E se fosse a gente?

E se fosse a gente? Becky Albertalli
Adam Silvera


Compartilhe


E se fosse a gente?





Becky Albertalli, autora do sucesso Com Amor, Simon, se une a Adam Silvera para contar uma nova história de amor inesquecível

Em Com Amor, Simon, Becky Albertalli conquistou o público jovem com sua narrativa sensível e apaixonante sobre um menino gay prestes a viver uma grande história de amor. Em E se fosse a gente?, ela se une ao escritor Adam Silvera para narrar o encontro de dois garotos que não poderiam estar em momentos mais diferentes da vida, mas que vão desafiar os poderes do universo para ficarem juntos.

De férias em Nova York, Arthur está determinado a viver uma aventura digna de um musical da Broadway antes de voltar para casa. Já Ben acabou de terminar seu primeiro relacionamento, e tudo o que mais quer é se livrar da caixa com todas as lembranças do ex-namorado.

Quando eles se conhecem em uma agência dos correios, parece que o universo está mandando um recado claro. Bem, talvez não tão claro assim, já que os dois acabam tomando rumos diferentes sem ao menos saberem o nome ou telefone um do outro.

Em meio a encontros e desencontros — sempre embalados por referências a musicais e à cultura pop ¬—, Ben e Arthur se perguntam: e se a vida não for como os musicais da Broadway e os dois não estiverem destinados a ficarem juntos? Mas e se estiverem? Aos poucos, eles percebem que às vezes as coisas não precisam ser perfeitas para darem certo e que os planos do universo podem ser mais surpreendentes do que eles imaginam.

Ficção / Jovem adulto / LGBT / GLS / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (1)

ver mais
E se fosse a gente?

Similares

(15) ver mais
What If It
Simon vs. a agenda Homo Sapiens
Os 27 Crushes de Molly
Leah Fora de Sintonia

Resenhas para E se fosse a gente? (112)

ver mais
Me irritou pra car*lho, mas é gostosinho
on 3/6/20


Só pra deixar claro, 3 estrelas é bom, okay!? Eu gostei desse livro, a escrita de Albertalli e Silvera é ótima e eu não tive problemas com a fluidez da leitura. O problema foram os personagens. Fazia tempo que eles não me deixavam tão irritado. Os protagonistas são adolescentes, eu sei, mas eles não acabaram de sair da infância. Eles começam uma briga ridícula por nada relevante, que poderia ter sido evitada se tivessem maturidade condizente com a idade. Eu amo referências pop/ge... leia mais

Estatísticas

Desejam653
Trocam4
Avaliações 3.9 / 995
5
ranking 36
36%
4
ranking 38
38%
3
ranking 21
21%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

30%

70%

Daiane
cadastrou em:
13/05/2019 19:14:00
Pri Paiva
editou em:
14/06/2019 13:48:40
Pri Paiva
aprovou em:
14/06/2019 13:49:08