Flush

Flush Virginia Woolf


Compartilhe


Flush


Memórias de um cão




Virginia Woolf era uma escritora consagrada quando concebeu Flush, em 1931: já tinha publicado o livro de ensaios A Room of One’s One (1928), assim como os romances A viagem (1915), Noite e dia (1919), O quarto de Jacob (1922), Mrs. Dalloway (1925), Passeio ao farol (1927) e Orlando (1928). Mas em 1931, em pleno verão inglês, deparou-se com a figura de um cão inusitadamente vivo e esperto que brotava da correspondência entre os célebres poetas vitorianos Elizabeth Barrett e Robert Browning. "A imagem do cachorro deles me fez rir tanto que não pude deixar de dar-lhe vida", confessou ela a uma amiga para explicar a gênese do seu mais bem-humorado livro.
Deu-lhe não apenas uma vida, mas sentimentos, amores, uma consciência e capacidade de expressão. Publicado pela primeira vez na Inglaterra em outubro de 1933, Flush é a deliciosa e inusitada biografia de um cão. Mostra aventuras e mistérios da existência percebidos através dos olhos do melhor amigo do homem. O personagem central dessa história é um cocker spaniel de origem inglesa, Flush. Em pleno processo de apreensão do mundo e de si mesmo, ele ama tanto os raios de sol quanto um pedaço de rosbife, a companhia de cadelinhas malhadas assim como a companhia de seres humanos, o cheiro de campos abertos tanto quanto ruas cimentadas e o burburinho da cidade. De quebra, Virginia Woolf aproveita para tecer, em estilo deliciosamemente espirituoso e bem-humorado, ácidos comentários sobre a sociedade inglesa e vitoriana e seus valores.
O gênio criativo da autora permitiu que fosse dada à inusitada idéia de uma biografia canina um tratamento virtuosístico. Embora Virginia já fosse uma unanimidade entre a crítica, foi Flush o seu romance com maior êxito entre os leitores, tanto na Inglaterra quanto nos Estados Unidos.

Edições (1)

ver mais
Flush

Similares

(10) ver mais
O Cão Que Guarda As Estrelas
Memórias de um Cão
Virginia Woolf
O valor do riso e outros ensaios

Resenhas para Flush (1)

ver mais
A biografia de um cão
on 6/11/16


Virgia Woolf baseia-se na visão de um lindo cãozinho cocker spaniel de nome Flush para construir uma narrativa que por vezes é um relato histórico e outras vezes uma denúncia social. Flush tem como donos Elizabeth Browning e seu marido, Robert Browning, ambos poetas ingleses do século XIX. É uma leitura leve, engraçada, com momentos de seriedade e reflexões sobre a existência e a natureza humana. Notei uma forte crítica social, um desvelamento que a autora provoca diante da vaidade e... leia mais

Estatísticas

Desejam2
Trocam1
Avaliações 4.1 / 19
5
ranking 26
26%
4
ranking 53
53%
3
ranking 21
21%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

22%

78%

João gregorio
cadastrou em:
13/11/2014 15:17:54