Calígula

Calígula Allan Massie


Compartilhe


Calígula





Quem ousaria ignorar um pedido de Agripina, mãe do pequeno Nero? Lucius, oficial do estado-maior de Germânico e Tibério, temido e invejado por ter tido a honra de privar da intimidade de dois dos imperadores romanos, acatou aquele pedido como uma ordem: escrever a biografia do falecido Gaio, imperador-comandante do Império Romano, que em apenas quatro anos de governo reuniu mais poderes do que Júlio César. Mas seria possível contar a história do imprevisível, louco, devasso, cruel e sedutor Gaio sem desnudar a história de Roma e da família imperial? Esse é o fio condutor de mais um romance histórico escrito por Allan Massie, sem dúvida um especialista na história de Roma e de seus senhores. Depois de Augusto, César, Antônio, Tibério e Nero, é a vez de Calígula - "(...) o homem mais solitário do mundo (...) tão perdido a ponto de se achar um deus - ele, que não dominava nem a própria cabeça (...)." Narrado em forma de biografia romanceada, o livro apresenta personagens e fatos reais. Combinando conhecimento histórico com uma fértil imaginação, o autor questiona a versão da maioria dos historiadores e filósofos a respeito desse personagem símbolo da decadência romana. Afinal, no que se transformara a capital do Império senão num retrato de seus governantes? Será que Calígula realmente enlouqueceu ou, ao contrário, provou sua sanidade mental expondo o inferno que era Roma? "Gaio era apenas a manifestação radical da doença que atinge todos nós (...) uma geração mergulhada no vício e prestes a dar origem a uma prole ainda mais vil." O império, que se estendia do Reno aos desertos da África, devorou a República e se tornou um lugar abandonado pelos deuses, onde o dinheiro corrompeu a política e a cobiça, a violência, a corrupção, a desordem e a desonra imperavam.

Você já ouviu falar em algum lugar assim?

Calígula. Um retrato fascinante do mundo romano escrito por um dos melhores romancistas da atualidade.

Edições (2)

ver mais
Caligula
Calígula

Similares

(16) ver mais
Crônica Escandalosa dos Doze Césares
A Roma Corrupta
Calígula e Nero
Calígula de Gore Vidal

Resenhas para Calígula (6)

ver mais
Calígula por outra face
on 24/11/09


Olha, não estava muito animado com o livro por conta da primeira parte, que é muito descritiva e entediante, mesmo o autor avisando que assim seria e era necessário. Mas a segunda parte (chamada livro 2) é bastante interessante, envolvente, e apesar de parecer q o autor "puxa o saco" de Calígula, ele continua sendo o mais imparcial que pôde, narrando de forma cética e cuidadosa. Por conta disto é posível atravessar a crônica vislumbrando como funcionava a "corte" romana, os perigos, an... leia mais

Estatísticas

Desejam23
Trocam2
Avaliações 3.5 / 135
5
ranking 19
19%
4
ranking 29
29%
3
ranking 39
39%
2
ranking 9
9%
1
ranking 4
4%

47%

53%

Vivi
cadastrou em:
12/01/2009 17:14:16