Quatro estações em Roma

Quatro estações em Roma Anthony Doerr




Quatro estações em Roma





No dia em que Anthony Doerr e a esposa voltam da maternidade com seus gêmeos recém-nascidos, ele descobre que recebeu um prêmio da Academia Americana de Artes e Letras, o Rome Prize, que inclui ajuda de custo, um apartamento e um estúdio para escrever na Itália. Quatro estações em Roma nasceu das memórias do ano que o autor passou na cidade com a esposa e os filhos.
Vindo do interior dos Estados Unidos, o estranhamento de Doerr com o novo país começa logo na chegada: a cozinha do apartamento não tem forno. As janelas não têm telas. Ao contrário do que ocorre nos Estados Unidos, as verduras e frutas são vendidas em feiras ao ar livre, e não em um supermercado. Para Doerr, Roma é um mistério: um outdoor de uma marca de roupas tremulando na fachada de uma igreja de quatrocentos anos, uma construção comum ao lado de uma obra-prima da arquitetura. Em meio a tudo isso, ele cuida dos filhos, lida com uma insônia que parece não ceder e tenta, sem muito sucesso, escrever um novo romance — Toda luz que não podemos ver, lançado sete anos mais tarde e que acabaria rendendo ao autor o Pulitzer de ficção.
Quatro estações em Roma traz o texto primoroso e sensível que tornou Doerr celebrado no mundo inteiro, ao mesmo tempo um relato íntimo e uma celebração da Cidade Eterna.

Biografia, Autobiografia, Memórias / Literatura Estrangeira / Não-ficção

Edições (1)

ver mais
Quatro estações em Roma

Similares

(1) ver mais
Toda Luz Que Não Podemos Ver

Estatísticas

Desejam78
Trocam1
Avaliações 3.0 / 3
5
ranking 0
0%
4
ranking 33
33%
3
ranking 33
33%
2
ranking 33
33%
1
ranking 0
0%

13%

88%

Carolyne.Goethe
cadastrou em:
13/02/2017 10:38:18
Vivi
editou em:
13/02/2017 14:53:33
Vivi
aprovou em:
13/02/2017 14:53:53