Dublinenses

Dublinenses James Joyce


Compartilhe


Dublinenses (Biblioteca Folha #22)





Estes quinze contos que compõem Dublinenses são sem dúvida a melhor porta de entrada para o conhecimento da obra do mais radical inovador da literatura do século 20.
Em narrativas curtas, o jovem irlandês James Joyce (1882-1941) presta aqui o seu tributo à grande tradição realista do século 19, sobretudo a Flaubert e Tchecov. Mas, como não poderia deixar de ser, o realismo de seus precursores é sutilmente subvertido nos pequenos retratos "fora de foco" de sua Dublin natal.
A trama dos contos pode ser vista como uma série de variações sobre temas irlandeses: o catolicismo rígido, a severa educação escolar, as relações familiares pautadas pela autoridade e a violência, o alcoolismo, a vida cinzenta da classe média, o nacionalismo diante da poderosa Inglaterra.
Vistas em conjunto, essas ficções dão forma ao que o próprio escritor definiu como "uma história moral da Irlanda".
História pública, mas vista predominantemente a partir de um ângulo privado: o escritório, a casa, o Irish pub. Sem chegar ao monólogo interior que marcaria as obras da maturidade, Joyce devassa os movimentos íntimos de suas personagens, confundindo o dentro e o fora, a impressão subjetiva e as miudezas cotidianas. Enfim: todos os elementos que seriam expandidos até a explosão em suas obras maiores, Ulisses e Finnegans Wake.
Em 1987, o cineasta norte-americano John Huston fez o último filme de sua carreira baseado no conto mais extenso e mais famoso de Dublinenses: "Os Mortos", incluído em incontáveis antologias dos maiores contos em língua inglesa de todos os tempos.

Contos / Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (17)

ver mais
Dublinenses
Dublinenses
Dublinenses
Dublinenses

Similares

(15) ver mais
Ulisses
A autoestrada do Sul
Sim, Eu Digo sim
Ulysses

Resenhas para Dublinenses (74)

ver mais
Que Deus Salve a Irlanda ou Um James Joyce mais acessível
on 6/7/13


O livro de contos "Dublinenses", o segundo publicado por Joyce, em 1914, soa como a mais acessível de suas obras (pois "Ulisses" e "Finnegans Wake" assustam milhares de leitores, ainda que inúmeros não reconheçam.) Por sinal, essa parece ser a melhor opção para quem tem interesse ou curiosidade de conhecer um pouco da obra desse escritor que nasceu na periferia de Dublin e, hoje, é muito cultuado em todos os cantos da galáxia. Os contos de "Dublinenses" são curtos, mas possuem uma... leia mais

Vídeos Dublinenses (1)

ver mais
LIVROS PARA ENTRAR NO CLIMA DO NATAL | Ana Carolina Wagner

LIVROS PARA ENTRAR NO CLIMA DO NATAL | Ana Ca


Estatísticas

Desejam237
Trocam14
Avaliações 3.9 / 1.230
5
ranking 30
30%
4
ranking 40
40%
3
ranking 23
23%
2
ranking 4
4%
1
ranking 2
2%

43%

57%

honelao
cadastrou em:
17/03/2009 12:37:59
Carolina
editou em:
10/01/2022 11:28:48

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR