Como matar a borboleta-azul

Como matar a borboleta-azul Monica de Bolle


Compartilhe


Como matar a borboleta-azul


Uma crônica da era Dilma




Conta-se que, na década de 1970, atormentados por uma superpopulação de coelhos, os ingleses adotaram uma política tão bem-intencionada quanto equivocada, que culminou com a extinção da borboleta-azul no sul do país. O triste fim da bela borboleta é a metáfora escolhida pela economista Monica Baumgarten de Bolle para descrever a desconstrução do Brasil durante os anos de Dilma Rousseff (2011-2016). Depois de o Plano Real reduzir a inflação a patamares suportáveis e permitir a implantação de um conjunto de políticas sociais mais inclusivas, a presidente chegou ao poder determinada a reformular tudo. Na prática, sua gestão levou a economia brasileira a uma situação catastrófica cujos efeitos se farão sentir por muito tempo.
Em texto fluente, Monica de Bolle acompanha erros e desacertos da presidente, ano a ano, passo a passo, desvendando cada um de seus desatinos. Porém, no lugar de gráficos e tabelas, o leitor encontra drama, uma história de suspense e terror, com vilãs, vilões e pouquíssimos heróis, narrada com pitadas de surrealismo e saborosas citações a filmes e obras da literatura. A dura realidade ganha contornos humanos e compreensíveis mesmo para quem não tem nenhuma familiaridade com o chamado economês.

Economia, Finanças / Não-ficção

Edições (1)

ver mais
Como matar a borboleta-azul

Similares

(21) ver mais
A Vida Quer É Coragem
Não É A Mamãe
Lula e Dilma
Inflação, Juros e Crescimento no Governo Dilma

Resenhas para Como matar a borboleta-azul (6)

ver mais
Retrato preciso do governo Dilma
on 31/10/16


Eu estava quase no final da leitura do livro quando Monica de Bolle participou do programa Roda Viva, da TV Cultura, no dia 24.10.16. Foi uma entrevista excelente, onde a economista respondeu de forma segura e muto competente às perguntas dos jornalistas presentes, várias das quais relacionadas ao ótimo livro "Como matar a borboleta azul", que representa metaforicamente a morte do crescimento do país. Arrisco dizer que, se o livro é muito bom, a entrevista foi melhor ainda, esta ajudan... leia mais

Estatísticas

Desejam68
Trocam4
Avaliações 4.1 / 85
5
ranking 39
39%
4
ranking 40
40%
3
ranking 18
18%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

56%

44%

Felipe PR
cadastrou em:
15/09/2016 18:33:00
Carolyne.Goethe
editou em:
19/09/2016 17:54:29
Pri Paiva
aprovou em:
29/09/2016 17:13:00