A Origem das Espécies

A Origem das Espécies Charles Darwin




A Origem das Espécies





Em 2014, um estudo encomendado pela organização Folio Society perguntou a mais de 2.000 britânicos qual era o livro mais valioso da humanidade. "A Origem das Espécies" ficou em segundo lugar (35%), logo atrás da "Bíblia Sagrada" (37%). O fato de Charles Darwin ser britânico talvez lhe tenha auxiliado, mas ainda assim ele ficou a frente das obras de um certo William Shakespeare, para dar um exemplo, que é seu conterrâneo. O que sabemos é que esta obra, apesar de essencialmente acadêmica e de leitura relativamente densa (embora Darwin tenha se permitido muitos momentos poéticos, principalmente no último capítulo), mudou para sempre a nossa concepção da vida e da natureza, e serve até hoje de alicerce primordial para ramos científicos como a biologia e a genética, que desabariam sem a teoria da seleção natural.

Darwin por certo sabia o que tais ideias causariam nas religiões criacionistas do Ocidente, tanto que as guardou consigo por muitos anos, e quando finalmente as publicou, ao perceber que já estavam surgindo por outras vias acadêmicas (principalmente através do coautor da teoria, Alfred Russel Wallace), os 1.250 exemplares de sua primeira tiragem se esgotaram em menos de 24h. Desde esse dia, 24 de Novembro de 1859, o mundo nunca mais deixou de discutir tais ideias.

Se você é do tipo religioso, é compreensível que tenha um pé atrás com esta obra, uma vez que é inegável que ela contradiz diretamente alguns trechos do "Gênesis". Porém, há que se permitir certa reflexão interna, há que se perguntar se o Criador revelado por Darwin não seria um Engenheiro da Vida ainda mais sábio e grandioso, ao permitir que cada ser vivo tenha vindo a existência simples como uma pequena semente, e que pudesse se desenvolver na árvore mais frondosa, através de centenas de milhões de anos de lenta e constante evolução...

Afinal, como bem concluiu Darwin: "Não há uma verdadeira grandeza nesta forma de considerar a vida, com os seus poderes diversos atribuídos primitivamente pelo Criador a um pequeno número de formas, ou mesmo a uma só? Ora, enquanto que o nosso planeta, obedecendo à lei fixa da gravitação, continua a girar na sua órbita, uma quantidade infinita de belas e admiráveis formas, saídas de um começo tão simples, não têm cessado de se desenvolver e desenvolvem-se ainda hoje!"

O editor.

Biologia

Edições (24)

ver mais
A Origem das Espécies
A Origem das Espécies
A Origem das Espécies
O Diabo

Similares

(4) ver mais
O Gene Egoísta
Viagem ao Arquipélago Malaio
O gorila no escritório
A origem

Resenhas para A Origem das Espécies (22)

ver mais
Essencial
on 22/6/09


Este livro é de leitura obrigatória para todos que estudam biologia. A forma como Darwin aborda o tema da descendência com modificações é incrível. Ele conseguiu formular uma teoria que arange todas as áreas da biologia a partir apenas de observações da natureza, sem conhecer os mecanismos genéticos que regem a hereditariedade, os quais só foram descobertos muitos anos depois de sua morte. Apesar de possuir uma linguagem muito técnica e, em alguns momentos, enfadonha, ele consegue demo... leia mais

Vídeos A Origem das Espécies (2)

ver mais
Literalmente #12 // Os seis livros mais polêmicos da humanidade

Literalmente #12 // Os seis livros mais polêm

A ORIGEM DAS ESPÉCIES, DE CHARLES DARWIN (#128)

A ORIGEM DAS ESPÉCIES, DE CHARLES DARWIN (#12


Estatísticas

Desejam699
Trocam40
Avaliações 4.3 / 1.013
5
ranking 57
57%
4
ranking 25
25%
3
ranking 14
14%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

51%

49%

raph
cadastrou em:
30/06/2017 17:09:08