Ao Coração da Tempestade

Ao Coração da Tempestade Will Eisner


Compartilhe


Ao Coração da Tempestade





Em meio à Segunda Guerra Mundial, o jovem Willie recebe a convocação do exército americano. Durante a viagem de trem que faz para se juntar a seu batalhão, momentos marcantes da sua vida e da história de sua família passam pela janela. A morte de seu avô materno, que culminou na separação dos filhos dele, enviados para diferentes famílias e instituições. A vida de seu pai em Viena e a imigração para os Estados Unidos, onde passou de um aspirante a artista a um homem de negócios fracassado em plena Depressão. A convocação do próprio Willie, que interrompe uma carreira incipiente, porém promissora, como quadrinista.
A história da família de Willie confunde-se com a história dos judeus na América e na Europa na primeira metade do século XX - notadamente um dos períodos mais conturbados de nossa história -, quando predominava um sentimento geral de antissemitismo.
Ao coração da tempestade é considerado o trabalho autobiográfico mais importante de Will Eisner. Nele, o quadrinista usa seu grande talento para contar histórias e integra arte e diálogo como ninguém, criando uma HQ emocionante sobre temas tão universais e atuais como o preconceito e a intolerância.

“Fui criado na segurança dos Estados Unidos durante a formação da tempestade que culminou na Segunda Guerra Mundial. [...] Quando comecei a trabalhar neste livro, minha intenção era criar uma experiência ficcional concentrada apenas na construção daquele clima, mas no fim ela passou por uma metamorfose e se transformou em uma autobiografia quase escancarada.”

Edições (1)

ver mais
Ao Coração da Tempestade

Similares

(24) ver mais
Gen Pés Descalços
Gen Pés Descalços - O dia seguinte
Gen Pés Descalços - A vida após a bomba
Gen Pés Descalços: O Recomeço

Resenhas para Ao Coração da Tempestade (4)

ver mais
A Willie
on 7/8/14


Caro Willie, foi bom ter te conhecido. Foi diferente ter viajado a um passado distante e ter visto um mundo ainda em branco e preto, ou em tons de sépia pelos olhos de um judeu. Engraçado... Isso me parece ter sido a décadas e ainda é tão atual quanto as notícias do jornal. Tanta diferença entre as sociedades e tantas mentes ainda presas ao passado. Mas quero deixar aqui registrado também meu caro Willie; que já conseguimos emergir um pouco desse mar escuro que você construiu mais que ... leia mais

Estatísticas

Desejam80
Trocam1
Avaliações 4.5 / 218
5
ranking 60
60%
4
ranking 33
33%
3
ranking 6
6%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

58%

42%

Leo Ximenes
cadastrou em:
07/01/2011 10:19:49