Guerra de gueixas

Guerra de gueixas Kafu Nagai




Guerra de gueixas





Publicado originalmente entre 1916 e 1917 no jornal literário Bunmei, Guerra de gueixas foi uma obra bastante ousada para a época desde sua primeira edição em livro, ainda em 1917, até os anos 1960, só circulou a edição censurada, em que as passagens tidas como eróticas tiveram de ser removidas. Nada que hoje causasse maior furor, mas as pequenas historietas que compõem a trama central, notadamente os relacionamentos entre as gueixas e seus clientes, carregam de fato muito de uma promiscuidade na sociedade japonesa comum, mas sobre a qual não se falava ou se escrevia. Ambientada em Shinbashi, Tóquio, tido como o bairro da prostituição, a história tem como personagem central Komayo, uma gueixa que por muitos anos ficara afastada da vida de libertinagem ao se casar. Mas, tendo se tornado viúva ainda relativamente jovem, teve de voltar ao velho ofício em Shinbashi. Nesse recomeço como gueixa, Komayo passa a ter de disputar com algumas rivais a condição de ser vista como a melhor dançarina da área. Ao mesmo tempo, vê-se envolvida numa teia de relações amorosas, envolvendo um antigo cliente, um velho rico e um jovem onnagata ator de kabuki que encarna papéis femininos. A forma como o autor desenvolve uma série de personagens secundários, entre escritores, atores, criadas, cafetinas e outros tipos, além de descrever com muita propriedade a engrenagem de costumes e mecanismos das relações entre os homens e as gueixas, pintam um painel fascinante da Tóquio boêmia do início do século XX, reconstituindo com grande vivacidade a engrenagem de costumes e mecanismos das relações sociais de um tempo. Favores, traições e vinganças acabam por compor a descrição de uma época e um lugar, vista como um dos ideais estéticos do autor.

Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Guerra de gueixas

Similares

(28) ver mais
Casa de chá do luar de agosto
Memórias de uma Gueixa
Kinshi na Karada
Diário de Uma Gueixa

Resenhas para Guerra de gueixas (3)

ver mais
on 13/11/16


Não posso me considerar conhecedora de literatura japonesa. Kawabata, Murakami, Tanizaki, Kawakami, Matsuoka, Kirino, Inoue foram os únicos escritores lidos. Uma dúzia de obras, não me faz conhecedora. Particularmente quando se trata de uma de civilização milenar, repleta de biombos culturais, sussurros de entonação e gestos estudados. Mas já li o suficiente para sentir que em "Guerra de gueixas" há uma diferença. A trama é contada com ritmo avançado, clareza de expressão, narrativa d... leia mais

Vídeos Guerra de gueixas (1)

ver mais
Guerra de Gueixas - Nagai Kafu

Guerra de Gueixas - Nagai Kafu


Estatísticas

Desejam73
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.1 / 33
5
ranking 30
30%
4
ranking 55
55%
3
ranking 15
15%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

27%

73%

aline naomi :)
cadastrou em:
09/04/2016 14:28:39