Don Juan

Don Juan Lord Byron


Compartilhe


Don Juan





Don Juan, o galante sedutor, foi retratado em diversas obras que seguiram a mesma tradição que existe em torno desse nome: um lendário libertino espanhol, aristocrata, devotado a seduzir mulheres. Era quase um colecionador!

Essa figura historicamente simboliza a busca incansável pelo prazer, desafiando as convenções sociais e religiosas de diversas épocas. No entanto, Don Juan também traz consigo tragédias que decorrem de seu comportamento, conduzindo sua vida para caminhos nebulosos e, até mesmo, à morte.

Aqui, diferentemente do mito, Don Juan não é o sedutor: é o seduzido. Ele é um jovem que se vê envolvido em diversas desventuras amorosas, se deixando seduzir por mulheres de diferentes camadas sociais e enfrentando inúmeras situações comprometedoras por causa delas.

A partir da história de Don Juan, o narrador (quase que explicitamente Lord Byron) encontra espaço para satirizar e criticar a hipocrisia e a moralidade de toda a sociedade da época. Essa história é uma denúncia aos abusos da Inglaterra jorgiana e de crítica aos principais rivais do autor.

Além disso, Byron cria um anti-herói: um herói passivo, que não encontra seu espaço no mundo, não encontra lugar em uma sociedade movida pelo dinheiro e pelo interesse. Para Lord Byron, Don Juan não é herói, é vítima.

“Se você precisa de um épico, há Don Juan para você. Eu chamo isso de épico: é um épico tão no espírito de nossos dias quanto a Ilíada na época de Homero. O amor, a religião e a política constituem o argumento e são tanto a causa de brigas agora como eram então.” — Lord Byron

Literatura Estrangeira

Edições (4)

ver mais
Don Juan
Don Juan
Don Juan

Similares

(14) ver mais
Don Juan
Provocações Reflexivas & Reflexões Provocativas
O Elixir da Longa Vida
A Crônica Escandalosa do Amor

Resenhas para Don Juan (12)

ver mais
on 5/10/23


Poema satírico inspirado na lendária figura literária espanhola de Don Juan, um sedutor de mulheres. Em seu mais famoso poema longo, Byron, muda o foco e retrata Don Juan como uma figura inocente que é presa fácil dos avanços românticos das mulheres, de conquistador, para presa. O poema consiste em dezesseis cantos, embora um décimo sétimo inacabado estivesse em andamento quando da morte de Byron em 1824. Seus fragmentos completos estão inclusos. Escrito em ottava rima, uma estrofe... leia mais

Estatísticas

Desejam94
Trocam1
Avaliações 3.9 / 63
5
ranking 32
32%
4
ranking 43
43%
3
ranking 19
19%
2
ranking 6
6%
1
ranking 0
0%

39%

61%

Eduardo.Weiland
cadastrou em:
10/11/2023 16:10:13
Mauricio (Vespeiro)
editou em:
20/11/2023 17:48:32

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR