Cem anos sem Machado de Assis

Cem anos sem Machado de Assis Debora Teresinha Mutter da Silva - Maria Alice da Silva Braga - Moema Cavalcante (orgs.)


Compartilhe


Cem anos sem Machado de Assis





Contém uma sensibilidade refinada para a literatura e grande apreço pela obra de Machado de Assis. O escritor carioca do século XIX encanta por seu espírito trágico e seduz pela astúcia em penetrar na alma humana, na essência dolorosa da vida, retirando as máscaras e destruindo as aparências. Esse espírito mostra maturidade em sintonia com a época clássica, momento de apogeu e equilíbrio de forças. Assim, o artista cria os modelos que hão de inspirar a alma popular e transforma o senso de coletividade. Machado soube perceber o irremediável da vida e a fragilidade do ser humano para transformar isso tudo em obra de arte com ideal de perfeição. Cem anos sem Machado de Assis reúne olhares sobre a obra machadiana com o intuito de discutir obra de arte como forma de permanência no mundo.

Edições (1)

ver mais
Cem anos sem Machado de Assis

Similares

(46) ver mais
Para conhecer Machado de Assis
Machado de Assis, historiador
A Economia em Machado de Assis
Machado e Borges

Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.5 / 2
5
ranking 0
0%
4
ranking 50
50%
3
ranking 50
50%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

56%

44%

Pati Leão
cadastrou em:
07/07/2009 11:14:45

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR