Claraboia

Claraboia José Saramago




Claraboia





Primavera de 1952. Um prédio de seis apartamentos numa rua modesta de Lisboa é o cenário principal das histórias simultâneas que compõem este romance da juventude de José Saramago. Os dramas cotidianos dos moradores — donas de casa, funcionários remediados, trabalhadores manuais — tecem uma trama multifacetada, repleta de elementos do consagrado estilo da maturidade do escritor, em especial a maestria dos diálogos e o poder de observação psicológica.

As janelas, paredes e corredores do ve-lho edifício lisboeta são testemunhas pri-vilegiadas das pequenas tragédias e co-mé-dias representadas pelos personagens. As peripécias de Lídia, uma bela mulher sustentada pelo amante misterioso, e Abel, um jovem outsider à procura de um sentido para a vida, se contrapõem ao árduo cotidiano dos outros moradores. As narrativas paralelas do livro são organizadas segundo as divisões internas do prédio, do térreo ao segundo andar.

Edições (2)

ver mais
Claraboia
Claraboia

Similares

(9) ver mais
Ensaio sobre a Lucidez

Resenhas para Claraboia (28)

ver mais
"UMA JANELA MENOR?, NÃO IMPORTA."
on 18/6/15


Com um estilo sóbrio, decisivo, sem delongas e um tanto quanto intimista, Saramago retrata o cotidiano dos moradores de um pequeno prédio, com seis apartamentos; esses co-protagonistas pertencem ao rol de uma gente simples, aflita e aparentemente feliz, posto que são maciças as doses de frustração. O sapateiro Silvestre, um homem da faina, humilde e extremamente ciente até mesmo de suas limitações, se vale de seu privilegiado posto de observação para especular sobre os impulsos o... leia mais

Vídeos Claraboia (1)

ver mais
Ler Mais Ler Melhor Claraboia, de José Saramado, edição em castelhano

Ler Mais Ler Melhor Claraboia, de José Sarama


Estatísticas

Desejam159
Trocam3
Avaliações 4.0 / 438
5
ranking 35
35%
4
ranking 35
35%
3
ranking 25
25%
2
ranking 4
4%
1
ranking 2
2%

39%

61%

Helena
cadastrou em:
02/11/2011 11:56:21