A mãe

A mãe Maksim Górki


Compartilhe


A mãe (Coleção: Clássicos de Ouro)





Pélagué Nilovna vive na efervescente Rússia pré-revolução. Seu filho, Pavel, operário de uma fábrica, entende que seu tempo exige uma mudança social profunda, o que se apresenta a ele muito cedo. O jovem se aproxima do movimento revolucionário e acaba sendo deportado. Quando isso acontece, sua mãe, que vinha se alinhando aos ideais que motivavam o filho, toma sua parte na luta, em um exercício de força, empatia e humanidade.

Uma das obras mais fundamentais da literatura russa, A mãe faz de Górki o romancista de uma nova era, vislumbrada a partir de sua própria experiência. Além da apresentação de Marques Rebelo, esta edição conta com prefácio inédito do escritor e professor com pós-doutorado em literatura russa, Flávio Ricardo Vassoler.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (1)

ver mais
A mãe

Similares


Resenhas para A mãe (1)

ver mais
O pai da literatura soviética.
on 16/12/19


Em A Mãe, romance publicado em 1907, Máximo Gorki compõe uma obra simples, mas robusta. Singela na compreensão, desafiadora pelos discursos políticos inflamados em cada página. Ele utiliza-se das agouras vivenciadas para criticar o imperialismo, trabalhos forçados (escravidão assalariada) e a falta de mobilidade social. Características da Rússia Czarista, da qual fez parte. Constantemente, em forma de protesto, invoca a uma eventual Revolução, que aconteceria somente em 1917, nas 352 p... leia mais

Estatísticas

Desejam16
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.0 / 2
5
ranking 0
0%
4
ranking 100
100%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

38%

63%

João gregorio
cadastrou em:
07/10/2019 06:05:08
Jenifer
editou em:
22/10/2019 19:12:06