Jardim, Cinzas

Jardim, Cinzas Danilo Kiš


Compartilhe


Jardim, Cinzas





Memórias e ficção na visão ultra-sensível de um menino iugoslavo. Quem conta essa história é Andreas Scham, um menino "sensível demais". Os personagens são sua família: a irmã, a mãe - que em noites de frio e de fome brinca com o filho de traduzir o barulho da chuva em canções e histórias maravilhosas - e o pai, um louco iluminado, mistura de profeta do apocalipse, dândi e poeta. A época é a Segunda Grande Guerra, e a paisagem, a Europa central, com sua rica trama cultural e humana devastada pelo nazismo. Este belíssimo romance do iugoslavo Danilo Kis, considerado um dos maiores escritores da Europa oriental e publicado pelas mais importantes editoras do mundo, mostra o mundo do pequeno Andreas Scham por meio dos seus sonhos e medos, e principalmente de suas lembranças do pai, o inesquecível Eduard Scham, um personagem antológico, engraçado e mítico: de fato, o grande herói de Jardim, cinzas, um romance escrito como um verdadeiro poema sinfônico.

Edições (1)

ver mais
Jardim, Cinzas

Similares


Estatísticas

Desejam16
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.9 / 14
5
ranking 36
36%
4
ranking 29
29%
3
ranking 29
29%
2
ranking 7
7%
1
ranking 0
0%

41%

59%

Monique
cadastrou em:
23/10/2009 16:52:32