Poemas de Álvaro de Campos

Poemas de Álvaro de Campos Fernando Pessoa




Poemas de Álvaro de Campos


Obra poetica IV




O que faz de Alvaro de Campos, o heteronimo da modernidade, um excepcional e inquietante poeta é o fato de ser o homem da emocao. É o proprio Fernando Pessoa quem diz na famosa carta a Adolfo Casais Monteiro: Pus em Alvaro de Campos toda a emocao que nao dou nem a mim nem a vida.

Pode-se falar em 3 momentos distintos na poesia de Alvaro de Campos. Alias, Campos é o unico heteronimo de Fernando Pessoa que apresenta diferentes fases:

1- Campos pre-Caeiro

2- Campos euforico

3- Campos disforico

Alguns dos poemas encontrados neste exemplar: Opiario, Ode Triunfal, Tabacaria, Bicarbonato de Soda, Poema em linha reta, Passagem das horas, etc.

Edições (9)

ver mais
Poemas de Alvaro de Campos
Poemas de Alvaro de Campos
Poemas de Alvaro de Campos
Poemas de Alvaro de Campos

Similares

(4) ver mais
Navegar é preciso
A poesia completa de Álvaro de Campos
Poemas completos de Alberto Caeiro
Livro do Desassossego

Resenhas para Poemas de Álvaro de Campos (8)

ver mais
"Tenho febre e escrevo"
on 22/7/12


Álvaro de Campos é tudo aquilo que Fernando Pessoa não tinha coragem de ser, não por medo simplesmente por ele ser simples, culto e educado. As poesias do seu maior heterônimo eram escritos ao vômito, a febre, eram versos escritos de uma só vez, sem revisão ou reflexão. Era desabafo, tédio, era punk no sentido anarquista da palavra. É muito comum lermos sobre a influencia Walt Whitman com escritos longos e "barulhentos", ela existe, mas acredito que Álvaro de Campos era mais realista e... leia mais

Estatísticas

Desejam32
Trocam43
Avaliações 4.4 / 653
5
ranking 60
60%
4
ranking 23
23%
3
ranking 14
14%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

34%

66%

Éowyn
cadastrou em:
08/01/2009 16:26:01