Comunidades imaginadas

Comunidades imaginadas Benedict Anderson...


Compartilhe


Comunidades imaginadas





Neste livro, Benedict Anderson sai a campo para desfazer boa parte dos lugares-comuns a respeito do nacionalismo - longe de se confundir com o racismo ou o fascismo, longe de ser uma síndrome quase patológica, que faz má figura num mundo marcado pelas promessas da globalização, o sentimento nacional tem uma história bem precisa, rica e contraditória. Anderson volta-se menos para a instituição dos estados nacionais e mais para a ascensão do sentimento nacional. Daí a noção de comunidades imaginadas - e não meramente imaginárias -, porque, mais do que denunciar-lhe as limitações, Anderson quer examinar como o nacionalismo capta e expressa anseios, esperanças e preconceitos nascidos no calor da vida social.

Edições (1)

ver mais
Comunidades imaginadas

Similares

(22) ver mais
Uma História Social do Conhecimento - II
O desafio historiográfico
O Século das Revoluções
História & fotografia

Resenhas para Comunidades imaginadas (0)

ver mais
Clássico sobre Nacionalismo
on 27/5/20


Comunidades Imaginadas foi originalmente publicado em 1983, fazendo rapidamente grande sucesso mundial. No Brasil, o livro aparece pela primeira vez em 1989. Sendo um texto significativo na área de História e Ciências Sociais a obra já foi traduzida nas mais diversas linguas imagináveis. Para o historiador Benedict Anderson, nacionalismo é um conceito de um sentimento de pertencimento à um povo, com sua etnia, lingua, escrita,religião, costumes, cultura, etc. São tradições que seriam ... leia mais

Estatísticas

Desejam17
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.4 / 8
5
ranking 56
56%
4
ranking 44
44%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

58%

42%

João gregorio
cadastrou em:
18/08/2016 14:42:01