Apelidos carinhosos são pessoais e intransferíveis

Apelidos carinhosos são pessoais e intransferíveis Guilherme Olí


Compartilhe


Apelidos carinhosos são pessoais e intransferíveis





Uma campanha dentro de um jornal nasce de uma conversa entre amigos que lá trabalham. E, mais do que conhecer a história por trás de apelidos carinhosos, veja como relatos alheios podem mudar a vida de Roberta e Pedro.
Este é um livro de histórias rápidas e leves, para se devorar em poucas horas ou para ler aos poucos!

Contos / Romance

Edições (1)

ver mais
Apelidos carinhosos são pessoais e intransferíveis

Similares

(10) ver mais
Remoto e Improvável
Fangirl
Anexos
Landline

Resenhas para Apelidos carinhosos são pessoais e intransferíveis (10)

ver mais
Amei esse livro!

Com uma rotina agitada numa redação de um jornal chamado Infor + Roberta (Beta) e Pedro Salazar, amigos inseparáveis, quebram a rotina bebendo uma gelada e se divertindo num bar próximo à redação chamado Coragem. ▫ Num dia Beta percebe que seu amigo está triste, na fossa, por ter terminado mais um relacionamento. ▫ E a partir dos términos de namoro do amigo ela tem uma brilhante idéia, a teoria sobre apelidos carinhosos. ▫ E os dois conversando ela pergunta se e... leia mais

Estatísticas

Desejam24
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.9 / 22
5
ranking 70
70%
4
ranking 30
30%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

9%

91%

Gui Olí
cadastrou em:
13/07/2017 13:29:48