Cão

Cão Rafael Mantovani


Compartilhe


Cão





Nos quarenta poemas de seu primeiro livro, o poeta paulistano Rafael Mantovani cerca seus cães-fantasma, desenhos de uma identidade espremida contra as coisas que a limitam, incapaz de participar das categorias éticas que conhece, submetida às guinadas dos afetos e humores. O que orienta este sujeito afetivo é antes de tudo um erotismo bruto e rente ao chão, em que o lírico se tece com o mesmo fio do satírico. Ao deparar-se com os obstáculos que impedem o acesso ao mundo humano, o eu-cachorro constata: "minha burrice me dói/ como uma pedra no rosto/ como uma pedra em vez do rosto".



Rafael Mantovani nasceu em 1980, é formado em Letras-Linguística pela USP e trabalha como tradutor. Mora atualmente em Berlim.

Edições (1)

ver mais
Cão

Similares


Resenhas para Cão (1)

ver mais
on 20/10/17


Estava na Livraria Cultura com um amigo e ele me aparece com este Cão de Rafael Mantovani nas mãos. "Olha isso, é a tua cara." e de fato era. Os poemas (ou microficções, a depender) do escritor paulista são tudo aquilo que a famigerada 'poesia urbana' não consegue ser: polaróides as vezes duras, as vezes belas, mas sempre muito cortantes, que descrevem com simplicidade a vida na cidade, o amor de dois homens, os erros que se comete numa noite sem importância. Posso estar enganado mas n... leia mais

Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.5 / 4
5
ranking 0
0%
4
ranking 50
50%
3
ranking 50
50%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

86%

14%

EvertonAC
cadastrou em:
08/06/2012 18:15:19