que vivemos, contada com a ousadia e a exuberância características da prosa de Rushdie. “Uma espécie de O grande Gatsby dos nossos tempos: todos estão implicados, ninguém é inocente e ninguém escapa ileso.” — Kirkus Reviews

Ficção / Romance

Edições (2)

ver mais
A casa dourada
A Casa Dourada

Similares

(6) ver mais
The Golden House: A Novel
La Maison Golden
Os filhos da meia-noite
Haroun e o mar de histórias

Resenhas para A Casa Dourada (3)

ver mais
Não entrega o que promete
on 20/10/20


O que me atraiu a ler este livro foi a fama do autor e a sinopse, que promete uma estória movimentada, com toques de intriga, suspense, mistério e discussões políticas. Entretanto, não é bem assim. A trama é superficial e o final previsível. Há uma excesso de referências que vão desde arte clássica, filosofia, até música pop e filmes de super-herói. Praticamente uma referência por página, numa espécie de auto-promoção do vasto conhecimento cultural do autor. Os destaques positivos fica... leia mais

Estatísticas

Desejam30
Trocam1
Avaliações 4.1 / 28
5
ranking 36
36%
4
ranking 43
43%
3
ranking 18
18%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

34%

66%

Srta. Oliver
cadastrou em:
14/07/2018 16:47:34
edu basílio
editou em:
04/05/2023 00:49:19

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR