A Indomável

A Indomável Lisa Pinheiro


Compartilhe


A Indomável





Ela é uma CEO ácida e dona de si, ele é um arquiteto bronco que está à beira da falência.

"Eles são iguais e o mais perfeito oposto também."

Magnólia Castejón é CEO do o grupo Unique cervejaria, ácida, as vezes egoísta e frequentemente grosseira. Se olhado de longe, Magnólia é o estereótipo de mulher rica e má, mas na realidade ela é muito mais do que os olhos podem ver.

A vida deu tudo a Magnólia: poder, dinheiro e amor. Ela era completa... até deixar de ser. Após a morte de seu marido, Magnólia vira um rascunho do que sempre foi, e nada que diz respeito a seus bens materiais e poder lhe interessam como antes. Até conhecer Augusto Ávila, que traz com ele algo que ela achava que tinha perdido: o desejo e o amor.
Ela se apaixona pelo Arquiteto rabugento à beira da falência. Magnólia finalmente começa a se dar uma nova chance, até que segredos são revelados, algo acontece e tudo desaba novamente em seus pés.

Ela não pode ser domada por homem algum, ele não pode ser domado por mulher alguma, e os dois irão se entregar a emoções que jamais sentiram antes.

Romance

Edições (1)

ver mais
A Indomável

Similares


Resenhas para A Indomável (4)

ver mais
Bom
on 26/6/22


Magnólia é uma CEO poderosa e cheia de atitude, entretanto carrega em seu coração algo que ninguém pode ver. Já Augusto, é um arquiteto falido que chega para bagunçar (ou seria) salvar, Mag da sua vida triste. Um casal improvável que é pura química e chega pra provar que, muitas vezes, mesmo em meio à mistérios e segredos, o amor é capaz de vencer e provar sua força ... leia mais

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.7 / 7
5
ranking 71
71%
4
ranking 29
29%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

0%

100%

Lisa Pinheiro
cadastrou em:
22/06/2022 16:26:46
Lisa Pinheiro
editou em:
22/06/2022 16:27:52

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR