As Aventuras de Tibicuera

As Aventuras de Tibicuera Erico Verissimo


Compartilhe


As Aventuras de Tibicuera (Coleção Catavento #65)


Que são também as aventuras do Brasil




[Pocket com ilustrações de Ernst Zeuner] - '(...) As aventuras de Tibicuera, contadas por ele próprio. O herói narra sua fabulosa viagem através do tempo, que começou numa taba tupinambá, antes de 1500, e terminou num arranha-céu de Copacabana em 1942'.' Assim Erico Verissimo apresenta sua versão da história nacional, publicada em 1937 com o objetivo de fazer frente ao nacionalismo ufanista do Estado Novo. Logo no início, o herói recebe dois presentes do pajé de sua tribo: o apelido Tibicuera, que significa “cemitério” em sua língua, e o segredo da eterna mocidade.

A posse desse segundo regalo lhe permite participar de episódios marcantes da história do Brasil. O índio está no litoral da Bahia quando Cabral aporta, em 1500. Participa da luta contra os franceses e os holandeses no Rio de Janeiro e em Pernambuco, e da defesa do Quilombo dos Palmares. Combate na Revolução Farroupilha e está presente nos eventos da Independência, bem como na agitação que marca a proclamação da República. Trata-se de uma mistura de fato e ficção que ensina, além de divertir, ao possibilitar que a história se desenrole - conforme diz Tibicuera - como “um romance de aventuras que se passa na Terra e tem como personagem principal a Humanidade"."

Aventura / Fantasia / Ficção / Ficção científica / História / História do Brasil / Infantojuvenil / Literatura Brasileira / Romance / Suspense e Mistério / Drama / Fábula / Jovem adulto

Edições (11)

ver mais
As Aventuras de Tibicuera
As Aventuras de Tibicuera
As Aventuras de Tibicuera
As Aventuras de Tibicuera

Similares

(41) ver mais
Cem Noites Tapuias
Viagem à Aurora do Mundo
Muiraquitã e a fúria do Anhangá
PABLO, O ÍNDIO

Resenhas para As Aventuras de Tibicuera (9)

ver mais
Tibicuera - o herói brasileiro
on 14/1/13


O romance As Aventuras de Tibicuera, escrito por Érico Veríssimo e publicado pelo editora Global em Porto Alegre no ano de 1966, retrata um período da literatura infantil no Brasil, com uma característica pedagogizante. A história narra a vida de Tibicuera, um índio que nasceu antes que o Brasil fosse “descoberto”, e que acompanha os principais fatos históricos, até o ano de 1944, no qual o livro acaba. Isso é possível porque Tibicuera sabe a magia capaz de eternizar sua memória, rev... leia mais

Estatísticas

Desejam20
Trocam13
Avaliações 3.5 / 356
5
ranking 23
23%
4
ranking 26
26%
3
ranking 33
33%
2
ranking 14
14%
1
ranking 4
4%

37%

63%

Fernando C.
cadastrou em:
07/11/2009 20:44:00
orffeus
editou em:
30/11/2017 12:56:38