A Freira Sangrenta do Mosteiro de Santa Catarina

A Freira Sangrenta do Mosteiro de Santa Catarina T. I. Horsley Curties


Compartilhe


A Freira Sangrenta do Mosteiro de Santa Catarina (Raridades do Conto Gótico #4)





O primeiro clube de assinaturas da Editora Sebo Clepsidra oferece à comunidade de aficionados pela literatura gótica a oportunidade de ampliação de seu repertório por meio de leituras coletivas de noveletas e contos inéditos no Brasil.

(IMPORTANTE: Esta narrativa é a continuação do volume anterior da coleção: As Ruínas da Abadia de Fitz-Martin)

Além de trazerem noveletas e contos avulsos, os chapbooks e bluebooks muitas vezes traziam antologias de narrativas góticas. Entre essas antologias, uma das mais exemplares foi Romances and Gothic Tales (1801), que reunia seis narrativas publicadas anonimamente em um panorama da literatura gótica ideal para aqueles que se iniciavam nesse arquitexto. Editada por Ann Lemoine, um dos pilares da indústria dos bluebooks, essa antologia traz o fato curioso de reproduzir em seus dois primeiros contos a estratégia das narrativas emolduradas (enquadradas dentro de uma narrativa-moldura) tão comuns em romances góticos como O Monge (1796) e Manuscrito Encontrado em Saragoça (1805). O primeiro deles, que ofereceremos em janeiro como o terceiro livreto da coleção Raridades do Conto Gótico, é intitulado “The Ruins of the Abbey of Fitz-Martin”, que narra a mudança de uma família e seus empregados para as ruínas herdadas por seu patriarca. Tanto a viagem quanto a entrada nesse local e sua consequente exploração são uma verdadeira aula da construção do locus horrendus ou locus terribilis, com seu mergulho na noite, as tentativas de arrombamento de portões enferrujados, corredores tomados por teias e a descoberta de masmorras que são verdadeiros ossários. O segundo conto, “The Bleeding Nun of St. Catherine’s”, utiliza-se do expediente muito comum de emular o texto de um manuscrito antigo, e será nesse documento, lido por uma personagem do primeiro conto, que o passado assombroso da abadia ganha vida. O título faz uma óbvia alusão á personagem de Johann Karl August Musäus, que havia sido baseada em uma lenda e incluída no conto “O Rapto” (1786), e que posteriormente foi popularizada pela inclusão desse conto no célebre romance de Matthew Gregory Lewis. Para o leitor do início do século XIX, isso deixava claro sua filiação ao gótico terrífico. Embora constem como obras separadas no sumário de Romances and Gothic Tales, trata-se de um exemplo perfeito de como as narrativas emolduradas se retroalimentam e se ressignificam. A inclusão de "As Ruínas da Abadia de Fitz-Martin" em nosso clube, portanto, oferece uma amostra do tipo de enredo que circulava nas antologias góticas vendidas como bluebooks, do trabalho desenvolvido na criação do “espaço gótico” e de como essas histórias davam margem para a criação de conexões transtextuais com outras obras.

Ao pesquisar mais a fundo os textos, descobrimos que os dois primeiros contos da antologia Romances and Gothic Tales são excertos (levemente editados) do romance Ancient Records (1801), de Thomas Isaac Horsley Curties (às vezes creditado como T. J. Horsley Curties).

Literatura Estrangeira / Terror

Edições (1)

ver mais
A Freira Sangrenta do Mosteiro de Santa Catarina

Similares

(15) ver mais
O Convento de Santa Clara
O Holandês Voador
As Ruínas da Abadia de Fitz-Martin
A Garrafa de Santo Antão

Resenhas para A Freira Sangrenta do Mosteiro de Santa Catarina (9)

ver mais
on 7/6/21


aqui temos a continuação do conto "as ruínas da abadia de fitz-martin", justamente o manuscrito encontrado na masmorra ao fim do livreto anterior. uma leitura mais angustiante, "a freira sangrenta do mosteiro de santa catarina" revela o terrível destino da irmã anna, que sofreu torturas, violências, tristezas e muitos infortúnios na sua vida, o que acaba explicando e mudando nossas perspectivas sobre o conto anterior, além de nos fazer compadecer da personagem e entender o motivo de el... leia mais

Vídeos A Freira Sangrenta do Mosteiro de Santa Catarina (1)

ver mais
A Freira Sangrenta do Mosteiro de Santa Catarina (1801), de T. I. Horsley Curties (RCG v 4)

A Freira Sangrenta do Mosteiro de Santa Catar


Estatísticas

Desejam2
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.4 / 45
5
ranking 58
58%
4
ranking 36
36%
3
ranking 7
7%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

33%

67%

Fi Travanca
cadastrou em:
29/01/2021 00:50:33
Nicolly RS
editou em:
01/02/2021 21:40:35

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR