Da Leveza. Rumo a Uma Civilização sem Peso

Da Leveza. Rumo a Uma Civilização sem Peso Gilles Lipovetsky


Compartilhe


Da Leveza. Rumo a Uma Civilização sem Peso





O leve invadiu nossa rotina e transformou nosso imaginário, tornandose um valor e um ideal. Na sociedade pós-moderna, o elogio à magreza e a consagração do bem-estar triunfam. O mundo virtual, os dispositivos móveis, os nanomateriais estão mudando nosso dia a dia. Do mesmo modo, a cultura midiática, a arte, o design, a moda e a arquitetura exprimem o culto contemporâneo à leveza. Por todos os lados, a ordem é conectar, miniaturizar, desmaterializar.

Na contramão dessa tendência, contudo, a vida cotidiana parece cada vez mais pesada e difícil de suportar; ironicamente, é essa leveza que alimenta a sensação de peso. Os imperativos de uma vida mais leve - dietas, desintoxicações, desaceleração, alívio do estresse, busca do zen - vêm acompanhados por demandas exigentes, com efeitos exaustivos e desgastantes, por vezes deprimentes. Às utopias do desejo sucederam as expectativas de leveza do corpo e do espírito, de uma vida cotidiana menos estressante, de um presente menos pesado de carregar: viver melhor não se separa mais da leveza de ser.

Não-ficção

Edições (1)

ver mais
Da Leveza. Rumo a Uma Civilização sem Peso

Similares


Estatísticas

Desejam24
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.5 / 8
5
ranking 75
75%
4
ranking 13
13%
3
ranking 13
13%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

24%

76%

João gregorio
cadastrou em:
27/10/2016 11:30:46
Paula
editou em:
08/12/2016 17:25:54