Toda luz que não podemos ver

Toda luz que não podemos ver Anthony Doerr


Compartilhe


Toda luz que não podemos ver





Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Marie-Laure está com doze anos quando Paris é ocupada pelos nazistas, e pai e filha se refugiam na cidade de Saint-Malo, onde o tio-avô de Marie-Laure vive em uma enorme casa à beira-mar. Eles levam consigo o que talvez seja o mais valioso e perigoso tesouro do museu.

Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, Werner acaba se tornando especialista em montar e consertar esses aparelhos cruciais à época, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: para descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure.

Em uma história de amor e bondade, as vidas de Werner e Marie-Laure vão se encontrar em tortuosas circunstâncias, enquanto ambos tentam sobreviver às atrocidades da Segunda Guerra Mundial. Um suspense arrebatador, contado de forma fascinante, Toda luz que não podemos ver é um romance sobre generosidade e sobrevivência e sobre o que há além do mundo visível.

Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Toda luz que não podemos ver

Similares

(17) ver mais
A Costureira de Dachau
Capesius, o Farmacêutico de Auschwitz
Dora Bruder
All the Light We Cannot See

Resenhas para Toda luz que não podemos ver (463)

ver mais
Finalmente um romance diferente tendo a 2ª Guerra Mundial Como Pano de Fundo
on 16/4/15


Apesar de bonitinhos e tocantes, os últimos romances que usaram a 2ª Guerra como pano de fundo - cito 'A menina que roubava livros' ou 'O menino do pijama listrado' pareciam ser uma tentativa de começar uma nova linha literária que poderia facilmente classificar como AnneFrank-lit (SIC). Parece insensibilidade e vos garanto que não. Apreciei a leituras destes livros, mas preocupa-me as ondas de clichê que deram origem a sequência de distopias, sick-lit e outras com apelo mais comercial... leia mais

Vídeos Toda luz que não podemos ver (5)

ver mais
BOOK WEEK #16: Toda a luz que não podemos ver - Anthony Doerr

BOOK WEEK #16: Toda a luz que não podemos ver

TODA LUZ QUE NÃO PODEMOS VER | RESENHA

TODA LUZ QUE NÃO PODEMOS VER | RESENHA

Toda Luz Que Não Podemos Ver | Em Verso e Prosa

Toda Luz Que Não Podemos Ver | Em Verso e Pro

Resenha | Toda Luz Que Não Podemos Ver - Anthony Doerr

Resenha | Toda Luz Que Não Podemos Ver - Anth


Estatísticas

Desejam3.425
Trocam74
Avaliações 4.3 / 5.899
5
ranking 53
53%
4
ranking 32
32%
3
ranking 12
12%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

16%

84%

Esdras Castiliano
cadastrou em:
16/03/2015 20:31:06
Dali
editou em:
06/11/2020 19:40:21